Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/35917
metadata.eventos.dc.title: Avaliação de progênies de soja no sul de Minas Gerais
metadata.eventos.dc.creator: Borges, Rafael Henrique
Bruzi, Adriano Teodoro
Villela, Gabriel Mendes
Pinto, André Rodrigues Salomão
Bianchi, Mariane Cristina
Bernardo, Mayra Ribeiro
metadata.eventos.dc.subject: Progênies
Ganho seleção
Variabilidade
metadata.eventos.dc.date.issued: 2018
metadata.eventos.dc.identifier.citation: BORGES, R. H. et al. Avaliação de progênies de soja no sul de Minas Gerais. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFLA, 31., 2018, Lavras. Anais... Lavras: UFLA, 2018. Não paginado.
metadata.eventos.dc.description.resumo: O aumento da área cultivada e da produtividade da soja no Sul de Minas Gerais deve-se à incorporação de novas tecnologias de produção. Dentre estas, o melhoramento genético possibilita incrementos na produtividade e caracteres agronômicos de interesse. Ante ao exposto, objetivou-se estimar os parâmetros genéticos e fenotípicos associados às progênies e os ganhos esperados com diferentes intensidades de seleção. Foram utilizadas progênies segregantes S0:3 do programa de melhoramento genético de soja da UFLA. A avaliação foi na safra 2017/2018 em Lavras, Itutinga e Ijaci. Adotou-se látice triplo 5x5 (12 progênies + 13 parentais) com parcelas de 2 linhas de 3 metros. Foram avaliados os caracteres: dias para o florescimento (dias), maturação absoluta (dias), altura de inserção do 1° legume (cm), altura da planta (cm) e produtividade de grãos (sacas.ha-1 ). Os dados foram analisados no software R, via abordagem de modelos mistos. Para os caracteres avaliados, as estimativas de variância genética foram significativas. Os caracteres maturação absoluta e dias para florescimento apresentam estimativa de acurácia acima de 97% considerada de grande magnitude. O coeficiente de variação variou de 1,89 para maturação absoluta a 20,74 para produtividade e as estimativas de herdabilidade variaram entre 97,30 a 0,08, respectivamente. Foi observado comportamento não coincidente entre as progênies e os locais, ou seja, a variância da interação foi significativa para todos os caracteres, exceto inserção do 1° legume. As estimativas de ganho esperado com a seleção das progênies variaram de acordo com as intensidades de seleção, sendo que produtividade de grãos variou de 0,97 a 1,31 (sacas ha-1). Como esperado, com maior intensidade de seleção, ou seja, quando se selecionou menos indivíduos, obteve-se um maior ganho, porém, com redução de variabilidade. É importante ressaltar que o ganho esperado com a seleção para os caracteres dias para florescimento e inserção de 1° legume assumem valor negativo, uma vez que a seleção para esses caracteres é realizado no sentido de reduzi-los. Conclui-se que as estimativas dos componentes de variância evidenciam a existência de variabilidade entre as progênies possibilitando a seleção de genótipos superiores.
metadata.eventos.dc.description.uri: http://prp.ufla.br/ciuflasig/generateResumoPDF.php?id=12423
metadata.eventos.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAG - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.