Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3587

Title: Fosfito fornecido via radicular e foliar sobre a produção, nutrição de fósforo e amenização da toxidez de glifosato em soja
Other Titles: Phosphite supplied via root and foliar applications on yield, phosphorus nutrition and amelioration of glyphosate toxicity in soybean
???metadata.dc.creator???: Oliveira, Nilma Portela
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Faquin, Valdemar
???metadata.dc.contributor.referee1???: Carvalho, Janice Guedes de
Castro, Evaristo Mauro de
Nogueira, Francisco Dias
???metadata.dc.description.concentration???: Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas
Keywords: Soja
Fósforo
Grãos - Produção
Plantas transgênicas
Solução nutritiva
Glycine max
Nutrient solution
Grain yield
Tansgenic soybean
???metadata.dc.date.submitted???: 22-Feb-2011
Issue Date: 5-Sep-2014
Citation: OLIVEIRA, N. P. Fosfito fornecido via radicular e foliar sobre a produção, nutrição de fósforo e amenização da toxidez de glifosato em soja. 2011. 61 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
???metadata.dc.description.resumo???: O glifosato é um dos herbicidas mais empregados nas lavouras por abranger com eficiência um amplo espectro de plantas invasoras, porém, muitas vezes tem causado toxidez às culturas econômicas. Recentemente tem-se questionado sobre o potencial do ânion fosfito em amenizar o efeito tóxico do glifosato nas plantas. Produtos à base de fosfito têm sido amplamente comercializados como fungicida, bioestimulador e como fonte de fósforo para as culturas, embora a efetividade desse último seja inconclusiva. No presente trabalho foi avaliado o efeito do fornecimento de fosfito via radicular e foliar sobre a produção, nutrição de fósforo e amenização da toxidez de glifosato em soja. Dois experimentos em delineamento inteiramente casualizado com seis repetições foram conduzidos simultaneamente em solução nutritiva, sob condições de casa de vegetação. Um dos experimentos, no qual o fosfito foi fornecido via radicular, foi delineado como um esquema fatorial 6 x 2 x 2, sendo seis concentrações de fosfito na solução nutritiva (0; 5; 16; 48; 128 e 448 µM de fosfito), duas cultivares de soja (Conquista = susceptível ao glifosato, e RR = tolerante ao glifosato), e sem e com pulverização foliar de glifosato. O outro experimento, no qual o fosfito foi fornecido via foliar, foi também constituído por um esquema fatorial 6 x 2 x 2, sendo seis doses de fosfito aplicadas nas folhas (0; 0,03; 0,16; 0,65; 2,42 e 4,84 mmol planta-1 de fosfito), duas cultivares de soja (Conquista e RR), e sem e com pulverização foliar de glifosato. Na época do florescimento pleno da soja, em três repetições de cada tratamento para ambos os experimentos, foram feitas medições indiretas do teor de clorofila através da leitura SPAD e, em seguida, essas plantas foram colhidas para avaliação da nutrição de fósforo. As outras três repetições de cada tratamento, também para ambos os experimentos, foram conduzidas até maturação plena dos grãos, nas quais foram determinadas as produções de massa seca de raiz, parte aérea e grãos. Os resultados mostraram que o fornecimento do ânion fosfito via radicular ou via foliar não influencia a produção de grãos da soja cultivada sob adequada disponibilidade de fosfato e ausência de patógenos. Embora o fornecimento fosfito na solução nutritiva elevasse a eficiência de absorção e o acúmulo de fósforo na raiz, esse ânion não influenciou na eficiência de utilização desse nutriente. A aplicação foliar do ânion fosfito, ou, mesmo quando fornecido de forma contínua através da solução nutritiva, não é capaz de amenizar os efeitos tóxicos causados pelo glifosato na soja. A soja cv. RR possui satisfatória tolerância ao glifosato, enquanto que a cv. Conquista é negativamente afetada na presença desse herbicida.
Glyphosate is one of the most employed herbicides in the agriculture for its efficient inhibitory effect on the growth of several weeds, however, many times it also has caused toxicity to the economic cultures. Recently the potential of the phosphite anion to minimize the harmful effect of the glyphosate on plant yield has been questioned. Phosphite-based products have been widely marketed as fungicides, biostimuladors, and as a phosphorus source for the cultures, although the effectiveness of latter is inconclusive. In the present work the effect of the phosphite supplied via root and foliar applications on yield, phosphorus nutrition and amelioration of glyphosate toxicity in soybean was evaluated. Two experiments in a completely randomized design with six replications were conducted simultaneously in nutrient solution, under greenhouse environment conditions. One of the experiments, in which the phosphite was supplied via root application, was designed in a 6 x 2 x 2 factorial scheme, with six phosphite concentrations in the nutrient solution (0, 5, 16, 48, 128 and 448 µM of phosphite), two soybean cultivars (Conquista = susceptible to glyphosate, and RR = tolerant to glyphosate), and with and without foliar spraying of glyphosate. The other experiment, in which the phosphite was supplied via foliar application, was also constituted by a 6 x 2 x 2 factorial scheme, with six phosphite doses applied via foliar (0, 0.03, 0.16, 0.65, 2.42 e 4.84 mmol plant1 of phosphite), two soybean cultivars (Conquista and RR), with and without foliar spraying of glyphosate. At the time of the soybean full flowering, in three replications of each treatment for both experiments, indirect measurements were carried out of the chlorophyll level through leaf SPAD readings and, soon afterwards, those plants were harvested for phosphorus nutrition determination. The other three replications of each treatment, also for both experiments, were conducted until complete grain maturation, in which the root, shoot and grain dry mass yields were determined. The results showed that the supply of the phosphite anion via root or foliar applications does not influence the grain yield of soybean grown under adequate phosphate availability and absence of pathogens. Although the supply of phosphite anion in the nutrient solution increased the uptake efficiency and accumulation of phosphorus in the root, that anion did not influence the phosphorus utilization efficiency of the soybean. The foliar application of the phosphite, even when supplied in continuous way through the nutrient solution, is not capable of lessening the harmful effects of the glyphosate on the soybean yield. The cv. RR possesses satisfactory tolerance to the glyphosate, while the cv. Conquista is negatively affected in the presence of that herbicide.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3587
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Fosfito fornecido via radicular e foliar sobre a produção, nutrição de fósforo e amenização da toxidez de glifosato em soja.pdf1.72 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback