Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37604
metadata.artigo.dc.title: Variabilidade genética de acessos de araçazeiro e goiabeira suscetíveis e resistentes a Meloidogyne enterolobii
metadata.artigo.dc.title.alternative: Genetic variability of araça and guava accessions susceptible and resistant Meloidogyne enterolobii
metadata.artigo.dc.creator: Souza, Aline das Graças
Resende, Luciane Vilela
Lima, Isabela Pereira de
Santos, Rosimar Musser dos
Chalfun, Nilton Nagib Jorge
metadata.artigo.dc.subject: Resistência de plantas a doenças
Nematoide de galha
Marcadores genéticos
Plant resistance to diseases
Root-knot nematode
Genetic markers
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
metadata.artigo.dc.date.issued: May-2014
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SOUZA, A. das G. et al. Variabilidade genética de acessos de araçazeiro e goiabeira suscetíveis e resistentes a Meloidogyne enterolobii. Ciência Rural, Santa Maria, v. 44, n. 5, p. 822-829, May 2014. DOI: 10.1590/S0103-84782014000500010.
metadata.artigo.dc.description.resumo: A goiabeira representa uma importante atividade frutícola no Brasil, com mercado cada vez maior. Porém, desde 1989 vêm sendo relatados severos danos à cultura, causados pelo nematóide Meloidogyne enterolobii. Uma das alternativas para solucionar esse problema é a utilização de porta-enxertos com resistência a este patógeno. Este trabalho teve por objetivo a caracterização molecular, com marcadores RAPD, de acessos de Psidium testados quanto à resistência a M. enterolobii e quanto à compatibilidade como porta-enxertos para as goiabeiras comerciais. Foram testados 30 primers, dos quais 19 forneceram resultados nítidos para a amplificação. Foram gerados 163 fragmentos, dos quais 86 polimórficos (63,0%). Em média, cada iniciador produziu 8,6 fragmentos, dos quais 5,4 apresentaram polimorfismo. A análise de agrupamento foi realizada por espécie, os acessos de Psidium sp apresentaram a formação de dois grupos, um formado pelo acesso A-UFLA e o segundo subdividido em quatro subgrupos, sendo os acessos com maiores distâncias genéticas A-Ufla, resistente a M. enterolobii, A-Ufla4 e A-Ufla5, ambos suscetíveis ao nematoide em questão, todos coletados em Lavras-MG, com similaridade aproximada de 66%. Na análise de agrupamento, dos treze acessos de P.cattleyanum, foi possível constatar a formação de dois grandes grupos. Um formado por três acessos suscetíveis a M. enterolobii (A-20.2, A-10.1 e A-9.2) e outro grupo formado por dez acessos. Os acessos se agruparam, conforme a região de origem, em seis grupos, sendo que o mais divergente é originário da região de Lavras - MG, com 0,65 de similaridade, onde as distâncias genéticas variaram de 0,88 a 0,65. Dos treze acessos de P. guineense, todos suscetíveis a M. enterolobii, sendo 12 oriundos de Recife e um de Pelotas (A-14.1) e agruparam-se em dois grupos com similaridades variando de 0,59 a 0,83. Quanto ao estudo de diversidade entre os acessos de goiabeiras, a maior distância genética foi detectada entre o acesso G-Ufla com 0,71 Lavras-MG.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Guava culture stands for an important fruit-growing business in Brazil, with a greater and greater market. But, since 1989 severe damages to the culture caused by the nematode Meloidogyne enterolobii, have been reported. One the alternatives to solve this problem is the use of rootstocks with resistance to this nematode. This research aimed at the molecular characterization, with RAPD markers, of Psidium accessions susceptible to be utilized as rootstocks for the commercial guava trees. 30 primers were tested, from which 19 supplied distinct results for the amplification. The primers generated 163 polymorphic marks, resulting into a mean of 8,6 polymorphic bands per primer. The cluster analysis was performed per species, the accessions of Psidium sp presented the formation of two groups, one formed by A-UFLA accession and the other subdivided into four subgroups, that is, the accession with increased genetic distances, A-Ufla, resistant to M. enterolobii, A-Ufla4 and A-Ufla5, both susceptible to the nematode in issue, all collected in Lavras-MG with a similarity of about 66%. In the cluster analysis of the thirteen accessions of P.cattleyanum, it was possible to found the formation of two great groups. One made up by three accessions susceptible to M. enterolobii (A-20.2, A-10.1 and A-9.2) and the other group formed by ten accessions. The accessions grouped together according to the region of origin in six groups, the most divergent being that native to region of Lavras - MG, with 0.65 of similarity, where the genetic distances ranged from 0.88 to 0.65. The thirteen accessions of P. guineense, all susceptible to M. enterolobii, namely, 12 coming from Recife and one proceeding from Pelotas (A-14.1), grouped themselves together and two groups with similarity ranging from 0.59 to 0.83. As to the diversity study among the guava tree accessions, the greatest genetic distances were detected between the accessions G.P.S and G-Ufla with 0,71 Lavras-MG.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/37604
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAG - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons