Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3730
Título: Proporção de colmos da cana-de-açúcar e desempenho de novilhas e vacas leiteiras
Título(s) alternativo(s): Sugarcane stalk proportion and performance of heifers and dairy cows
Autor : Júnior, Sancho Siécola
Primeiro orientador: Pereira, Marcos Neves
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Salvador, Sandro César
Primeiro membro da banca: Pereira, Renata Apocalypse Nogueira
Bernardes, Thiago Fernandes
Área de concentração: Nutrição e produção animal
Palavras-chave: Vaca de leite
Cana-de-açúcar despalhada
Digestibilidade
Ganho de peso
Dairy cow
No leaves sugarcane
Digestibility
Body weight gain
Data da publicação: 17-Set-2014
Referência: SIÉCOLA. J. S. Proporção de colmos da cana-de-açúcar e desempenho de novilhas e vacas leiteiras. 2011. 53 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: Avaliações prévias sugerem que existe uma correlação positiva entre a proporção de colmos e a digestibilidade de cultivares de cana-de-açúcar. Dois experimentos foram conduzidos para avaliar a resposta em ganho de peso de novilhas e produção de leite de vacas à atuação sobre o teor de colmos da cana. No Experimento 1, 32 novilhas Girolando (295,4 ± 45,4 kg) foram blocadas em pares e aleatoriamente alocadas a um tratamento por 42 dias, após um período de padronização de 14 dias. Os tratamentos foram: Cana integral ou despalhada. Os dados foram obtidos ao longo do tempo e analisados como medidas repetidas ajustadas para covariável pelo Mixed do SAS. A composição em ingredientes das dietas com cana despalhada e integral foi, respectivamente (% da MS): Cana-de-açúcar 77,1 e 78,6, farelo de soja 19,2 e 17,9, uréia 1,0 e 0,9, minerais 2,7 e 2,6. O ganho diário de peso foi 1,395 kg na cana despalhada e 1,125 na integral (P=0,05). Não houve efeito de tratamento sobre o consumo de matéria seca (P=0,78). A despalha aumentou a taxa de ingestão de alimento (P=0,04) e aumentou o consumo de matéria orgânica não-FDN digestível (P=0,03). No Experimento 2, 14 vacas Holandesas (256  124 dias em lactação) foram blocadas em pares e alocadas a uma sequência de dois tratamentos em delineamento de reversão simples, com períodos de 21 dias. A composição em ingredientes da dieta foi (% da MS): cana-de-açúcar 18,3, silagem de milho 37,6, farelo de soja 21,9, uréia 0,2, polpa de citros 9,7, silagem de milho reidratado 9,3, minerais e vitaminas 2,9. A despalha tendeu a aumentar a digestibilidade da matéria seca de 71,4% para 75,1% do consumido (P=0,06) e o consumo de matéria orgânica digestível (P=0,10). A produção diária de leite foi 18,4 kg com cana despalhada e 18,2 kg com cana integral (P=0,65). As respostas positivas em ganho de peso e digestibilidade da dieta sugerem que a remoção das folhas da cana-de-açúcar pode ser vantajosa para o desempenho animal.
Previous in situ digestibility data has shown that among sugarcane cultivar there is a positive correlation between the stalk to leaf ratio and whole plant digestibility. Two trials were performed to evaluate the response in body weight gain of heifers and milk production of dairy cows by acting upon sugarcane stalk proportion. In trial 1, 32 Holstein x Zebu heifers (295.4±45.4 kg) were paired blocked and randomly allocated to one treatment for 42 days, following a 14-day standardization period. Treatments were: Whole sugarcane or no leaves sugarcane. Data obtained over time was analyzed using the repeated measures approach of the mixed procedure of SAS. Diet ingredient composition for no leaves and whole sugarcane were, respectively (% of DM): Sugarcane 77.1 and 78.6, soybean meal 19.2 and 17.9, urea 1.0 and 0.9, minerals 2.7 and 2.6. Daily body weight gain was 1.395 kg for no leaves sugarcane and 1.125 for whole (P=0.05). There was no treatment effect on dry matter intake (P=0.78). Removal of leaves increased the rate of feed ingestion (P=0.04) and the intake of total tract digestible non-NDF organic matter (P=0.03). In trial 2, 14 Holsteins (256124 days in lactation) were paired blocked and allocated to a sequence of two treatments in a cross-over design, with 20 day periods. Diet ingredient composition was (% of DM): Sugarcane 18.3, corn silage 37.6, soybean meal 21.9, urea 0.2, citrus pulp 9.7, hydrated and ensiled mature ground corn 9.3, and a buffer-mineral premix 2.9. Removal of leaves tended to increase the dry matter digestibility from 71.4% to 75.1% (P=0.06) and the intake of digestible organic matter (P=0.10). Daily milk yield was 18.4 kg for no leaves and 18.2 for whole sugarcane(P=0.65). Positive responses in body weight gain and diet digestibility suggest that sugarcane leaf removal may be advantageous for animal performance.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3730
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Proporção de colmos da cana-de-açúcar e desempenho de novilhas e vacas leiteiras.pdf253,52 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.