Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3750

Title: Integração Lavoura-Pecuária e a Qualidade Física do Solo na Região do Cerrado
Other Titles: Integrated crop-livestock and soil physical quality in Brazilian Cerrado
???metadata.dc.creator???: Maciel, Giovana Alcantara
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Ferreira, Mozart Martins
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Martha Junior, Geraldo Bueno
???metadata.dc.contributor.referee1???: Silva, Marx Leandro Naves
Oliveira, Geraldo César de
Evangelista, Antônio Ricardo
Keywords: Física do solo
Cerrados - Pastejo
Solos - Conservação
Cerrados
Grazing
Soil quality
???metadata.dc.date.submitted???: 12-Sep-2008
Issue Date: 17-Sep-2014
Citation: MACIEL, G. A. Integração lavoura-pecuária e a qualidade física do solo na região do cerrado. 2008. 72 p. Tese (Doutorado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: A física do solo exerce papel fundamental na conservação do solo e água em sistemas agropecuários. Manejos e históricos diferentes das pastagens podem causar efeitos nos atributos físicos do solo, no entanto, estudos sobre este assunto são incompletos. Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar, quantitativamente, como os atributos físicos do solo se comportam em diferentes sistemas de pastejo e como a heterogeneidade da condição do pasto devido às diferentes práticas de manejo e épocas do ano (seca e águas) afetam esses atributos. O trabalho foi realizado na área experimental da Embrapa Cerrados, Planaltina, DF, em dois módulos renovados em 2005. Um módulo foi renovado de modo indireto, com a integração lavoura-pecuária, denominado módulo ILP. No outro módulo, o capim Massai foi estabelecido pelo preparo convencional do solo (módulo convencional). Em cada época, foram coletadas amostras de forragem, diferenciadas em três níveis de altura e vigor, nas condições de pré e pós-pastejo. Imediatamente ao lado da touceira, em cada condição, amostras deformadas e indeformadas de solo foram coletadas, nas profundidades 0-5, 5-10 e 10-20 cm, procedendo-se a caracterização física do solo. Os dados foram analisados seguindo o delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial com parcela subdividida. A parcela foi composta pelo arranjo fatorial de módulos e épocas e a subparcela por profundidades. Apesar das elevadas taxas de lotação instantâneas verificou-se que, durante o período de pastejo de 68 dias na época seca (3,45 e 5,67 UA ha-1 para os módulos convencional e ILP, respectivamente) e de 28 dias nas águas (5,78 e 7,07 UA ha-1 para os módulos convencional e ILP, respectivamente), eventuais danos ocorridos aos atributos físicos do solo foram completamente recuperados. Para a época seca, observou-se que houve aumento das médias de densidade do solo (Ds), no módulo convencional, do período pré para o pós-pastejo. Do mesmo modo, constataram-se diminuição nos valores de volume total de poros (VTP), macroporosidade (MACRO), microporosidade (MICRO) e condutividade hidráulica saturada do solo (Ks), no módulo ILP. Logo após a saída dos animais, não houve diferença entre as médias de Ds nos diferentes períodos avaliados. Com relação à profundidade, houve uma redução da Ds da camada superficial para as subsuperficiais e estas últimas não diferiram entre si. Paras os atributos VTP, MACRO e Ks, constatou-se aumento da camada 0-5 cm em relação às demais, confirmando o fato de que a camada superficial é a mais afetada pelo pisoteio animal. A variação da umidade do solo exerceu efeito sobre VTP e MACRO, na época seca, que foram menores que na época chuvosa; para o diâmetro médio geométrico (DMG), nos dois módulos, não foram observadas diferenças significativas entre as profundidades. O DMG aumentou do período seco para o chuvoso. A variável Ks indicou efeito semelhante para históricos das pastagens, com maiores valores para o módulo ILP, em comparação ao módulo convencional. Os maiores valores de Ks foram observados na época das águas. De modo geral, a qualidade física do solo não foi afetada negativamente pelo pisoteio animal, durante a realização deste trabalho.
Soil physics plays a fundamental role in conserving soil and water in agricultural landscapes and is also a key parameter for accessing the sustainability of agropastoral systems. Both pasture history and management can have a significant effect on soil physical attributes, but conclusive research on this subject remains fragmentary. This work aimed to quantitatively investigate how sensitive key traditional soil physical attributes are in different grazing systems and to the inevitably heterogeneity arising from grazing management practices in two occasions, dry and rainy seasons. The field experiment was carried out at Embrapa Cerrados, Planaltina-DF, in two recent renewed pasture areas in 2005. One area was recovered in an indirect way with integrated crop-livestock system (approach ILP). In the other area, Massai grass was established by a conventional soil tillage ("conventional approach"). In each season, for pre- and post-grazing conditions, herbage was sampled, in three different levels of high and vigor. In close proximity to herbage-sampling station, in each occasion, disturbed and undisturbed soil samples were taken at 0-5 cm, 5-10 cm, and 10-20 cm depths, for the soil physical characterization. The datas were analysed following a complete random design by a factorial arrangement in a split-plot design. The plot was composited by factorial arrangement by pasture history and season and the split-plot by soil depths. In spite of the considerably high instantaneous stocking-rates was verified that during the grazing periods of around 68 days in the dry season (3,45 and 5,67 animal units.ha-1 for the conventional pastoral system and for the ILP system, respectively), and of 28 days in the rainy season (5,78 and 7,07 animal units.ha-1, for the conventional pastoral system and for the ILP system, respectively), eventual detrimental grazing impacts on soil physical parameters were fully recovered. In the dry season, the bulk density (Ds) was higher for the conventional treatment, from pre- to post-grazing conditions. In the same way, total soil pore volume (VTP), macropores (MACRO), micropores (MICRO) and hydraulic conductivity (Ks) showed lower values for the ILP treatment. After grazing, Ds was not affected by conditions grazing (pre- and pos-grazing). Regarding to depth, there was a reduction in the Ds from the 0 - 5 cm depth compared to others layers. For the attributes VTP, MACRO and Ks, confirming the surface layer is the most affected by cattle trampling. The variation of soil moisture affected the VTP and MACRO, that were lower values in the dry season. The average geometric mean diameter (DMG) was differently affected by season and conditions grazing, that showed lower values in the dry season. The variable Ks indicated similar effect to the historic pastures, with higher values for the ILP treatment, compared with the conventional area. The highest values of Ks were observed in the rainy season. Overall, the soil physical conditions, as indicated by indicators attributes, was not affected in a negative way by the cattle trampling during this research.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3750
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Integração Lavoura-Pecuária e a Qualidade Física do Solo na Região do Cerrado.pdf914.08 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback