Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3820

Title: Condicionamento de sementes de Solanum lycocarpum St. Hil e o desenvolvimento de mudas na fase inicial
Other Titles: Priming in seeds of S. lycocarpum and the de development os seedlings at the inicial phase
???metadata.dc.creator???: Anese, Simoni
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Silva, Edvaldo Aparecido Amaral da
???metadata.dc.contributor.referee1???: Guimarães, Renato
Davide, Antonio Cláudio
???metadata.dc.description.concentration???: Ciências Florestais
Keywords: Lobeira
Dormência
Hidrocondicionamento
Germinação
???metadata.dc.date.submitted???: 26-Feb-2009
Issue Date: 22-Sep-2014
Citation: ANESE, S. Condicionamento de sementes de Solanum lycocarpum St. Hil e o desenvolvimento de mudas na fase inicial. 2009. 88 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: S. lycocarpum é uma Solanaceae, conhecida popularmente como lobeira, fruta-de-lobo ou jurubeba, amplamente distribuída em todo o Cerrado do Brasil central. É colonizadora de áreas degradadas pelo homem e de pastagens, apresentando potencial para ser utilizada em programas de recuperação de áreas alteradas. No entanto, apresenta dormência devido à restrição imposta pelo endosperma micropliar à protrusão da radícula, o que leva a uma germinação lenta e desuniforme. Este trabalho foi realizado com o principal objetivo de estudar a eficiência da técnica de priming sobre o desempenho germinativo das sementes de S. lycocarpum e determinar as alterações fisiológicas que ocorrem no embrião e no endosperma micropilar, durante o tratamento. Posteriormente, avaliou-se o efeito do priming na qualidade de plantas jovens produzidas em diferentes tamanhos de recipientes, em condições de viveiro. Os resultados mostraram que o hidrocondicionamento em água destilada por um período de 15 dias, em baixa temperatura, promove efeitos benéficos sobre o índice de velocidade de germinação e redução do tempo necessário para a ocorrência de 50% de germinaçao das sementes de S. lycocarpum. No entanto, quando osmocondicionadas em soluções de baixo potencial hídrico e em temperaturas mais elevadas, essas respostas não foram evidenciadas. Semente de S. lycocarpum desenvolveram atividade de endo-ß-mananase durante o hidrocondicionamento que coincidiu com a queda da força de ruptura do endosperma micropilar. Houve aumento do peso fresco do embrião somente após o condicionamento. Sugere-se que o efeito do hidrocondicionamento seja no enfraquecimento do endosperma que, aliado ao aumento da força de compressão do embrião, após hidrocondicionamento, determinou a superação da dormência imposta pelo endosperma. No viveiro, até 90 dias após a semeadura, a qualidade das plantas jovens foi beneficada pelo hidrocondicionamento das sementes, com incrementos em emergência, altura, diâmetro e massa da matéria seca das plantas. As dimensões dos recipientes influenciaram o desenvolvimento inicial das plantas jovens, sendo o melhor desempenho observado em plantas produzidas em tubete com capacidade de 180 mL.
S. lycocarpum is a Solanaceae widely distributed in the central Brazilian savanna, whose capacity of colonization of degraded areas indicates its great potential on reforestation projects. However, its seeds present dormancy due to endosperm mycropilar restriction to radicle protrusion, leading to a slow and non-uniform germination. This study aimed to evaluate the efficiency of priming technique on S. lycocarpum seed germination and to investigate the physiological alterations caused, during the treatment, in the embryo and endosperm mycropilar. Subsequently, it was evaluated the priming effect on the quality of seedling developed in different sizes of containers, under nursery conditions. Based on the results, it was verified that the imbibition of S. lycocarpum seeds in distilled water for fifteen days, in low temperature, improves the germination velocity index and reduces the time to 50% of final germination. Nevertheless, when the seeds were conditioned in low water potential solutions and higher temperatures, those answers were not observed. S. lycocarpum seeds presented endo-ß-mannanase activity during hydropriming, which was related with the decrease in the rupture force of the endosperm mycropilar. There was an increase of fresh weight of the embryo only after de the conditioning. It´s suggested that the hydropriming affects the weakening of the endosperm mycropilar which, with the increase of the compressive force of the embryo after the conditioning, determined the break of physiological dormancy caused by the endosperm. The hydropriming improved the quality of seedling at the nursery, 90 days after the sowing, increasing the emergency, height, stem diameter and mass of dry matter of the plants. The sizes of containers affected the initial development of seedling, so that the best performance was observed when plants developed in 180 mL plastic tubes.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3820
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Condicionamento de sementes de Solanum lycocarpum St. Hil e o desenvolvimento de mudas na fase inicial.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback