Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3766

Title: Dinâmica de crescimento de eucalipto clonal sob diferentes espaçamentos, na região noroeste do estado de Minas Gerais
Other Titles: Growth dynamics of clonal eucalyptus under different spacings in the northwestern region of Minas Gerais state
???metadata.dc.creator???: Morais, Verlândia de Medeiros
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Macedo, Renato Luiz Grisi
???metadata.dc.contributor.referee1???: Venturin, Nelson
Borém, Rosangela Alves Tristão
???metadata.dc.description.concentration???: Manejo Ambiental
Keywords: Dinâmica de crescimento
Espaçamento
Eucalipto
Sobrevivência
???metadata.dc.date.submitted???: 13-Nov-2006
Issue Date: 18-Sep-2014
Citation: MORAIS, V. de M. Dinâmica de crescimento de eucalipto clonal sob diferentes espaçamentos, na região noroeste do estado de Minas Gerais. 2006. 63 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo deste trabalho foi analisar a dinâmica de crescimento de um clone de eucalipto implantado sob vários espaçamentos na região noroeste do estado de Minas Gerais. A finalidade foi de oferecer subsídios para melhor seleção de espaçamentos, em locais onde ocorrem deficiências nutricionais e hídricas, visando uma maior produtividade. O presente estudo foi conduzido em uma área experimental na Fazenda Riacho, pertencente à Companhia Mineira de Metais (CMM-AGRO), do Grupo Votorantim, no município de Paracatu, no noroeste de Minas Gerais. O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas no tempo, com cinco repetições. Nas parcelas estudou-se o efeito de cinco espaçamentos de plantio (3x2m; 6x2m; 6x3m; 6x4m e 12x2,5m). Os tratamentos das subparcelas corresponderam a sete épocas de avaliação (12, 24, 36, 48, 60, 72 e 84 meses após o plantio). As parcelas tinham tamanho de 756 m2, 720 m2, 720 m2, 720 m2 e 1.260 m2, respectivamente em relação aos espaçamentos, e áreas úteis de aproximadamente 300 m2. Anualmente a partir de 1999 avaliou-se: a Sobrevivência (S%), o diâmetro na altura do peito (DAP), a altura total da planta (HT), e calcularam-se volume por árvore e por hectare, e incrementos médio e corrente anual de volume por hectare.Os resultados obtidos foram submetidos à análise de variância, e, para os efeitos significativos de tratamentos, aplicaram-se às médias ao teste de Scott-Knott, a 5% de probabilidade. Foram aplicados modelos de regressão, no desdobramento de anos dentro de arranjos estruturais para as variáveis DAP e volume por hectare. Determinaram-se as curvas de projeções do incremento médio anual (IMA) e incremento corrente anual (ICA).A analise dos resultados obtidos permitiu as seguintes conclusões: em todos os espaçamentos estudados a taxa de sobrevivência foi superior a 88,00%, demonstrando que o clone 7 apresentou potencial de estabelecimento e de adaptação às condições climáticas da região; de modo geral, ao longo do período experimental, a altura das árvores apresentou pouca variação entre os espaçamentos estudados, com maiores valores nos espaçamentos com áreas úteis iguais ou superiores a 18m2; a partir dos 48 meses se estabeleceu um gradiente de valores para DAP e volume/planta, em função da área útil disponível, quanto maior a área útil por planta maior o DAP e Volume/planta; aos 84 meses, a taxa de crescimento volume/ha) do clone 7, decresceu com o aumento do espaçamento de plantio e a área basal por hectare cresceu com a redução do espaçamento. Para a produção de biomassa florestal podem-se recomendar espaçamentos com uma área útil de até 12m2/árvore. Povoamentos com área útil igual ou superior a 18 m2/planta poderão ser conduzidos para a produção de madeira serrada. A analise das curvas de projeção de crescimento mostraram-se eficientes como indicadores das épocas mais favoráveis para a realização das rotações silviculturais ou das práticas de desbaste.
The objective of this work was to study the growth dynamics of a eucalyptus clone established under several spacings in the northwestern region of Minas Gerais state. With the goal of offering subsides to a better selection of spacings in places where water shortage and nutrient deficiencies occur, aiming at higher yield. The present study was conducted in an experimental area on the Riacho Farm, belonging to Companhia Mineira de Metais (CMM-AGRO), of Grupo Votorantim, situated in the town of Paracatu, in the northwestern region of Minas Gerais State. The design utilized was that in randomized blocks in split plot scheme in time, with five replicates. In the plots, the effect of five planting spacings was studied (3x2m; 6x2m; 6x3m; 6x4m and 12x2,5m). The treatments of the subplots corresponded to seven evaluation times (12, 24, 36, 48, 60, 72 and 84 months post-planting). The plots were 756 m 2 , 720 m 2 , 720 m 2 , 720 m 2 and 1260 m 2 in size, respectively relative to the spacings, and useful areas of about 300 m 2 . Yearly, from 1999, the Survival (S%), Breast Height Diameter (BHD), Plant Total Height (HT) were evaluated and volume per tree and per hectare and average and annual current increases of volume per hectare were calculated. The results obtained were submitted to the analysis of variance and for the significant effects of treatments, the means were applied to Scott-Knott test, at 5 % of probability. Regression models were applied to the unfolding of years within structural arrangements for the DAP variables and volume per hectare. The curves of projections of the Annual Mean increment (IMA) and Annual Current Increment (ICA) were determined. The analysis of the results obtained allowed the following conclusions. In all the spacings studied, the survival rate was superior to 88.00%, showing that clone 7 presented potential of establishment and adaptation to the climatic conditions of the region; in general, along the experimental period, trees’ height showed little variation among the spacings studied, with higher values in the spacings with useful areas equal or superior to 18m 2 ; from 48 months, a gradient of values was established for BHD and Volume/plant as related to the available useful area, the larger the useful area per plant, greater the BHD and Volume/plant; at 84 months the growth area (Volume/ha) of clone 7, decreased with the increase of planting spacing and the basal area per hectare grew with the reduction of spacing; for forest biomass yield, spacings with a useful area of up to 12m 2 /tree, stands with a useful area equal or superior to 18 m 2 /plant will be able to be conducted for lumber production; the analysis of the growth projection curves, prove effective as indicators of times most favorable to the accomplishment of the silvicultural rotations or thinning practices.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3766
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Dinâmica de crescimento de eucalipto clonal sob diferentes espaçamentos, na região noroeste do estado de Minas Gerais.pdf351.57 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback