Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3530

Título: Obtenção de híbridos de pimentão com resistência a nematóides de galhas Meloidogyne incognita
Título Alternativo: Breeding sweet pepper hybrids with resistance to root knot nematodes Meloidoigyne incognita
Autor(es): Libânio, Ronaldo Alves
Orientador: Gomes, Luiz Antonio Augusto
Coorientador(es): Maluf, Wilson Roberto
Membro da banca: Silva, Ernani Clarete da
Área de concentração: Fitotecnia
Assunto: Capsicum annuum
Meloidogyne incognita
Melhoramento genético
Nematóide de galha
Pimentão
Genetic improvement
Root knot nematodes
Data de Defesa: 16-Set-2005
Data de publicação: 4-Set-2014
Referência: LIBÂNIO, R. A. Obtenção de híbridos de pimentão com resistência a nematóides de galhas Meloidogyne incognita. 2005. 59 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.
Resumo: The sweet pepper breeding line PIX-027F-01-09-01 bears the Me1 alelle for resistance to races 1, 2, 3 and 4 of Meloidogyne incognita and Meloidogyne javanica, and was issued in crosses with lines PIM-003, PIM-013, PIM-016 and Myr-29. These four hybrids, presumable nematode resistance, were tested along with four susceptible hybrids of similar backgrounds and with four commercial hybrid check treatments. Evaluations were carried out in greenhouses, in soil naturally infected with Meloidoigyne incognita. There were significant differences among treatments for all traits under study, except for early and total yields. The hybrids with higher mean fruit mass (in early and total yields) were Laser (168,3g e 206,1g) and the nematode-susceptible hybrid F1(PIM-013xLinha-004), 167,7g e 201,4g, which also showed the highest fruit length. The hybrid with lower mean fruit mass was F1(PIX-027F-01-09-01xPIM-003) with 89,7g and 101,6g for early-yield and total yield mean fruit mass, respectively; this was also the hybrid with shortest fruit length, and one of hybrids with largest fruit width. For nematode-related traits, all four hybrids with PIX-027F-01-09-01 as a common parent were indeed more resistant to M. incognita than their susceptible counterparts with line-004 (susceptible) as parent. The commercial hybrid checks were higher in mean fruit mass, fruit length, fruit width, fruit shape score and gall index, than the mean of the 8 experimental hybrids. Data support the hypothesis that the deployment of F1 hybrids, heterozygous for the Me1 alelle, is efficient towards reducing nematode incidence.
Neste trabalho, a linhagem de pimentão PIX-027F-01-09-01, portadora do alelo Me1, que confere resistência às raças 1, 2, 3, e 4 de Meloidogyne incognita e Meloydogyne javanica, foi utilizada em cruzamentos com as linhagens PIM-003, PIM-013, PIM-016 e Myr-29. Os quatro híbridos obtidos, presumivelmente resistentes aos nematóides, foram avaliados juntamente com outros quatro híbridos, suscetíveis e obtidos nos mesmos backgrounds dos primeiros, além de quatro híbridos comerciais. A avaliação foi feita em solo naturalmente infestado com Meloidogyne incognita em casa de vegetação, num experimento em DBC, com seis repetições e nove plantas úteis por parcela. Houve diferença significativa entre os diversos híbridos, para todas as características avaliadas, à exceção da produção de frutos na colheita precoce e produção total de frutos. Os materiais que apresentaram frutos com maior massa média, tanto na colheita precoce (MMFP) quanto na colheita total (MMFT), foram o híbrido comercial Laser (168,6g e 206,1g) e o híbrido suscetível F1(PIM-013xLinha-004), 167,7g e 201,4g, os quais apresentaram também maiores comprimentos (15,9cm e 14,2cm respectivamente). O híbrido que apresentou menor MMFP e MMFT foi o F1(PIX-027F-01-09-01xPIM-003), 89,7g e 101,6g respectivamente. Este foi também o híbrido com menor comprimento (11,6cm) e esteve entre os de maior largura (7,0cm). Para as características relacionadas à tolerância aos nematóides, ficou evidenciada a tolerância dos F1(PIX-027F-01-09-01xPIM-016), F1(PIX-027F-01-09-01xPIM-013), F1(PIX-027F-01-09-01xPIM-003), F1(PIX-027F-01-09-01xMyr-29). Os contrastes não ortogonais evidenciam que quando os híbridos comerciais com os oito experimentais são comparados, há significância para MMFP, MMFT, COMP, LARG, FORM e ING, e os híbridos comerciais apresentam superioridade. À exceção da PPF e PTF, houve significância para a maioria das características, à exceção da relação C_L. Os dados obtidos evidenciam que a utilização de híbridos F1, portadores do alelo Me1 em heterozigose, é eficiente para reduzir a incidência dos nematóides.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3530
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Obtenção de híbridos de pimentão com resistência a nematóides de galhas Meloidogyne incognita.pdf383,35 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback