Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34587
metadata.artigo.dc.title: Carreiras outsiders: uma analise a partir da classificação brasileira de ocupações (CBO)
metadata.artigo.dc.title.alternative: Outsiders careers: an analysis based on the brazilian classification of occupations (CBO)
metadata.artigo.dc.creator: Barros, Leandro Eduardo Vieira
Cappelle, Mônica Carvalho Alves
Souza, Rosalia Beber de
Lobato, Christiane Batista de Paulo
metadata.artigo.dc.subject: Carreira outsider
Classificação Brasileira de Ocupações (CBO)
Teoria da rotulação
Career outsider
Labelling of theory
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Salvador
metadata.artigo.dc.date.issued: 2018
metadata.artigo.dc.identifier.citation: BARROS, L. E. V. et al. Carreiras outsiders: uma analise a partir da classificação brasileira de ocupações (CBO). Gestão e Planejamento, Salvador, v. 19, p. 121-136, jan./dez. 2018.
metadata.artigo.dc.description.resumo: A contribuição deste trabalho é apresentar a concepção da carreira outsider a partir das ocupações presentes na CBO. Assim, o objetivo deste trabalho é analisar a classificação da CBO como um processo de rotulação, identificando carreiras que podem ser descritas como outsiders. Carreira outsider trata-se de um comportamento considerado fora dos padrões normais, ou seja, uma carreira com algum amparo legal ou não, com horários irregulares, características e estilo de vida específicos. Essa abordagem é relevante, pois busca compreender a carreira sob um olhar da sociologia, comtemplando o processo da interação social. Para tanto, utilizou-se uma metodologia qualitativa, com análise de conteúdo nos dados secundários da CBO. Os resultados apresentam o processo de rotulação das carreiras outsiders, em que foram identificadas 11 famílias ocupacionais que contemplam 33 ocupações com características de carreira outsider. Ao final, são apresentadas as limitações da pesquisa e sugestões para futuros trabalhos.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The contribution of this work is to present the outsider career conception from the occupations present in the CBO. Thus, the objective of this paper is to analyze the classification of CBO as a process of labeling identifying careers that can be described as outsiders. The concept of an outsider career is a behavior considered outside normal standards, that is, a career with some legal protection or not, with irregular work hours and specific characteristics and lifestyle (BECKER, 2008). This approach is relevant, since it seeks to understand the career under a sociological perspective, contemplating the process of social interaction. To do so, we used a qualitative methodology, with content analysis in the CBO secondary data. The findings show the process outsiders careers labeling, in which 11 occupational families were identified, with 33 occupations with outsider career characteristics. At the end, the research limitations and suggestions for future work are presented.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34587
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons