Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3728
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorJulião, Luiz Gustavo Fernandes-
dc.date.accessioned2014-09-17T01:17:01Z-
dc.date.available2014-09-17T01:17:01Z-
dc.date.issued2014-09-16-
dc.date.submitted2009-07-24-
dc.identifier.citationJULIÃO, L. G. F. Atributos mecânicos e salpicamento de partículas em amostras de latossolo vermelho-amarelo sob efeito de vinhaça. 2009. 43 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3728-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRASpt_BR
dc.rightsacesso abertopt_BR
dc.subjectLatossolospt_BR
dc.subjectVinhaçapt_BR
dc.subjectCompressibilidadept_BR
dc.subjectCompressibilitypt_BR
dc.titleAtributos mecânicos e salpicamento de partículas em amostras de latossolo vermelho-amarelo sob efeito de vinhaçapt_BR
dc.title.alternativeMechanical attributes and splash of particles of samples of red-yellow latosol (Oxisol) under effect of vinassept_BR
dc.typedissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor-coLima, José Maria de-
dc.publisher.programDCS - Programa de Pós-graduaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFLApt_BR
dc.publisher.countryBRASILpt_BR
dc.contributor.advisor1Curi, Nilton-
dc.contributor.referee1Mello, Carlos Rogério de-
dc.contributor.referee1Dias Júnior, Moacir de Souza-
dc.description.resumoCom aumento da produção de etanol e cachaça no Brasil, cresce também a produção de vinhaça, principal resíduo da industrialização da cana. Uma das formas de sua utilização é o seu descarte em solos como fertilizante liquido. A vinhaça pode alterar os atributos físicos do solo bem como seu comportamento compressivo e a resistência dos agregados do solo ao salpicamento. Assim sendo, os objetivos desse trabalho foram quantificar o efeito da vinhaça no comportamento compressivo e nos atributos mecânicos e avaliar o efeito da aplicação da vinhaça no salpicamento de partículas de um Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA). A vinhaça foi proveniente de um alambique de cachaça artesanal. Foram coletadas amostras deformadas e indeformadas nas profundidades de 0 a 3 cm e 60 a 63 cm. As amostras deformadas reservaram-se à caracterização física e química do solo. Das amostras indeformadas, parte foi saturada por capilaridade com vinhaça e a outra parte com água destilada por 48 horas e todas destinaram-se aos ensaios de compressibilidade e resistência ao salpicamento usando-se um simulador de chuvas. Os resultados indicam que a capacidade de suporte de carga do solo foi semelhante para as duas profundidades com e sem aplicação de vinhaça. Os limites de consistência não foram significativamente diferentes. No ensaio de Proctor Normal, as amostras que receberam vinhaça, independentemente da profundidade, tiveram valores de umidade ótima de compactação menores, resultando em economia de água e maior resistência do solo. Para o salpicamento, as amostras subsuperficiais na capacidade de campo propiciaram maior resistência e menor salpicamento na presença de vinhaça.pt_BR
dc.description.resumoWith the increased production of ethanol and cachaça in Brazil, also increases the production of vinasse, main residue of the industrialization of sugarcane. One way of its utilization is its disposal in soil as liquid fertilizer. The vinasse can change the physical attributes of soil and its compressive behavior and the resistance of soil aggregates to splash. Therefore, the objectives of this study were to quantify the effect of vinasse on the compressive behavior and physical attributes, and to evaluate the application of vinasse on splash of particles of a Red-Yellow Latosol (Oxisol). The vinasse was obtained from a still of craft. Undisturbed and disturbed soil samples were collected at depths of 0 to 3 cm, and 60 to 63 cm. Disturbed soil samples were used for physical and chemical characterization of soil. Part of undisturbed soil samples was saturated by capillarity with vinasse and the other part with distilled water for 48 hours for testing the compressibility and resistance of aggregates to splash by using simulated rainfall. The results indicate that the capacity of load support of soil for both depths with and without application to vinasse was similar. The limits of consistency were not significantly different. In the Proctor Normal test the samples which received vinasse, regardless of the depth, had lower values of compaction optimum moisture, resulting in economy of water and higher soil resistance. For splash, the subsurface samples at field capacity provided more resistance and lesser splash in the presence of vinasse.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ_NÃO_INFORMADOpt_BR
Appears in Collections:DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.