Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3650

Título: Produtividade de alho em função da sanidade e tamanho do alho-semente e da densidade de plantio
Autor(es): Marodin, Josué Clock
Orientador: Souza, Rovilson José de
Membro da banca: Mesquita, Hugo Adelande
Resende, Juliano Tadeu Vilela de
Gonçalves, Wilson Magela
Gomes, Luiz Antônio Augusto
Área de concentração: Produção Vegetal
Assunto: Allium sativum L.
Alho - Tamanho de dente
Espaçamento de planta
Degenerescência
Livre de vírus
Clove size
Degeneration
Spacing plant
Vírus free
Data de Defesa: 30-Abr-2014
Data de publicação: 11-Set-2014
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: MARODIN, J. C. Produtividade de alho em função da sanidade e tamanho do alho-semente e da densidade de plantio. 2014. 97 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: A propagação vegetativa do alho causa redução de produtividade em função da degenerescência dos materiais, pelo acúmulo de viroses. Para o controle de viroses é utilizado plantas livres de vírus, obtidas por cultivo de ápices caulinares in vitro. O alho-semente livre de vírus é uma das tecnologias mais importantes para o desenvolvimento do sistema produtivo do alho no Brasil. Em cultivos convencionais, está sendo utilizado maior tamanho de material propagativo e altas densidades de plantio para obter alta produtividade de alho, porém este sistema gera alto custo de plantio. Com este trabalho objetivou-se avaliar características de produção de alho infectado e livre de vírus em função da classificação de bulbos e bulbilhos por tamanho para o plantio e espaçamento de plantas. No ano de 2012, foi utilizado clones Chonan livre de vírus e infectado, quatro tamanhos de bulbos, classes 6, 5, 4 e 3 e, três tamanhos de bulbilhos, peneiras 1, 2 e 3, para cada classe de bulbo têm os três tamanhos de bulbilhos. Os danos causados pelos vírus foram observados pela redução de 8,4% na emergência e 9,8% e altura de planta infectadas, em comparação a livre de vírus. Clone livre de vírus com sementes de bulbos das classes 6, 5 e 4 e, bulbilhos das peneiras 1 e 2 apresenta produtividade média de 9,41 t ha-1. Os bulbos e bulbilhos de tamanho médio de alho livre de vírus utilizados no plantio proporcionam altas produtividades, maior massa média e, tamanho de bulbo. No ano de 2013 foi utilizado Chonan livre de vírus e infectado, cinco espaçamentos de plantas 210, 260, 300, 360 e 390 cm2 planta-1 e, três tamanhos de bulbilhos peneiras 1, 2 e 3. Com espaçamento de 210 cm2 planta-1, o clone infectado produziu 10,4t ha-1 e, livre de vírus produtividades de 15,2t ha-1. As plantas livres de vírus apresentam maior crescimento vegetativo quando plantados em maior espaçamento de planta. Chonan livre de vírus, com espaçamento de planta de 390 cm2 planta-1 produziu 36,4% de bulbos na classe 7. O alho livre de vírus, bulbilhos de tamanho médio e graúdos no plantio, com espaçamento de 300 cm² planta-1 pode-se obter altas porcentagens de bulbos de classe 7 e altas produtividades comerciais.
Vegetative propagation of garlic causes reduced productivity due to the degeneracy of materials, the accumulation of víruses. For the control of víruses is used vírus free plants obtained by in vitro cultivation of the shoot apex. Garlic seed vírus free is one of the most important technologies for the development of the garlic productive system in Brazil. In conventional crops, large seed size and high planting densities is being used for high productivity garlic, but this system generates high cost of planting. This work aimed to evaluate the productivity characteristics of infected and vírus free garlic depending on the classification of bulbs and cloves per size for planting and plant spacing. In the year 2012, was used clones Chonan free of víruses and infected four sizes of bulbs classes 6, 5, 4 and 3, and three sizes of cloves, size 1, 2 and 3, for each class of bulb have three sizes of bulbils. The damage caused by vírus were observed in the reduction of 8.4% emergence and 9.8% height of infected plants, compared to free vírus plants. Clone vírus free with seeds bulbs in classes 6, 5 and 4, and clove of 1 and 2 size shows an average yield of 9.41 t ha-1. Average size of bulbs and cloves of free vírus garlic used in planting provide high yields, higher average weight and size of bulb. The year 2013, was used Chonan free of vírus and infected five plant spacing 210, 260, 300, 360 and 390 cm2 plant-1, and three sizes of clove 1, 2 and 3 size. Spacing of 210 cm2 plant-1 infected clones produced 10.4 t ha-1 and vírus-free yield of 15.2 t ha-1. The vírus free plants have greater vegetative growth when planted in greater plant spacing. Chonan vírus free, with plant spacing of 390 cm2 plant-1 produced 36.4% of bulbs in class 7. The vírus free garlic, cloves and 1 and 2 size at planting, plant spacing of 300 cm2 plant-1 can obtain high percentages of class 7 bulbs and high commercial yields.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração Produção Vegetal, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3650
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Produtividade de alho em função da sanidade e tamanho do alho-semente e da densidade de plantio.pdf779,83 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback