Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3444

Título: Respostas antioxidantes e trocas gasosas em cafeeiro (Coffea arabica L.) inoculado em Cercospora coffeicola Berk & Cook e submetido à deficiência hídrica
Título Alternativo: Leaf exchange and antioxidant enzymes activity in coffee plants under hydro stress and Cercospora coffeicola.
Autor(es): Matute, Alexis Fernando Matute
Orientador: Barbosa, João Paulo Rodrigues Alves Delfino
Coorientador(es): Alves, José Donizeti
Membro da banca: Silva, Vânia Aparecida
Botelho, Deila Magna dos Santos
Área de concentração: Fisiologia Vegetal
Assunto: Estresse hídrico
Cercosporiose
Lâmina de irrigação
Formação de muda
Water stress
Cercosporiose
Irrigation levels
Coffee seedlings
Data de Defesa: 28-Fev-2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Secretaria Nacional de Educación Superior Ciencia y Tecnologia (SENESCYT)
Referência: MATUTE, A. F. M. Respostas antioxidantes e trocas gasosas em cafeeiro (Coffea arabica L.) inoculado em Cercospora coffeicola Berk & Cook e submetido à deficiência hídrica. 2014. 27 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fisiologia Vegetal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: No presente trabalho, objetivou-se avaliar o comportamento de trocas gasosas e respostas enzimáticas antioxidantes em cafeeiros de seis meses de idade submetidos a diferentes lâminas de irrigação sob infecção de Cercospora coffeicola, em casa de vegetação. Foram analisadas as respostas das plantas inoculadas (INOC) e não inoculadas (nINOC) pelo fungo, sob três lâminas de irrigação (1,2; 0,6 e 0,1 mm dia-1) e a interação destes dois fatores, aos 6, 9, 12, 18, 24 e 36 dias após inoculação (DAI). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em fatorial triplo com 35 repetições. A cada tempo, foram avaliadas as seguintes características: Potencial hídrico máximo (Ψpd), Potencial hídrico mínimo (Ψmd), fotossíntese líquida (A), condutância estomática (gs), Transpiração (E), Eficiência de uso da água (EUA), Eficiência de uso da luz (EUL) e as atividades das enzimas Dismutase do superóxido (SOD), Catalase (CAT) e Perosidase do ascorbato (APX). Em geral, não se observou diferenças significativas para as variáveis analisadas, dentro dos tratamentos, para os tempos 6, 9, 12, com menores valores que 18, 24 e 36 DAI. Os valores de Ψpd e Ψmd foram maiores em plantas inoculadas (-0,85 e -1,96 MPa). As variáveis de trocas gasosas apresentaram maiores valores em plantas não inoculadas conforme o incremento da lâmina de irrigação, entretanto para plantas inoculadas os valores de A e gs alcançaram valores máximos com 0,6 mm.dia-1. A EUA diminui com incremento dos regimes de irrigação, mas, sempre com valores inferiores para plantas inoculadas. A EUL apresentou maiores valores em plantas não inoculadas e com incremento com a lâmina de irrigação. O sistema enzimático antioxidante apresentou incremento na atividade com lâminas de irrigação inferiores a 1,2 mm.dia-1 com exceção da SOD que manteve maior atividade quanto maior a disponibilidade hídrica.
This study aims to evaluate leaf gas exchanges and antioxidant enzymatic system responses in coffee seedlings (C. Coffeicola) under several manipulations of soil water availability and infection exposure (cercospora coffeeicola) in environmentally controlled conditions. Infected and non-infected leafs responses were analyzed under three irrigations levels(1,2;0,6 e0,1mm.day-1) as well as interactions during the 6th, 9th,12th, 18th, 24thand 36th day after the C. Coffeicola inoculation (DAI). Thus, a randomized experimental design was used with a factorial triplicate with35replications. Every evaluation tracked several characteristics including: maximum and minimum hydro potential in leafs(Ψpd, Ψmd), net photosynthesis (A), estomatic conductance(gs), transpiration (E),water use efficiency (WUE),light use efficiency (LUE)and antioxidant enzymatic activity (SOD,CAT, APX).There was not a significant difference for all variables analyzed between treatments for the6th,9th,12thdays and neither the18th,24thand36thdays,therefore, the initial values showed lower ranks. Maximum and minimum hydro potential was found in the infected plants(0,85and1,96MPa), high leaf gas exchange values were found in uninfected plants according to an irrigation increase; however, in the infected plants these values reached maximum values inside 0,6mm.dia-1.WUE decreased with higher irrigations levels, but with low values in infected plants. LUE, presented high values in uninfected plants according irrigation increase. Antioxidant enzymatic system showed high activity under hydro deficiency conditions (less1,2mm.day-1)with an exception in SOD enzyme activity, which maintained high activity in optimal plant hydro conditions.
Informações adicionais: Dissertação apresentada a Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia, área de concentração em Fisiologia Vegetal, para obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3444
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Respostas antioxidantes e trocas gasosas em cafeeiro (Coffea arabica L.) inoculado em Cercospora coffeicola Berk & Cook e submetido à deficiênci.pdf416,72 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback