Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3753

Título: Adubação com magnésio e potássio em bananeira ´Prata Anã´ cultivada em área irrigada com água calcária no Norte de Minas
Autor(es): Silva, Inêz Pereira da
Orientador: Carvalho, Janice Guedes de
Coorientador(es): Silva, José Tadeu Alves da
Membro da banca: Pio, Rafael
Pinho, Paulo Jorge de
Área de concentração: Fertilidade do Solo e Nutrição Mineral de Plantas
Assunto: Banana - Adubação
Plantas - Efeito dos minerais
Nutrientes
Magnésio
Potássio
Mineral nutrition
Magnesium
Potassium
Data de Defesa: 6-Ago-2010
Data de publicação: 17-Set-2014
Referência: SILVA, I. P. da. Adubação com magnésio e potássio em bananeira 'Prata Anã' cultivada em área irrigada com água calcária no Norte de Minas. 2010. 59 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: The objectives of this work were to evaluate the effects of K and Mg application on the vegetative development and yield of banana plants ´Prata anã´ irrigated with hard water and to determine Mg and K doses for maximum production of banana plant. The experiment was carried out at experimental farm of EPAMIG using a randomized complete block experimental design, with 15 treatments (3x5 factorial scheme) and three replicates. The treatments were three K doses ( 0; 800 and 1200 kg ha-1 year-1) and five Mg doses (0; 60; 120; 240 e 480 kg ha-1 year-1), using as source the potassium chloride and magnesium sulfate. Treatment effects were evaluated by measuring production parameters (bunch weight, number of fruits per cluster, number of fruits per bunch, number of bunches per cluster, central fruit weight, length and diameter and viable leaves number), vegetative development parameters (height, pseudostem circumference and days to the bunch) and foliar nutritional content. K application in the first cycle had a linear effect on bunch weight, number of fruits per cluster, number of bunches per cluster, number of fruits per bunch, fruit weight and diameter and pseudostem circumference and does not provide significant effects on production parameters in the second cycle. Soil Mg application does not provide significant effects on banana plants production. Increases in K and Mg doses showed increase in K and B foliar contents in the first cycle and Cu and Zn foliar content and banana plants height in the second cycle. Mg doses reduced quadratically N content and linearly Mg foliar content. In the first cycle, increasing K doses increased Ca content and decreased Mn content, in the second cycle, increased K content and decreased Cu, B, Fe, Ca and Mg foliar contents.
Os objetivos desse trabalho foram avaliar os efeitos da aplicação de K e Mg sobre o desenvolvimento vegetativo e produtivo da bananeira ´Prata anã´ irrigada com água calcária e determinar a dose de Mg e K para obter a máxima produção da bananeira. O experimento foi conduzido na fazenda experimental da EPAMIG. O delineamento experimental foi de blocos casualizados com 15 tratamentos e três repetições. Os tratamentos foram dispostos em arranjo fatorial (3x5), correspondendo a três doses de potássio (0; 800 e 1200 kg ha-1 ano-1) e cinco doses de magnésio (0; 60; 120; 240 e 480 kg ha-1 ano-1), aplicados na forma de cloreto de potássio e sulfato de magnésio. Os efeitos dos tratamentos foram avaliados através das medidas de parâmetros de produção (peso do cacho, número de frutos por cacho, número de frutos por penca, número de pencas por cacho, peso do fruto central, comprimento do fruto central, diâmetro do fruto central e número de folhas viáveis), parâmetros de desenvolvimento vegetativo (altura, circunferência do pseudocaule e dias para a emissão do cacho) e os teores de nutrientes foliares. A aplicação de K no primeiro ciclo teve efeito positivo de forma linear sobre peso do cacho, número de frutos por cacho, número de pencas por cacho, número de frutos por penca, peso e diâmetro do fruto e circunferência do pseudocaule e não proporcionou efeitos significativos sobre os parâmetros de produção no segundo ciclo. A aplicação de Mg no solo não proporcionou efeitos significativos sobre a produção da bananeira. O aumento das doses de K e Mg proporcionou aumento nos teores foliares de K e B no primeiro ciclo e Cu, Zn e a altura da bananeira no segundo ciclo. As doses de Mg reduziram os teores foliares de N de forma quadrática e Mg de forma linear e o aumento das doses de K no primeiro ciclo, aumentou o teor de Ca e diminuiu o teor de Mn, no segundo ciclo aumentou o teor de K e reduziu os teores de Cu, B, Fe, Ca e Mg.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3753
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Adubação com magnésio e potássio em bananeira ´Prata Anã´ cultivada em área irrigada com água calcária no Norte de Minas.pdf326,02 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback