Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/36986
metadata.eventos.dc.title: Diversidade de bactérias do acido lático utilizando a técnica MALDI- TOF em silagens de grão de sorgo e milho reidratados
metadata.eventos.dc.creator: Souza, Viviane Camila de
Fernandes, Tatiane
Carvalho, Beatriz Ferreira
Ávila, Carla Luiza da Silva
metadata.eventos.dc.subject: Bactérias
Silagem
metadata.eventos.dc.date.issued: 2018
metadata.eventos.dc.identifier.citation: SOUZA, V. C. de et al. Diversidade de bactérias do acido lático utilizando a técnica MALDI- TOF em silagens de grão de sorgo e milho reidratados. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFLA, 31., 2018, Lavras. Anais... Lavras: UFLA, 2018. Não paginado.
metadata.eventos.dc.description.resumo: A reidratação e a ensilagem de grãos de milho e sorgo, são ações que visam melhorar a digestibilidade do amido, buscando potencializar a degradação ruminal desse carboidrato. O objetivo do trabalho foi identificar a diversidade de bactérias do ácido lático (BAL) na silagem de grão de sorgo ou milho reidratado com adição de diferentes enzimas. Os grãos foram reidratados e ensilados com a dosagem de 0,35 mL de amiloglicosidase, AMG (AMG, Novozymes) ou GAM (Sanferm Yield, Novozymes) por Kg de grão. Os tratamentos se basearam em uma combinação fatorial 2 x 3 x 2 de grão (sorgo ou milho), enzima (controle, AMG, GAM) e tempo de fermentação (30 dias e 180 dias), o delineamento utilizado foi em blocos casualizados. A análise da espectrometria de massa por tempo de dispersão/ionização assistida por matriz (MALDI- TOF MS) foi utilizada associada a testes bioquímicos, para identificar BAL. 258 cepas foram isoladas e seis espécies de BAL foram identificadas (Lactobacillus brevis, L. buchneri, L. parabuchneri, L. plantarum, Pediococcus acidilactici, P. pentosaceus) com uma população média de 3,18 e 2,72 ufc/g aos 30 e 180 dias de fermentação respectivamente. Duas cepas agrupadas pelo MALDITOF não foram identificadas, a técnica do MALDI- TOF não foi eficiente em distinguir as espécies de L. buchneri e L. brevis. A maior diversidade de microrganismos estava presente com 30 dias de fermentação. L. plantarum estava presente aos 30 dias de armazenamento, com maior população na silagem de grãos de milho. A espécie de L. parabuchneri foi identificada apenas com 180 dias de fermentação, na silagem de sorgo. As populações de P. acidilactici e P. pentosaceus foram maiores no milho do que no sorgo, e P. pentosaceus estava presente aos 180 dias de silagem de milho controle, mas permaneceu abaixo do nível detectável em outros tratamentos. A silagem com 30 dias de fermentação apresentou maior população e diversidade de BAL e a silagem com 180 dias de fermentação, apresentou a menor população e diversidade de BAL, quando utilizou uma enzima amiloglicosidase.
metadata.eventos.dc.description.uri: http://prp.ufla.br/ciuflasig/generateResumoPDF.php?id=12094
metadata.eventos.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DZO - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.