Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3527

Title: Caracterização fenológica físico-química e uso da geoestatística em goiabeira (Psidium guajava L.) Pedro Sato sob diferentes épocas de poda
Other Titles: Phenological and Physio-chemical caracterization and use of geostatistics in guava tree (Psidium guajava L.) ´Pedro Sato´, at different pruning times
???metadata.dc.creator???: Hojo, Ronaldo Hissayuki
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Chalfun, Nilton Nagib Jorge
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Paglis, Carlos Maurício
Veiga, Ruben Delly
???metadata.dc.contributor.referee1???: São José, Abel Rebouças
Lima, Luiz Carlos de Oliveira
???metadata.dc.description.concentration???: Fitotecnia
Keywords: Fruticultura
Variabilidade
Frutos
Goiaba
Fenologia
Característica físico-química
Geoestatística
Fruticulture
Variability
Fruits
???metadata.dc.date.submitted???: 24-Oct-2005
Issue Date: 4-Sep-2014
Citation: HOJO, R. H. Caracterização fenológica, físico-química e uso da geoestatística em goiabeira (Psidium guajava L.) 'Pedro Sato', sob diferentes épocas de poda. 2005. 98 p. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.
???metadata.dc.description.resumo???: O presente estudo constou da execução de três experimentos, todos conduzidos em função de épocas de poda (setembro e dezembro de 2003, março e junho de 2004), num pomar de goiabeira ´Pedro Sato´ com quatro anos de idade em Lavras, MG. No primeiro experimento, buscou-se caracterizar a sua fenologia e, no segundo, a produção e a qualidade dos frutos produzidos, verificando-se, tanto no primeiro como no segundo caso, a importância da possibilidade de produção em diferentes épocas do ano, com qualidade aceitável para o consumidor, bem como auxiliar o produtor no manejo da cultura de acordo com o desenvolvimento da planta. Utilizando-se 10 plantas para cada época de poda, num delineamento de blocos casualizados, foram avaliados, no primeiro estudo, os dados sobre os estádios fenológicos e, no segundo estudo, a produção e qualidade dos frutos produzidos, todos de acordo com a época de poda. Com bases nos dados obtidos, no primeiro trabalho foi possível estabelecer a indicação das diferentes fenofases da cultura e no segundo trabalho foi possível, com base nas condições locais, observar a produção de frutos em praticamente todos os meses do ano com o manejo das podas, bem como a apresentação do produto com qualidade aceitável ao consumidor. Já no terceiro experimento, buscou-se verificar, por meio de mapas de variabilidade espacial do solo e da produção da goiabeira, de acordo com as épocas de poda, a correlação entre estes atributos. As amostras de solo foram coletadas em malha de 9,0m x 9,0m, de 0-20cm e 20-40cm e as plantas espaçadas de 4,0m x 4,50m, seguindo o mesmo delineamento dos dois estudos anteriormente citados. Portanto, a geoestatística permitiu a verificação da variabilidade espacial dos atributos do solo e da produção da cultura, sendo uma ferramenta bastante útil em um programa de agricultura de precisão para a fruticultura.
The present study was made up of three experiments, all were conducted in function of pruning times (September and December 2003 and March and June 2004) in, a four year-old ´Pedro Sato´ guava tree orchard in Lavras city, Minas Gerais state, Brazil. The first experiment sought to characterize its phenology and in the second experiment the production and quality of the produced fruits, and to verify, in the first as well as in the second case, the importance of the production possibility at different times of year, with acceptable quality to the consumer, as well as to aid the producer in the management of the culture according to the development of the plant. 10 plants for each pruning time, in a randomized block design were used. In the first study they were appraised for data on the phenologic stages, and in the second study, the production and quality of the produced fruits, all in agreement with the pruning time. Based on the obtained data, in the first work it was possible to establish the indication of the different phenofases of the culture, and in the second work it was possible, based on local conditions, to observe fruit production in practically every month of the year with pruning management, as well as the presentation to the consumer of the product with acceptable quality. The objective in the third experiment was to verify through space variability maps of the soil and of the production of the guava tree, in agreement with the pruning times, the correlation among these attributes. The soil samples were collected, in a 9.0 x 9.0m, of 0-20cm and 20-40cm mesh and the plants spaced at 4.0 x 4.5m following the same design as the two studies previously mentioned. Therefore, the geoestatistic allowed for verification of the space variability of the soil attributes and of the production of the culture, being quite a useful tool in a precision fruticulture agriculture program.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3527
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Caracterização fenológica fisico-química e uso da geoestatística em goiabeira (Psidium guajava L.) pedro sato sob diferentes épocas de poda.pdf2.72 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback