Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34926
metadata.teses.dc.title: Modelos de negócios disruptivos: estudo da aceitação e adoção de plataformas peer-to-peer
metadata.teses.dc.title.alternative: Disruptive business models: study of the acceptance and adoption of peer-to-peer platforms
metadata.teses.dc.creator: Vieira, Kelly Carvalho
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/0960839793428110
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Sugano, Joel Yutaka
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Carvalho, Eduardo Gomes
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Zambalde, André Luiz
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Antonialli, Luiz Marcelo
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Souki, Gustavo Quiroga
metadata.teses.dc.contributor.referee4: Miranda Neto, Arthur
metadata.teses.dc.subject: Efeito em rede
Modelagens de equações estruturais
Uber
AirBnB
Network effect
Structural equation modeling
metadata.teses.dc.date.issued: 26-Jun-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
metadata.teses.dc.identifier.citation: VIEIRA, K. C. Modelos de negócios disruptivos: estudo da aceitação e adoção de plataformas peer-to-peer. 2019. 194 p. Tese (Doutorado em Administração) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: Empresas automotivas e de hotelaria enfrentam uma grande mudança causada pelos avanços nas tecnologias eletrônicas, de comunicação e de transmissão de dados. Essas tecnologias estão facilitando não só os novos recursos que já eram adotados por taxistas e por hotéis/pousadas, mas também os novos modelos de negócios. Dentre esses novos modelos, destaca-se uma economia baseada na troca de capital, ativos e serviços entre indivíduos, impulsionada pela proliferação de plataformas baseadas na internet que permitem às pessoas compartilhar recursos e negociar com custos de transação razoáveis. Assim, a emergência do Uber e AirBnB veio ao encontro com as noções de Sharing Economy. Economia compartilhada é a prática de dividir o uso/compra de serviços facilitada em grande parte pelo uso de aplicativos que facilitam e criam a possibilidade de uma maior interação entre os indivíduos. Os aplicativos de smartphones permitem aos consumidores ignorar os táxis tradicionais e os hotéis, levando a um novo modelo de negócios. Nessa estrutura de economia compartilhada para que o modelo de negócio disruptivo, com uma inovação baseado em tecnologia de informação e comunicação, passe dos clientes visionários para atingir a demanda em massa é necessária a aceitação, tanto por parte do consumidor quanto por parte dos demais players. Somente dessa forma, é possível que efetivamente haja o processo de disrupção. Por essa razão, nesta tese pretende-se aliar teorias de aceitação e uso de tecnologia ao fenômeno de externalidade de rede para entender como se configura o processo de aceitação e difusão de uma plataforma de economia compartilhada peer-to-peer (modelo de negócio novo baseado em uma tecnologia). As externalidades de rede foram utilizadas com efeito moderador, pois defendemos que este constructo afeta a direção e/ou a força da relação entre os demais constructos e a intenção de compra. A aplicação do modelo a todos os adopters se justifica pelo fato de o maior interesse dessas empresas que trabalham como facilitadora de plataforma é capturar parte dessas externalidades de rede positivas cobrando taxas de adesão ou uso. A tese central que se defende é que o processo de difusão de um modelo de negócio disruptivo peer-to-peer, tem como ponto de partida as influências sociais. No entanto, quando atinge a massa crítica (efeito em rede) essas influências perdem importância em detrimento de outras variáveis (expectativa de esforço e desempenho, por exemplo) o que acaba afetando a defensabilidade desse modelo de plataforma.
metadata.teses.dc.description.abstract: Automotive and hotel companies face a significant change caused by advances in electronics, communications, and data transmission technologies. These technologies are facilitating not only new resources previously adopted by taxi drivers and hotels/inns but also new business models. Among these new models, we highlight an economy based on the exchange of capital, assets, and services between individuals, driven by the proliferation of internet-based platforms that allow people to share resources and negotiate with reasonable transaction costs. Thus, Uber and Airbnb emerged with the notions of Sharing Economy. A sharing economy is a practice of dividing the use/purchase of services facilitated mainly by using applications that allow more extensive interaction between individuals. Smartphone apps enable consumers to ignore traditional taxis and hotels, entailing a new business model. In the structure of the sharing economy, consumers and other players must accept this disruptive business model, with an innovation based on information technology and communication for it to pass from the visionary clients and reach the mass demand. It is only thus that the disruption process is possible. Therefore, the objective of this dissertation is to ally acceptance theories and the use of technology to the network externality phenomenon to understand the acceptance and diffusion of a peer-to-peer sharing economy platform (new technology-based business model). We used the network externalities with a moderating effect since we argue that this construct affects the direction and strength of the relationship between the other constructs and the purchasing intent. We justify the application of the model to all adopters through the greater interest of these companies working as a platform facilitator to capture some of these positive network externalities by charging membership or user fees. The central idea is that the diffusion process of a disruptive peer-to-peer business model is based on social influences. However, when it reaches the critical mass (network effect), these influences lose importance to other variables (such as the effort and performance expectation), which affects the defensibility of this platform model.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora, até junho 2020.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/34926
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.