Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3716

Título: Soil properties, condition and soil losses for south and east Brazilian forest areas
Título Alternativo: Atributos do solo, ambientes e perdas de solo para áreas florestadas no sul e leste do Brasil
Autor(es): Avanzi, Junior Cesar
Orientador: Silva, Marx Leandro Naves
Coorientador(es): Norton, Lloyd Darrell
Membro da banca: Lima, Luiz Antônio
Oliveira, Geraldo César de
Curi, Nilton
Assunto: Erosão hídrica
Solos - Erosão
Eucalipto - Cultivo
Small watershed
Water erosion
Soil loss
Microbacia hidrográfica
Floresta de eucalipto
Eucalyptus forest
Data de Defesa: 7-Jul-2009
Data de publicação: 16-Set-2014
Referência: AVANZI, J. C. Soil properties, condition and soil losses for south and east Brazilian forest areas. 2009. 76 p. Tese (Doutorado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: Eucalyptus cultivation has increased in all Brazilian regions. In order to recommend good management practices it is necessary to understand differences in soil properties where eucalyptus is planted. In addition, aggregate stability analyses have proved to be a useful tool to measure soil effects caused by changes in management practices. Besides, the evaluation of soil erosion is an important tool for planning of conservationist management actions allowing appropriate changes on land-use and implementation of sustainable management strategies in the long-term. Thus, the objectives of this study were: i) to determine the main soil properties for different soil classes, and assess the relationship between aggregate stability and changes in soils under eucalyptus plantation, and ii) to predict the potential annual soil loss using the Universal Soil Loss Equation (USLE) coupled in a Geographical Information System (GIS). We studied representative soils within three eucalyptus cultivated regions. In the Espírito Santo state the soils selected were classified as dystrocohesive Yellow Argisol - PA1 (Hapludult), moderately rocky Yellow Argisol - PA2 (Hapludult), and dystrophic Haplic Plinthosol - FX (Phinthaquox). In the Rio Doce Valley, center-east region of Minas Gerais state, the samples were collected in dystrophic Red-Yellow Latosol - LVA (Haplustox) and dystrophic Red Latosol - LV (Haplustox). In the south region of Brazil the area encompasses eutrophic Red Argisol - PVe (Rhodudalf), dystrophic Red-Yellow Argisol - PVA (Hapludult), and dystrophic Haplic Cambisol - CXbd (Dystrudept). Physical, chemical, and mineralogical analyses were performed for the A horizon to characterize the predominant soil profiles. Aggregate stability was measured using the high-energy moisture characteristic (HEMC) technique. Aggregate stability ratio was greater than 50% for all soils. This fact shows for highly weathered soils with large amount of 1:1 clay minerals, that the aggregate stability index was high. In the Espírito Santo we performed the USLE model in order to evaluate soil erosion. All the USLE factors were generated in a distributed approach using GIS framework. Results showed that the average soil loss was 6.2 t ha-1 yr-1. Relative to soil loss tolerance, 86% of the area presented erosion rate smaller than the tolerable value.
O cultivo de eucalipto tem aumentado em todas as regiões brasileiras. Para recomendar práticas de manejo adequadas é necessário o entendimento dos diferentes atributos do solo onde esta cultura está instalada. Além disso, a análise da estabilidade de agregados tem provado ser uma boa ferramenta para medir os efeitos causados no solo devido às mudanças nas práticas de manejo. Além disso, a avaliação do processo erosivo é um importante instrumento no planejamento do manejo conservacionista, permitindo realizar mudanças apropriadas no uso do solo e programar estratégias de manejo em longo prazo. Assim, os objetivos deste estudo foram: i) determinar os principais atributos do solo para as diferentes classes de solo e avaliar sua relação com a estabilidade de agregados em solos sob cultivo de eucalipto; e ii) estimar o potencial de perdas de solo anual através da Equação Universal de Perdas de Solo (EUPS) acoplada no Sistema de Informação Geográfica (SIG). Solos representativos de três regiões cultivadas com eucaliptos foram utilizados. No Espírito Santo os solos selecionados foram classificados como Argissolo Amarelo coesivo distrófico (PA1), Argissolo Amarelo moderadamente rochoso (PA2) e Plintossolo Háplico distrófico (FX). No Vale do Rio Doce, região centro-leste de Minas Gerais, as amostras foram coletadas em um Latossolo Vermelho Amarelo distrófico (LVA) e um Latossolo Vermelho distrófico (LV). Na região sul do Brasil a área abrange um Argissolo Vermelho eutrófico (PVe), um Argissolo Vermelho Amarelo distrófico (PVA) e um Cambissolo Háplico distrófico (CXbd). Análises físicas, químicas e mineralógicas foram realizadas nos horizontes A dos perfis de solo estudado. A estabilidade de agregados foi avaliada através da técnica high-energy moisture characteristic (HEMC). A estabilidade de agregados foi maior que 50% para todos os solos estudados. Este fato mostra que o índice de estabilidade de agregados foi elevado para solos altamente intemperizados com grandes quantidades de argilo-minerais 1:1. No Espírito Santo a avaliação do risco de erosão foi realizada por meio da EUPS. Os fatores da EUPS foram gerados de forma distribuídos utilizando a plataforma SIG. Os resultados mostraram uma perda de solo média de 6,2 t ha-1 ano-1. Em relação à tolerância de perdas de solo, 86% da área apresentaram taxas de erosão abaixo dos valores de tolerância de perdas.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3716
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: en_US
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Atributos do solo, ambientes e perdas de solo para áreas florestadas no sul e leste do Brasil.pdf971,87 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback