Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3628
Título: Avaliações morfométricas de juvenis de pacu (Piaractus mesopotamicus), tambaqui (Colossoma macropomum) e seus híbridos
Título(s) alternativo(s): Morphometric evaluations of juvenile pacu (Piaractus mesopotamicus), tambaqui (Colossoma Macropomum) and their hybrids
Autor : Reis Neto, Rafael Vilhena
Primeiro orientador: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Primeiro membro da banca: Murgas, Luis David Solis
Pimenta, Maria Emilia de Sousa Gomes
Rodrigues, Paulo Borges
Logato, Priscila Vieira Rosa
Palavras-chave: Pacu
Tambaqui
Híbridos
Morfometria
Heterose
Data da publicação: 9-Set-2014
Referência: REIS NETO, R. V. Avaliações morfométricas de juvenis de pacu (Piaractus mesopotamicus), e tambaqui (Colossoma macropomum) e seus híbridos. 2007. 63 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: Foi conduzido um experimento no setor de piscicultura da Escola Federal Agrotécnica de Colatina, ES, com o objetivo de avaliar o efeito do cruzamento de tambaqui (Colossoma macropomum) com pacu (Piaractus mesopotamicus) e da heterose sobre as medidas morfométricas, proporções das partes corporais e peso de juvenis aos 140 dias de idade. Foram realizados os cruzamentos recíprocos, por meio de indução hormonal, entre um macho e uma fêmea de pacu com um macho e uma fêmea de tambaqui, de acordo com o seguinte sistema de acasalamentos: macho de pacu com fêmea de pacu (G1-pacu), macho de tambaqui com fêmea de tambaqui (G2-tambaqui), macho de pacu com fêmea de tambaqui (G3-tambacu) e macho de tambaqui com fêmea de pacu (paqui G4). Os ovos foram incubados separadamente, por grupo genético e, após cinco dias da eclosão, os alevinos foram transferidos para viveiros de terra especialmente preparados, a uma densidade de 200 alevinos/ m2. Ao completarem 140 dias de idade, 40 juvenis de cada grupo genético foram amostrados aleatoriamente, insensibilizadas e abatidos por anóxia e submetidos às seguintes medida morfométricas em centímetros: comprimento e altura de cabeça (AC e CC), tomadas na região da cabeça; alturas e larguras A1 e L1, A2 e L2, A3 e L3, A4 e L4, tomadas na região da nadadeira peitoral, dorsal, anal e no menor perímetro do pedúnculo, respectivamente; distâncias D1, D2 e D3, tomadas entre as regiões usadas para medir as alturas e larguras e comprimento padrão (CP). Após a avaliação morfométrica, 20 dos peixes medidos de cada grupo genético foram eviscerados e seus corpos seccionados em três partes, cabeça, tronco e cauda, por meio de dois cortes verticais. O produto de cada uma dessas etapas foi pesado e os pesos utilizados no cálculo das seguintes porcentagens de cada componente corporal em relação ao peso de abate: porcentagem de carcaça com cabeça (PCCC), porcentagem de carcaça sem cabeça (PCSC), porcentagem de cabeça (PCAB), porcentagem de tronco (PTRON), porcentagem de cauda (PCAU) e porcentagem de vísceras (PVIS). Houve heterose (p<0,05) de 58,1% para peso dos juvenis, tendo o acasalamento do macho de pacu com a fêmea de tambaqui resultado nas progênies mais pesadas. Para as medidas das alturas da cabeça, A1, A2 , A3 e A4, de CC e D2 dos juvenis houve heterose (p<0,05) de -8,8% 6,78%, 8,81%, 6,27%, 2,53%, 4,09% e -10,75%, respectivamente; para as larguras, observou-se um efeito (p<0,05) da espécie de pacu e, para o CP, D1 e D3 um efeito (p<0,05) do tambaqui. Houve heterose (p<0,05) de -1,7, 5,1 e -3,3 para PCSC, PCAB e PTRON, respectivamente. De maneira geral, os juvenis de tambaqui apresentam conformação corporal superior (p<0,05) aos demais grupos genéticos com PCAB, PTRON de 29,36% e 41,96%, indicando maior eficiência na apreensão e no aproveitamento de alimento e, conseqüentemente, maior desenvolvimento.
An experiment was carried in the sector fish farm of the School of Escola Federal Agrotécnica de Colatina - ES, in order to evaluate the effect of the tambaqui (Colossoma macropomum) with pacu (Piaractus mesopotamicus) crossing on measures morphometric, body percentage and weight for juveniles to 140 days of age. The reciprocal crosses were accomplished with hormonal induction, between a male and a female of pacu with a male and a female of tambaqui according to the following crossing system: Male and female of pacu (pacu-G1), male the tambaqui with female of tambaqui (G2-tambaqui), male of the pacu with female tambaqui (G3 - tambacu) and male of tambaqui with female pacu (paqui G4). The eggs were incubated separately by genetic group and, after five days of the outbreak, the hatchery fish were transferred to pounds of land specially prepared for a density of 200 hatchery fish / m2. By completing 140 days of age, 40 juveniles of each genetic group were randomly sampled and slaughtered by anoxia and submitted to the following morphometric measured in centimeters: Length and height of head (AC and DC), taken in the region of the head, heights and widths L1 and A1, A2 and L2, and L3 A3, A4 and L4, taken in the region of the pectoral, dorsal, anal fin and the lower perimeter of the stalk respectively, distance D1, D2 and D3, taken between regions used to measure heights and widths, and stndard length (CP). After evaluation morphometric, 20 fish measured for each genetic group were gutted and their bodies divided in three parts, head, trunk and tail, through two vertical cuts, and the product of each of these steps heavy and the weights used in the calculation of the following yield percentages of each component body in the weight of slaughter: percentage of carcass with head (PCCC), percentage of body without head (PCSC), percentage of head (PCAB), percentage of trunk (PTRON), percentage of tail (PCAU ) and percentage of offal (PVIS). There was heterosis (p <0.05) from 58.1% in weight of juveniles, and the crossing of pacu male with the female of tambaqui resulted in juvenile heavier. For the measures of the headheights, A1, A2, A3 and A4, CC and D2 of juveniles There was heterosis (p<0.05) of -8.8% 6.78%, 8.81%, 6.27 %, 2.53%, 4.09% and -10.75% respectively; for widths there was an effect (p <0.05) of the pacu species, and the CP, D1 and D3 an effect ( p <0.05) of tambaqui. There was heterosis (p<0.05) of -1.7, 5.1 and -3.3 for PCSC, PCAB and PTRON respectively. In general the youth of tambaqui have their body conformation higher (p <0.05) to the other genetic groups with PCAB, PTRON of 29.36% and 41.96%, indicating greater efficiency in catching and advantaging of food and therefore further development.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3628
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.