Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/38718
metadata.artigo.dc.title: Estratificação, ambientes e giberelina na antecipação da enxertia do pessegueiro ‘Okinawa’
metadata.artigo.dc.title.alternative: Stratification, environmental conditions and giberelin in anticipating the grafting point in peach tree ‘Okinawa’
metadata.artigo.dc.creator: Reis, Janaine Myrna Rodrigues
Chalfun, Nilton Nagib Jorge
Reis, Marcelo de Almeida
metadata.artigo.dc.subject: Propagação
Mudas
Prunus persica (L.) Batsch
Porta-enxerto
Propagation
Seedlings
Rootstocks
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
metadata.artigo.dc.date.issued: Aug-2010
metadata.artigo.dc.identifier.citation: REIS, J. M. R.; CHALFUN, N. N. J.; REIS, M. de A. Estratificação, ambientes e giberelina na antecipação da enxertia do pessegueiro 'Okinawa'. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 26, n. 4, p. 591-601, July/Aug. 2010.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Este estudo foi conduzido no Pomar da Universidade Federal de Lavras (UFLA), e objetivou verificar a possibilidade de antecipação do ponto de enxertia de porta-enxertos de pessegueiro ‘Okinawa’, submetidos à diferentes períodos de estratificação de caroços (0, 30, 60 e 90 dias) em refrigerador 5oC, ausência e presença de giberelina (500 mg L-1 GA3 por 24h) e três condições de ambientes (casa-de-vegetação, telado e céu aberto). Após cada período deestratificação, os caroços foram quebrados para extração das amêndoas que foram semeadas em bandejas e posteriormente repicadas para sacolas plásticas e mantidas nos três ambientes. O delineamento foi inteiramente casualizado, fatorial 4x2x3, 4 repetições e 14 amêndoas por parcela. Características avaliadas: porcentagem de emergência total das sementes, intervalo entre a primeira e última emergência de plântulas, tempo médio para atingir os pontos de repicagem e enxertia. Concluiu-se que caroços de ‘Okinawa’ necessitam no mínimo de 60 dias de estratificação a frio úmido, para superação da dormência fisiológica; o menor intervalo de emergência das plântulas foi obtido com 60 dias de estratificação dentro da casa de vegetação e aumentando-se o período de estratificação para 90 dias, consegue-se diminuir o tempo para atingir os pontos de repicagem e enxertia. O uso de giberelina para a superação de dormência de sementes de pessegueiro ‘Okinawa’ não substituiu a estratificação, não interferindo na antecipação do ponto ideal de enxertia dos porta-enxertos.
metadata.artigo.dc.description.abstract: This study was carried out in the Orchard of the Federal University of Lavras (UFLA) to verify the possibility of anticipation of the grafting point of rootstocks of peach tree ‘Okinawa’, when submitted to different stone- stratification periods (0, 30, 60 and 90 days) in refrigerator 5oC, absence and presence of gibberellin (500 mg L-1 of GA3/24h) and in three environmental conditions (greenhouse, mesh and open sky). After each stratification period, the stones were broken to remove the nuts, which were sown in foam trays and afterwards transplanted to plastic bags, which were maintained in the three environmental conditions. The experimental design was completely randomized factorial 4x2x3, four replicates and 14 nuts per plot. Characteristics evaluated: percentage of total emergence of the seeds, interval between the first and last emergence of seeds, average time to reach transplanting and grafting point. Follows that stones of peach tree ‘Okinawa’ need a minimum period of 60 day of stratification in damp cold for physiological dormancy of seeds to be overcome; the shortest emergency interval of seeds was obtained at 60 days of stratification and in the greenhouse and by increasing stratification period for 90 days, one manages to decrease the time for plants to reach transplanting point and ideal point for grafting.The use of Gibberellin to overcome dormancy of Okinawa 'peach has not replaced the stratification, not interfering in anticipation of the ideal point of grafting of rootstocks.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7164
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/38718
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAG - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.