Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37472
metadata.teses.dc.title: Seleção de clones de batata-doce para diferentes aptidões agronômicas
metadata.teses.dc.title.alternative: Selection of sweet potatoes clones for different agronomic aptitudes
metadata.teses.dc.creator: Silva, Jeferson Carlos de Oliveira
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/8058542144265158
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Andrade Júnior, Valter Carvalho de
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Oliveira, Cleiton Lourenço de
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Azevedo, Sebastião Márcio
metadata.teses.dc.subject: Ipomoea batatas
Índice de seleção
Produção
Raízes
Ramas
Melhoramento
Selection index
Yield
Roots
Branches
Breeding
metadata.teses.dc.date.issued: 31-Oct-2019
metadata.teses.dc.description.sponsorship: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
metadata.teses.dc.identifier.citation: SILVA, J. C. de O. Seleção de clones de batata-doce para diferentes aptidões agronômicas. 2019. 86 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2019.
metadata.teses.dc.description.resumo: O melhoramento genético da batata-doce (Ipomoea batatas (L.) Lam.) é baseado na seleção e recombinação de genótipos adaptados e produtivos existentes numa certa região. Adequando tecnologia e os métodos básicos de cultivo à cultura, são alcançadas altas produtividades de raízes e ramas, de acordo com suas diferentes aptidões. O objetivo deste trabalho foi identificar a aptidão agronômica de genótipos de batata-doce oriundos de sementes botânicas de progênies tradicionais do Brasil, e selecioná-los para consumo humano, produção de etanol e alimentação animal, por meio de índices de aptidão.Utilizou-se o delineamento experimental de blocos incompletos com controle de linha e coluna, usando restrição de parentesco no sorteio. Como tratamentos, foram avaliados 1604 genótipos meios-irmãos, oriundos da recombinação de 55 progênies da coleção de germoplasma da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Também foram inseridas na avaliação dois acessos (UFVJM 61 e UFVJM 58), pertencentes ao banco de germoplasma da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), sendo usados como tratamentos testemunhas. Os índices de aptidão corresponderam às médias dos valores dos treze caracteres avaliados, atribuídos pesos a cada característica, conforme a aptidão avaliada. Os dados foram transformados e padronizados para as três aptidões de interesse. Em seguida, utilizando-se o índice Zi, e levando-se em consideração o parentesco entre meios-irmãos, com 2,5% depressão de seleção, foram selecionados os genótipos mais promissores pelo modelo misto através do BLUP, em relação às características avaliadas e à aptidão de interesse. Foram identificadas nove progênies selecionáveis para programas de melhoramento às aptidões de: produção de etanol - progênies 1; 14; 18; 19; 55; 68 e 72, alimentação animal - progênies 1; 14; 18; 19; 55; 61; 68; 72e a testemunha UFVJM 58, e consumo humano - progênies 1; 14; 18; 55; 68; 72e a testemunha UFVJM 58. As progêniesque apresentaram múltiplas aptidões foram 1, 14 18, 55, 68 e 72, a progênie UFVJM 58 para dupla aptidão (alimentação animal e consumo humano),a progênie 19 com dupla aptidão (alimentação animal e produção de etanol) e a progênie 61 promissora para aptidão única (à alimentação animal). Foram identificados que 60 genótipos atendem a uma ou mais aptidões propostas, onde destes: 37 genótipos mais as duas testemunhas aptos para produção de etanol, 36 genótipos mais as duas testemunha aptos para alimentação animal e 38 genótipos mais uma testemunha (UFVJM 58) aptos para o consumo humano. Os genótipos 556; 765; 1221; 1231; 1319 e a testemunha UFVJM 61 são considerados aptos para produção de etanol e alimentação animal. Os genótipos 220; 301; 455; 736 e 1311 são considerados aptos para o consumo humano e produção de etanol. Os genótipos 49; 181; 314; 660; 663; 716; 1000; 1164; 1238; 1258 e 1538 são considerados aptos para alimentação animal e consumo humano. Os genótipos 161; 221; 225; 238; 450; 540; 655; 759; 791; 799; 1008; 1234; 1252; 1299; 1562 e a testemunha UFVJM 58 são considerados aptos para produção de etanol, alimentação animal e consumo humano. Os genótipos 11; 107; 354; 546; 574; 695; 884; 987; 1005; 1011; 1235 e 1565 apresentam aptidão única para produção de etanol. Os genótipos 290; 829; 1210; 1288 e 1436 apresentam aptidão única para alimentação animal. Os genótipos 106; 144; 404; 622; 648; 992 e 1554 apresentaram aptidão única para o consumo humano. Assim, este trabalho foi eficiente, de forma que os dados obtidos subsidiarão informações para programas de melhoramento genético. Perante a geração desta nova variabilidade, torna-se possível, estudos para lançamento de cultivares, subsídio à soberania alimentar nacional, sobretudo com importante contribuição social.
metadata.teses.dc.description.abstract: The genetic improvement of sweet potato (Ipomoea potatoes (L.) Lam.) is based on the selection and recombination of adapted and productive genotypes in a given region. By adapting technologies and basic cultivation methods to the crop, higher root and branch yields are achieved according to its different aptitudes. The objective of this study was to identify the agronomic suitability of sweet potato genotypes from botanical seeds of traditional Brazilian progenies, and to select them for human consumption, ethanol production and animal feeding through aptitude indices. For the experimental design, incomplete blocks with row and column control combined with kinship restriction in the drawing were used. A total of 1604 half-sibling genotypes were evaluated. The genotypes come from the recombination of 55 progenies from the germplasm collection of the Universidade Federal de Lavras (UFLA). Two accessions (UFVJM 61 and UFVJM 58) belonging to the germplasm bank of the Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) were also included in the evaluation as control treatments. The aptitude indices corresponded to the averages of the values of the 13 evaluated characters, in which weights were attributed to each characteristic according to the evaluated aptitude. The data was transformed and standardized for the three aptitudes of interest. The most promising genotypes were selected by the mixed model through BLUP in relation to the evaluated characteristics and the aptitude of interest, using the Zi index and taking into account the kinship between half siblings with 2.5% selection pressure. Nine selectable progenies have been identified for breeding programs: for ethanol production - progenies 1; 14; 18; 19; 55; 68 and 72, for animal feeding - progenies 1; 14; 18; 19; 55; 61; 68; 72 and the control UFVJM 58, and for human consumption - progenies 1; 14; 18; 55; 68; 72 and the control UFVJM 58. The progenies that showed multiple aptitudes were: 1, 14 18, 55, 68 and 72, UFVJM 58 progeny for double aptitude (animal and human consumption), progeny 19 with double aptitude (animal and ethanol production) and progeny 61 for unique aptitude (to animal feed). It was identified that 60 genotypes met one or more proposed aptitudes. For example, 37 genotypes plus two controls can be apt for ethanol production, 36 genotypes plus two controls are apt for animal feeding and 38 genotypes plus one control (UFVJM 58) can be apt for human consumption. The genotypes 556; 765; 1221; 1231; 1319 and control UFVJM 61 are considered apt for ethanol production and animal feeding. The genotypes 220; 301; 455; 736 and 1311 are considered apt for human consumption and ethanol production. The genotypes 49; 181; 314; 660; 663; 716; 1000; 1164; 1238; 1258 and 1538 are considered apt for animal feeding and human consumption. The genotypes 161; 221; 225; 238; 450; 540; 655; 759; 791; 799; 1008; 1234; 1252; 1299; 1562 and control UFVJM 58 are considered apt for ethanol production, animal feeding and human consumption. The genotypes 11; 107; 354; 546; 574; 695; 884; 987; 1005; 1011; 1235 and 1565 present unique suitability for ethanol production. The genotypes 290; 829; 1210; 1288 and 1436 present unique suitability for animal feeding. The genotypes 106; 144; 404; 622; 648; 992 and 1554 show unique suitability for human consumption. Thus, the results obtained in this study provide efficient information for breeding programs. Faced with the generation of this new variability, it is possible to study cultivars, subsidizing national food independence, which represents an important social contribution.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37472
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_Seleção de clones de batata-doce para diferentes aptidões agronômicas.pdf1,62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.