Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37338
metadata.teses.dc.title: Atributos físicos, químicos e biológicos do rejeito de mineração oriundo da Barragem de Fundão modificados por sistema de consórcio e plantio de Enterolobium contortisiliquum
metadata.teses.dc.title.alternative: Physical, chemical and biological attributes of the mining waste from Fundão Dam modified by consortium system and planting Enterolobium contortisiliquum
metadata.teses.dc.creator: Zanchi, Carin Sgobi
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/7964767790432159
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Carneiro, Marco Aurélio Carbone
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Guilherme, Luiz Roberto Guimarães
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Leitão, Maria Rita Scotti Muzzi Marques
metadata.teses.dc.subject: Mineração
Reabilitação ecológica
Restauração ecológica
Solo - Qualidade
Sucessão ecológica
Rejeito de mineração
Rehabilitation
Soil quality
Ecological succession
Mariana (MG)
Barragem de Fundão
metadata.teses.dc.date.issued: 24-Oct-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
metadata.teses.dc.identifier.citation: ZANCHI, C. S. Atributos físicos, químicos e biológicos do rejeito de mineração oriundo da Barragem de Fundão modificados por sistema de consórcio e plantio de Enterolobium contortisiliquum. 2019. 102 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: Objetivou-se avaliar as alterações ocorridas nas propriedades químicas, físicas e bioquímicas do Tecnossolo formado a partir do rejeito depositado às margens dos rios que compõem a Bacia Hidrográfica do Rio Doce, após o rompimento da barragem de Fundão, e determinar quais sistemas de revegetação proposto promoveram as melhores condições para a reabilitação das áreas impactadas. O experimento foi conduzido em casa de vegetação utilizando rejeito de mineração de ferro coletado às margens do rio Gualáxo do Norte, dois anos após o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Geral – Brasil. Os sistemas de revegetação propostos tem por finalidade iniciar o processo de reabilitação com plantas herbáceas e, posteriormente, o estabelecimento de arbórea nativa. Para tanto, o estudo foi divido duas fases. Inicialmente, os tratamentos foram distribuídos em um delineamento de blocos ao acaso em esquema fatorial 5x2, com três repetições, sendo os tratamentos compostos por sistemas de précultivos com plantas herbáceas consorciadas: Urochloa ruziziensis solteira (RS); U. ruziziensis consorciada com Crotalária spectabilis (R+C); U. ruziziensis consorciada com Guizotia abyssinica (R+G) e U. ruziziensis consorciada com C. spectabilis e G. abyssinica (R+C+G) e duas condições de inoculação de fungo micorrízico arbuscular (FMA), com e sem inoculação, com duração de 100 dias. Simultaneamente, outras 5 repetições de cada tratamento foram estabelecidas, porém, sem o fator inoculação, além de um tratamento testemunha contendo apenas Tecnossolo, sem o pré-cultivo das plantas herbáceas. Tais tratamentos compuseram a segunda fase do estudo, em que decorridos 100 dias da germinação, as plantas herbáceas foram cortadas na altura do coleto, trituradas (5 cm) e acondicionadas sobre seus respectivos vasos. O delineamento experimento foi em blocos ao acaso, com cinco repetições sendo os tratamentos compostos pela arbórea Enterolobium contortisiliquum estabelecida sobre a cobertura das plantas herbáceas: U. ruziziensis solteira (Ruz/E); U. ruziziensis + Crotalária spectabilis (R+C/E); U. ruziziensis + Guizotia abyssinica (R+G/E), U. ruziziensis + C. spectabilis + G. abyssinica (R+C+G/E) e Tecnossolo sem plantas (Rej/E). Esta fase deu início após o estabelecimento da arbórea e teve duração de 120 dias. A inoculação com FMA não influenciou a produção de matéria seca da parte aérea e nem o acúmulo de elementos nas plantas herbáceas cultivadas no Tecnossolo. A maior diversidade de plantas herbáceas (R+C+G) mostrou-se eficiente na produção de fitomassa e na estabilização inicial do Tecnossolo, o que pode ser uma alternativa viável para o processo de reabilitação. Ainda, o acúmulo de elementos químicos foi maior no cultivo R+C+G, indicando o potencial dessas espécies na extração dos elementos químicos contidos no Tecnossolo. No término da segunda fase do estudo, observou-se que o sistema composto pela maior diversidade de plantas (R+C+G/E) favoreceu a absorção de elementos na parte aérea da arbórea E. contortisiliquum, enquanto no sistema R+C/E, a arbórea foi contrária aos índices de produção avaliados. A E. contortisiliquum mostrou-se eficiente na reabilitação do Tecnossolo por ter absorvido metais em sua parte aérea, demonstrando que esta espécie arbórea possui potencial para ser utilizada na fitoestabilização destas áreas. Ainda, no término de ambas as fases, avaliou-se os atributos físicos, químicos e bioquímicos do Tecnossolo, pode-se observar que o sistema de reabilitação compostos pela Ruz/E e R+C+G/E contribuem para a melhoria dos atributos bioquímicos do Tecnossolo, enquanto o sistema R+C/E é contrário a melhoria do desenvolvimento dos atributos físicos.
metadata.teses.dc.description.abstract: The objective of this study was to evaluate the changes in the chemical, physical and biochemical properties of the Tecnosolo formed from the tailings deposited on the banks of the Rio Doce River Basin, after the Fundão dam rupture, and to determine which proposed revegetation systems promoted the best conditions for the rehabilitation of the impacted areas. The experiment was conducted in a greenhouse using iron mining tailings collected on the banks of the Gualáxo do Norte river, two years after the Fundão dam rupture in Mariana, Minas Gerais - Brazil. The proposed revegetation systems are intended to initiate the rehabilitation process with herbaceous plants and, subsequently, the establishment of native tree. To this end, the study was divided into two phases. Initially, the treatments were distributed in a randomized block design in a 5x2 factorial scheme, with three replications. The treatments consisted of precultivation systems with intercropped herbaceous plants: Urochloa ruziziensis single (RS); U. ruziziensis intercropped with Crotalária spectabilis (R+C); U. ruziziensis intercropped with Guizotia abyssinica (R+G) and U. ruziziensis intercropped with C. spectabilis and G. abyssinica (R+C+G) and two arbuscular mycorrhizal fungus (AMF) inoculation conditions, with and without inoculation, lasting 100 days. Simultaneously, another 5 replications of each treatment were established, however, without the inoculation factor, besides a control treatment containing only technosol, without the preculture of the herbaceous plants. These treatments comprised the second phase of the study, in which 100 days after germination, the herbaceous plants were cut at the height of the collection, crushed (5 cm) and placed over their respective pots. The experimental design was a randomized block design with five replications. The treatments consisted of the tree Enterolobium contortisiliquum established on the cover of herbaceous plants: U. ruziziensis single (Ruz/E); U. ruziziensis + C. spectabilis (R+C/E); U. ruziziensis + G. abyssinica (R+G/E), U. ruziziensis + C. spectabilis + G. abyssinica (R+C+G/E) and Technosol without plants (Rej/E). This phase began after the tree was established and lasted 120 days. The inoculation with AMF did not influence the shoot dry matter production or the accumulation of elements in the herbaceous plants cultivated in Tecnosolo. The greater diversity of herbaceous plants (R+C+G) proved to be efficient in the production of phytomass and in the initial stabilization of the technosol, which may be a viable alternative for the rehabilitation process. Also, the accumulation of chemical elements was higher in R+C+G cultivation, indicating the potential of these species in the extraction of the chemical elements contained in the Tecnosolo. At the end of the second phase of the study, it was observed that the system composed by the greater plant diversity (R+C+G/E) favored the absorption of elements in the E. contortisiliquum tree shoot, while in the R+C/E and, the tree was contrary to the evaluated production indexes. The E. contortisiliquum showed to be efficient in the rehabilitation of the technosol by absorbing metals in its aerial part, demonstrating that this tree species has potential to be used in the phytostabilization of these areas. Still, at the end of both phases, it was evaluated the physical, chemical and biochemical attributes of Tecnosolo, it can be observed that the rehabilitation system composed by Ruz/E and R+C+G/E contribute to the improvement of the attributes. Technosol, while the R+C/E system is contrary to improving the development of physical attributes.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37338
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.