Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/353

Título: Características agronômicas e degradação de grãos e da planta de milho em diferentes épocas de semeadura e de maturidade
Autor(es): Santos, Álvaro de Oliveira
Orientador: Pinho, Renzo Garcia von
Membro da banca: Pereira, José Luiz de Andrade Rezende
Bernardes, Thiago Fernandes
Área de concentração: Fitotecnia
Assunto: Zea mays
Forragem
Degradabilidade do grão
Degradabilidade da planta
Densidade de grãos
Digestibilidade
Forage
Grain degradability
Plant degradability
Data de Defesa: 2012
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: SANTOS, Á. de O. Características agronômicas e degradação de grãos e da planta de milho em diferentes épocas de semeadura e de maturidade. 2012. 61 p. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: The objective of this study was to evaluate the degradation of grain and plant corn hybrids of high and low density grains at different times of sowing and maturity of plants and verify the correlation between dry matter content of whole plant, the productivity dry matter and grain with the degradability of grain and forage. The study was conducted in the experimental area, Department of Agriculture from Federal University of Lavras, located in Lavras, MG. Two experiments were conducted with sowing on 11/11/2010 and 12/12/2010 under tillage system. Eight corn hybrids were used of different agronomic characteristics, gathered in groups of high and low density of grains. The corn hybrids were harvested at three grain maturity stages: half milk line, three quarters of the milk line and black layer. The randomized block design in factorial scheme 8 (hybrid) x 3 (cutting times) with three replications was used. The degradability of dry matter (DEG) of whole plant, DEG of grain, DEG of milled grain, dry matter content of whole plant, dry matter yield of whole plant, grain yield and grain density were evaluated. It was carried out individual analysis of variance for each experiment and subsequently a joint analysis of variance. It was obtained estimates of the correlation between mean variables. The hybrids group that have a low density of grains is the most suitable for the production of corn forage, because they present higher dry matter yield of grain and forage degradability of the whole plant. The sowing realized in November is the best suited for the corn forage production. The plants harvesting at the ½ LL provides better forage quality. The grains degradation is more dependent on the phenological stage of plant and grain yield than the grains density. The dry matter degradability of whole plant has a higher correlation with the degradability of grain and with the dry matter content.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a degradação de grãos e da planta de híbridos de milho de alta e baixa densidade de grãos em diferentes épocas de semeadura e de maturidade de plantas e verificar a correlação entre o teor de matéria seca da planta inteira, a produtividade de matéria seca e de grãos com a degradabilidade do grão e da forragem. O trabalho foi conduzido em área experimental do Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras, situada no município de Lavras, MG. Foram conduzidos dois experimentos com semeadura realizada em 11/11/2010 e 12/12/2010 sob sistema convencional de cultivo. Foram utilizados oito híbridos de milho de diferentes características agronômicas, reunidos em grupos de alta e baixa densidade de grãos. Os híbridos de milho foram colhidos em três estádios de maturação dos grãos: meia linha de leite, três quartos da linha de leite e camada negra. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados em esquema fatorial 8 (híbridos) x 3 (épocas de corte) com três repetições. Foram avaliadas a degradabilidade da matéria seca (DEG) da planta inteira, DEG do grão, DEG do grão moído, teor de matéria seca da planta inteira, produtividade de matéria seca da planta inteira, produtividade de grãos e densidade de grãos. Realizou-se uma análise de variância individual para cada experimento e posteriormente uma análise de variância conjunta. Foram obtidas estimativas de correlação entre as médias das variáveis. O grupo de híbridos que possuem baixa densidade de grãos é o mais indicado para a produção de forragem de milho, pois apresentam maior produtividade de matéria seca, de grãos e degradabilidade da forragem da planta inteira. A semeadura realizada em novembro é mais indicada para a produção de forragem de milho. A colheita das plantas na ½ LL proporciona maior qualidade da forragem. A degradação de grãos é mais dependente do estádio fenológico da planta e da produtividade de grãos do que da densidade dos grãos. A degradabilidade da matéria seca da planta inteira tem maior correlação com a degradabilidade dos grãos e com o teor de matéria seca.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia / Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/353
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Características agronômicas e degradação de grãos e da planta de milho em diferentes épocas de semeadura e de maturidade.pdf225,11 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback