Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3821

Title: Transformações na paisagem decorrentes da construção da Usina Hidrelétrica do Funil - UHE-Funil e o impacto no município de Ijaci, MG
Other Titles: Landscape transformation due to the building of Funil hydroelectric power station – UHE-Funil and the impact of its building on the town of Ijaci, MG
???metadata.dc.creator???: Coelho, Silverio José
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pereira, José Aldo Alves
???metadata.dc.contributor.referee1???: Rocha, Yuri Tavares
Lemos Filho, José Pires de
Rezende, José Luiz Pereira
Vilela, Elizabeth Ferreira
???metadata.dc.description.concentration???: Manejo Ambiental
Keywords: Hidrelétrica
Meio ambiente
Paisagem
Legislação
Geoprocessamento
Plano diretor
Análise da paisagem
???metadata.dc.date.submitted???: 29-Sep-2008
Issue Date: 22-Sep-2014
Citation: COELHO, S. J. Transformações na paisagem decorrentes da construção da Usina Hidrelétrica do Funil - UHE-Funil e o impacto no município de Ijaci, MG. 2008. 172 p. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: A construção de uma hidrelétrica provoca transformações na paisagem regional, num processo contrário ao movimento milenar de sua formação, com impactos negativos para a fauna e flora. A implantação é definida por pré-requisitos, como disponibilidade de água, topografia e fatores geológicos, sem um estudo integral da paisagem que aponte alternativas para a preservação dos recursos naturais. A Usina Hidrelétrica do Funil, UHE FUNIL, com potência instalada de 180 MW, foi construída no alto do rio Grande, entre os municípios de Lavras e Perdões, MG, sendo Ijaci o município mais atingido. A formação do lago e o início de funcionamento da hidrelétrica estabeleceram nova paisagem e novo perfil sócio-econômico no entorno. Planos e projetos foram elaborados com o objetivo de mitigar os impactos ambientais. No caso da UHE FUNIL, o plano de conservação e uso do entorno se baseou na leitura da paisagem e das fragilidades ambientais, considerando as grandes estruturas ali existentes. Objetivou-se com esta pesquisa: analisar os documentos do EIA-RIMA para perceber como a paisagem foi considerada no processo; identificar perdas e interferências ambientais em Ijaci-MG, decorrentes de seu Plano Diretor, e avaliar visualmente a paisagem no entorno do lago da UHE-Funil, nesse município, para detectar cenários paisagísticos e impactos ambientais. Os resultados conduziram a uma análise temporal da transformação da paisagem na região, identificando, porém, falta de sincronia entre etapas de estudo e fases de construção da usina; há equívocos na interpretação de leis ambientais no Plano Diretor, tornando-o mais permissivo que a Legislação Estadual, e a metodologia utilizada para a análise visual da paisagem foi eficiente para detectar cenários paisagísticos e impactos ambientais localizados e não detectados por imagens georreferenciadas.
The building of a hydroelectric power station causes transformations in the regional landscape, in a process contrary to the long-standing movement of its formation, with negative impacts to both the fauna and flora. The establishment is defined by pre-requirements as water availability, topography and geological factors, without an integral landscape study which points out alternatives to the preservation of natural resources. The Funil Hydroelectric Power Station, UHE FUNI, with a power installed of 180 MW, was built on the upper part of the Rio Grande (Grande River), between the towns of Lavras and Perdões, in the State of Minas Gerais, Brazil, Ijaci being the most affected town. The lake´s formation and the beginning of the hydroelectric power´s operation established a new landscape and new socioeconomic profile in the region. Both plans and projects were designed with the objective of mitigating the environmental impacts. In the case of the UHE FUNIL, the conservation plan and use of the surroundings was based on the reading so the landscape and environmental fragilities from the large structures existent there. The objectives of this research work were: to investigate the EIA-RIMA documents to realize how the landscape was considered in the process; to identify environmental interferences and losses at Ijaci-Mg due to its directive plan and to evaluate visually the landscape in the surroundings of the UHE-Funil lake in that town, to detect landscape scenarios and environmental impacts. The results led to a temporary analysis of the landscape transformation in the area, identifying, however, a lack of timing between study stages and phases of hydroelectric power building; there are some misunderstandings in the interpretation of environmental laws in the directive plan, making it more permissive than the State Legislation and the methodology used for the landscape visual analysis was efficient to detect both landscape scenarios and environmental impacts and not detected by georeferenced images.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3821
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Transformações na paisagem decorrentes da construção da Usina Hidrelétrica do Funil - UHE-Funil e o impacto no município de Ijaci, MG.pdf21.14 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback