Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/382
Título: Relação entre o uso dos programas de apoio à exportação, as capacidades organizacionais e o desempenho exportador de PME’s mineiras
Autor : Alcântara, Juciara Nunes de
Primeiro orientador: Calegario, Cristina Lelis Leal
Primeiro membro da banca: Carneiro, Jorge Manuel
Melo, Francisval Carvalho de
Rosa, Heloísa Carvalho
Área de concentração: Gestão de Negócios, Economia e Mercados
Palavras-chave: Programas de apoio à exportação
Desempenho exportador
Capacidades organizacionais
Visão baseada em recursos
Programas governamentais de apoio à exportação
Pequenas e médias empresas exportadoras
Minas Gerais
Export support programs
Resource based vision
Export performance
Organizational capabilities
Data da publicação: 2012
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES
Referência: ALCÂNTARA, J. N. de. Relação entre o uso dos programas de apoio à exportação, as capacidades organizacionais e o desempenho exportador de PME’s mineiras. 2012. 188 p. Dissertação (Mestrado em Gestão de Negócios, Economia e Mercado)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: Objetivou-se com esta pesquisa verificar quais são os efeitos moderados da utilização de programas de apoio à exportação juntamente com as capacidades organizacionais sobre o desempenho exportador de pequenas e médias empresas exportadoras mineiras. A amostra foi constituída por 45 PME’s mineiras exportadoras do estado de Minas Gerais. A natureza do estudo é quantitativa e os dados foram coletados por meio de um questionário semi-estruturado. As técnicas estatísticas utilizadas para atender aos objetivos propostos foram das estatísticas descritivas, a distribuição de frequência, tabulação cruzada, análise fatorial, regressão logística e regressão hierárquica. Os resultados demonstram que as capacidades organizacionais das empresas da amostra apresentam as dimensões produtivas, inovativas e gerencial, sendo que a gerencial apresentou maior peso. Os fatores internos que favorecem a utilização de programas são a inovação, a escolaridade do gestor e formação dos funcionários. Analisando os dados obtidos na regressão hierárquica, verificou-se que a adequação da produção, a aquisição de máquinas, na capacidade produtiva, as parcerias e a participação de feiras internacionais, da capacidade inovativa, e o comprometimento na capacidade gerencial influenciam positivamente o desempenho exportador. O programa de apoio à exportação não apresentou influências isoladas sobre o desempenho, devendo ser incorporado pela empresa para que surta efeito sobre o sucesso exportador. Verificou-se que o programa juntamente apresentou maior efeito sobre o desempenho exportador juntamente com as variáveis gerenciais, experiência e percepção de mercado do gestor; e com as variáveis produtivas, adequação dos produtos aos padrões internacionais. O programa não surtiu efeito sobre o desempenho exportador quando interagido com as variáveis inovativas das empresas. Os resultados deste trabalho são relevantes, pois mostram como as empresas conseguiram absorver os recursos oferecidos pelo governo.
This research aimed at verifying the moderate effects of the use of export support programs along with organizational capabilities on export performance of small and medium export companies. The sample consisted of 45 export SME’s from the State of Minas Gerais. The nature of this study is quantitative and the data were collected by means of a semi-structured questionnaire. The statistical techniques used to meet the proposed objectives were descriptive statistic, frequency distribution, cross tabulation, factorial analysis and logistic and hierarchy regressions. The results demonstrate that the organizational capabilities of the sample companies presented productive, innovative and managerial dimensions, with the managerial having more weight. The internal factors that favor the program’s use are innovation, manager schooling and employers’ formation. Analyzing the data obtained in the hierarchy regression, it was verified that production adequacy, machine acquisition, production capacity, partnerships and participation in international trade fairs. Innovative capacity, and the commitment in managerial capacity positively influence export performance. The export support program did not present isolate influences on the performance, and must be incorporated by the company to have an effect on the success of export. The program presented larger effect on export performance along with managerial variables, experience and the manager’s market perception; and with the productive variables, product adequacy to international patterns. The program did not have effect over export performance when interacted with the company’s innovative variables. This work’s results were relevant for they show how the companies absorbed the resources offered by the government.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Administração, área de concentração em Gestão de Negócios, Economia e Mercado, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/382
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.