Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3745
Título: Sistemas agroflorestais com eucalipto, amendoim, mamona e mandioca no norte de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Agroforestry systems with eucalypt, peanut, ricinus and manihot in Minas Gerais north
Autor : Magalhães, Wagner Massote
Primeiro orientador: Macedo, Renato Luiz Grisi
Primeiro membro da banca: Venturin, Nelson
Faria, José Márcio Rocha
Área de concentração: Florestas de Produção
Palavras-chave: Silvicultura
Sistemas agroflorestais
Eucalipto
Data da publicação: 17-Set-2014
Referência: MAGALHÃES, W. M. Sistemas agroflorestais com eucalipto, amendoim, mamona e mandioca no norte de Minas Gerais. 2008. 47 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar o desempenho de um clone de eucalipto em Sistemas Agroflorestais com amendoim, mandioca e mamona em três espaçamentos de plantio. O experimento consistiu na implantação dos consórcios eucalipto + amendoim, eucalipto + mandioca, eucalipto + mamona e uma testemunha que consistiu no plantio de eucalipto sem nenhuma cultura intercalar nos seguintes espaçamentos: 10x2m; 10x3m e 10x4m. O experimento foi realizado em esquema fatorial (4x3x3), com delineamento inteiramente casualizado, com quatro consórcios, três espaçamentos e três repetições, totalizando 36 parcelas experimentais. A instalação do experimento se deu na cidade de Taiobeiras, norte de Minas Gerais, em janeiro de 2005. Foram realizadas avaliações aos 08; 13 e 21 meses de idade. Avaliou-se a sobrevivência, o DAP (diâmetro à altura do peito) e a altura total de todas as árvores. Aos 13 e 21 meses avaliou-se a área de projeção de copa, o volume individual e o volume por hectare. Aos 05 e 08 meses avaliou-se a produtividade da mamona e aos 21 meses da mandioca. Os resultados mostraram que os consórcios e os espaçamentos não influenciaram a sobrevivência do eucalipto. Considerando o DAP e o volume individual, os espaçamentos 10x3m e 10x4m sobressaíram-se. Para a altura, a influência do espaçamento não foi homogênea. A produção de madeira foi maior no espaçamento 10x2m. No espaçamento 10x4m o eucalipto solteiro apresentou o melhor desenvolvimento. O consórcio eucalipto + mamona foi o melhor no espaçamento 10x3m. Todos os consórcios apresentaram área de projeção de copa satisfatória até os 21 meses de idade, indicando a aptidão para o uso em Sistemas Agroflorestais. A produção de mandioca foi maior quando em monocultivo. Houve uma queda de aproximadamente 20% na produção da mandioca consorciada quando comparada à média da região. Para a mamona, a produção foi maior no consórcio com eucalipto plantado no espaçamento 10x3m. A produção de mamona obtida foi equivalente a 30% da média estadual.
The objective of this work was evaluate the acting of an eucalyptus clone in Agroforestry System with peanut, cassava and castor oil plant in three planting spacings. The experiment consisted of the implantation of the consortia eucalyptus + peanut, eucalyptus + cassava, eucalyptus + castor oil plant and a control with the eucalyptus planted without any crop in the following spacings: 10x2m; 10x3m and 10x4m. The experiment was accomplished in factorial (4x3x3) outline, with entirely randomized experimental design, with four consortia, three spacings and three repetitions, totaling 36 experimental plots. The installation of the experiment felt in the city of Taiobeiras, north of Minas Gerais, in January of 2005. The evaluations were accomplished to the 08; 13 and 21 months of age. It was evaluated the survival, BHP (breast height diameter) and the total height of all of the trees. To the 13 and 21 months it was evaluated the cup projection area, the individual volume and the volume per hectare. In the 05 and 08 months of age was evaluated the production of the castor oil plant. In the 21 months of age, was evaluated the cassava production. The results showed that the consortia and the spacings didn't influence the survival of the eucalyptus. Considering the BHP and the individual volume, the spacings 10x3m and 10x4m were the best. For the height, the influence of the spacing was not homogeneous. The wood production was larger in the spacing 10x2m. In the spacing 10x4m the single eucalyptus presented the best development. The consortium eucalyptus + castor oil plant was the best in the spacing 10x3m. All of the consortia presented area of projection of satisfactory cup to the 21 months of age, indicating the aptitude for the use in Agroforestry Systems. The cassava production was larger when in monocultive. There was a fall of approximately 20% in the production of the associated cassava when compared to the average of the area. For the castor oil plant, the production was larger in the consortium with eucalyptus planted in the spacing 10x3m. The castor oil plant production verified in the area was unsatisfactory, being the equivalent to 30% of the state average.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3745
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Sistemas agroflorestais com eucalipto, amendoim, mamona e mandioca no norte de Minas Gerais.pdf247,01 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.