Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3852
Título: Número de clones por família, seleção clonal e seleção de famílias em programas de melhoramento de batata
Título(s) alternativo(s): Number of clones per family and clonal versus family selection in potato breeding programs
Autor : Diniz, Maria Cristina Duarte Rios
Primeiro orientador: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Primeiro membro da banca: Ferreira, Daniel Furtado
Oliveira, Antônio Carlos de
Barbosa, Márcio Henrique Pereira
Souza, João Cândido de
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Palavras-chave: Batata
Melhoramento genético vegetal
Tamanho de família
Parâmetro genético
Seleção
Clone
Potato
Plant breeding
Genetics parameters
Family size selection
Clones
Data da publicação: 22-Set-2014
Referência: DINIZ, M. C. Duarte Rios; PINTO, César Augusto Brasil Pereira. Número de clones por família, seleção clonal e seleção de famílias em programas de melhoramento de batata. 2002. 123 p. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2002.
Resumo: Os programas de melhoramento da batata (Solanum tuberosum L.) têm como objetivo produzir clones superiores que resultam de cruzamentos entre pares de diferentes genitores. Visando à obtenção desses clones superiores, são realizados, normalmente, experimentos que avaliam um número excessivo de clones, mas não avaliam as famílias. Em conseqüência da escassez de informações sobre dimensionamento de famílias, objetivou-se com este trabalho determinar tamanhos adequados de famílias para a avaliação das mesmas nesses programas, considerando-se as estimativas de parâmetros genéticos, e comparar a seleção entre famílias e a seleção de clones, verificando-se a viabilidade desses tipos de seleção. Para isso, foram utilizadas 25 famílias clonais representando uma ampla gama de materiais genéticos, pertencentes ao Programa de Melhoramento Genético da Batata da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Utilizou-se o delineamento látice triplo 5 x 5. Cada parcela foi composta por 30 clones distribuídos em 3 linhas de 10 plantas cada uma. Foram avaliados os seguintes caracteres: produção de tubérculos por planta, porcentagem de tubérculos graúdos, peso médio de tubérculos graúdos, peso médio de tubérculos médios e peso específico de tubérculos. Dessa forma, pode-se concluir que as estimativas dos coeficientes de variação experimental (CVe), coeficientes de variação genética (CVg), herdabilidade e relação CVg/CVe estabilizaram-se a partir de dois clones por parcela significando que a representatividade das famílias pode ser feita com um número pequeno de clones; pelo método da curvatura máxima, as famílias poderiam ser representadas por aproximadamente 36 clones por família; a variância genética dentro de famílias foi maior que a variância genética entre famílias, para todos os caracteres, indicando um potencial favorável à seleção dentro de famílias; a correlação das médias das famílias com os 5%, 10%, 15% e 20% melhores clones de cada família, considerando-se as cinco características avaliadas, foi sempre crescente, significando que as melhores famílias possuem, de modo geral, os melhores clones.
Potato (Solanum tuberosum L.) breeding programs have the objective of producing superior clones from biparental crosses among many different cultivars. Aiming to get these superior clones breeders evaluate great numbers of clones without giving any attention to the families they came from. Simmonds (1996) suggested that breeders can choose between select clones from the whole population or first select the most promising families and then select the best clones within these selected families. Due to little information available on these matters this study aimed at studying the number of clones needed to represent a family, taking into account genetic and experimental parameters and to check if family selection has any advantage related to clonal selection. Twenty-five families derived from a great range of crosses and belonging to the Potato Breeding Program of Universidade Federal de Lavras (UFLA) were evaluated in a 5 x 5 triple lattice design. Plots had 30 clones from each family, distributed in 3 rows of 10 different clones. Traits evaluated were: tuber yield per plant, percentage of large tubers, average weight of large tubers, average weight of medium sized tubers, and tuber specific gravity. The following conclusions could be made: estimates of environmental coefficient of variation (CVe), genetic coefficient of variation (CVg), heritability and CVg/CVe were maintained constant above 2 clones per plot, showing that families representativeness could be accomplished by as few as 6 different clones. Using the maximal curvature method we were able to establish that 36 clones is enough to represent a family. Genetic variances within families were always higher than between families, showing the great potential to select within-families in breeding programs. The correlation coefficients between family means and the 5%, 10%, 15% and 20% best clones within each family were always increasing, showing that within the best families are the best clones.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3852
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.