Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3840

Título: Interferência de palhadas de sorgo, capim braquiária e milheto sobre cultura do milho e plantas daninhas
Título Alternativo: Interference of sorghum, braquiaria and pearl millet cover crops on maize and weeds
Autor(es): Noce, Marco Aurélio
Orientador: Souza, Itamar Ferreira de
Coorientador(es): Karam, Décio
Membro da banca: Von Pinho, Renzo Garcia
Alcântara, Elifas Nunes de
Área de concentração: Fitotecnia
Assunto: Cobertura morta
Gramíneas forrageiras
Plantas daninhas
Composição florística
Índices fitossociológicos
Data de Defesa: 4-Mar-2008
Data de publicação: 22-Set-2014
Referência: NOCE, M. A. Interferência de palhadas de sorgo, capim braquiária e milheto sobre a cultura do milho e plantas daninhas. 2008. 38 p. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: Este trabalho objetivou avaliar o efeito da palhada de gramíneas forrageiras sobre o milho, híbrido simples BRS 1001, plantado em sucessão e na supressão da infestação de plantas daninhas, bem como na composição florística da comunidade de espécies infestantes incidentes sob cada cobertura. Os tratamentos foram constituídos pela combinação de três plantas de cobertura de solo: capim braquiarão (Brachiaria brizantha); milheto (Pennisetum glaucum) e sorgo tipo corte/ pastejo cultivar BRS 800 (Híbrido interespecífico Sorghum bicolor x Sorghum sudanens), sofrendo ou não um corte após 60 dias de implantação dos tratamentos nas parcelas. Alem destes, manteve-se um tratamento sem o plantio de espécies de cobertura, denominado pousio. O experimento foi conduzido no campo experimental da Embrapa Milho e Sorgo, localizado em Sete Lagoas MG, no período de março de 2006 a fevereiro de 2007. A cobertura de capim braquiária interferiu negativamente no stand inicial da cultura, mas tal resultado não se repetiu na análise do stand final, quando não houve diferença entre os tratamentos. Também a altura de plantas e de espigas foi reduzida pela braquiária. O diâmetro de colmo das plantas de milho submetidas à cobertura de milheto foi inferior. Não houve diferença significativa entre as coberturas para os demais parâmetros avaliados no que se refere a características agronômicas e dados de produtividade do milho (número de espigas, peso de espigas e peso de grãos), nem destas com relação ao pousio. Também não houve efeito significativo do corte sobre nenhuma das características agronômicas analisadas, nem para os dados de produção do milho. Nas três espécies de cobertura os percentuais de redução na infestação de plantas daninhas em relação à testemunha sem palha (pousio) foram altos. O efeito do corte não foi significativo para a supressão de plantas daninhas. Para o volume de palhada foi observado efeito significativo apenas para as espécies. O efeito do corte na cobertura não foi significativo e nem suas interações com as espécies e no tempo. O volume de palhada produzido pelo capim braquiária foi superior aos produzidos pelo sorgo e pelo milheto. As principais espécies encontradas, aproximadamente 90 % de toda a comunidade de infestantes, foram Leonotis nepetifolia, Digitaria horizontalis, Richardia brasiliensis, Amaranthus retroflexus, Cyperus rotundus e Ageratum conyzoides. Os parâmetros fitossociológicos calculados através dos dados coletados mostram que a composição específica e as densidades populacionais das comunidades infestantes foram influenciadas pelo tipo de cobertura morta. A diversidade de espécies em coberturas de sorgo e milheto não diferiu com relação ao pousio, mas as populações de indivíduos para a maioria das espécies foram superiores no pousio. No tratamento com braquiária observou-se menor número de espécies infestantes, bem como valores inferiores de densidade e abundância das espécies presentes.
This work aimed to evaluate the effect of forage grass cover crops on corn (Zea mays), weed infestation and floristic weed composition. The treatments were three cover crops: Braquiaria (Brachiaria brizantha); pearl millet (Pennisetum glaucum) and inter specific sorghum hybrid BRS 800 (Sorghum bicolor x Sorghum sudanens) submitted to one cut 60 days after planting and not submitted to cutting. A fallow land was used as check. The experiment was conducted at Embrapa Milho e Sorgo Research Center, Sete Lagoas, MG, Brazil from March 2006 to February 2007. Braquiaria reduced the corn initial stand but there was not significant difference in the final stand. Plant and ear height were significantly different among treatments. Corn stalk diameter under pearl millet was lower than under other cover crops. There were no significant differences among treatments related to corn agronomic characteristics and grain yield. The cutting did not affect the corn agronomic characteristics and grain yield. No differences were verified between the treatment means and the fallow land. The reduction of weed infestation by the cover crops was relevant. Braquiaria mulch reduced the weed infestation more than the other cover crop mulches at 30 DAP, however at 60 DAP it did not differ from pearl milett. The cutting did not show any significant differences in the weed suppression. Straw volume had significant difference among species. The cutting in the cover crops was not significant. The braquiaria mulch volume was superior to those produced by sorghum and pearl milett. The main species observed, representing about 90 % of all weed community, were Leonotis nepetifolia, Digitaria horizontalis, Richardia brasiliensis, Amaranthus retroflexus, Cyperus rotundus and Ageratum conyzoides. The phytosociological parameters showed that the specific composition and weed population densities were affected by the especies of the cover crops. No differences were verified between sorghum and millet means and the fallow land on species diversity, but the populations of the majority of the species were higher in the fallow land. Smaller number of infestant species was observed in the treatment with braquiaria, as well as inferior values of density and abundance of the present species.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3840
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Interferência de palhadas de sorgo, capim braquiária e milheto sobre cultura do milho e plantas daninhas.pdf137,86 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback