Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3906

Título: Caracterização morfofisiológica de genótipos de Coffea arabica sob déficit hídrico
Título Alternativo: Morphophysiological Characterization of genotypes of Coffea arabica under water deficit
Autor(es): Reis, André Moraes
Orientador: Mendes, Antônio Nazareno Guimarães
Coorientador(es): Silva, Vânia Aparecida
Membro da banca: Castro, Evaristo Mauro de
Carvalho, Carlos Henrique Siqueira de
Área de concentração: Produção Vegetal
Assunto: Cafeeiro
Déficit hídrico
Fisiologia vegetal
Anatomia
Melhoramento genético
Coffee plant
Water deficit
Plant physiology
Anatomy
Breeding
Data de Defesa: 28-Fev-2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
Referência: REIS, A. M. Caracterização morfofisiológica de genótipos de Coffea arabica sob déficit hídrico. 2014. 51 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Previsões climáticas sinalizam para o aquecimento global e um aumento dos períodos de seca. Diante desse cenário, a identificação de genótipos mais tolerantes ao déficit hídrico é foco no programa de melhoramento genético do cafeeiro da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais - EPAMIG. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi identificar e caracterizar genótipos de café arábica com potencial de manutenção do status hídrico sob déficit hídrico na fase de muda por meio da avaliação de características fisiológicas e anatômicas. Para tanto, mudas de quinze genótipos foram cultivadas em vasos e em casa de vegetação. Ao atingirem seis meses, após o transplante para o vaso, metade das plantas continuou a ser irrigada constantemente enquanto a outra metade foi submetida ao déficit hídrico, imposta pela suspensão da irrigação até que as plantas atingissem potencial hídrico antimanhã (Ψam) de -3,0 MPa. Foram realizadas medições de crescimento, potencial hídrico da folha, trocas gasosas, fluorescência e teor de clorofila e avaliações anatômicas. Os resultados mostram que a cultivar Catuaí Vermelho IAC-144, e as progênies Siriema 24, 7 e 12 tiveram características fisiológicas e anatômicas que contribuíram para uma melhor manutenção do status hídrico na fase de muda. Dentre estas características podemos destacar uma maior sensibilidade estomática, maior eficiência no uso da água e maior densidade estomática. A boa manutenção do status hídrico da progênie 11 deve estar relacionada a características anatómicas, pois este genótipo apresentou uma cutícula mais espessa e uma alta densidade estomática. As progênies 3, 5 e 16, que não apresentaram uma boa manutenção do status hídrico na fase de muda, apresentaram menor sensibilidade estomática e menor eficiência no uso da água. Este comportamento deve estar relacionado à menor espessura da cutícula da progênie 3 e a menor densidade estomática das progênies 5 e 16.
Climate previsions signal global warming and an increase in dry periods. With this scenery, the identification of genotyped more tolerant to water deficit is the focus of the coffee genetic breeding program of the Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – EPAMIG. In this context, the objective of this work was to identify and characterize Coffea arabica genotypes with the potential of maintaining water status under water deficit during the seedling phase, by means of evaluating physiological and anatomical traits. In order to do this, seedling of 15 genotypes were cultivated in pots under greenhouse conditions. At reaching six months, after the transplantation to the pots, half of the plants continued to be constantly irrigated, while the other half was submitted to water deficit, imposed by irrigation suspension until the plants reached predawn water potential (Ψam) of -3.0MPa. We performed growth, leaf water potential, gas exchange, fluorescence and chlorophyll content measurements as well as anatomical evaluations. The results showed that the Catuai Vermelho IAC-144 cultivar and the Siriema 24, 7 and 12 progenies, presented physiological and anatomical traits which contributed to a better maintenance of the water status in the seedling phase. Among these traits, we can highlight higher stomata sensitivity, higher water use efficiency and higher stomata density. The good maintenance of the water status of progeny 11 must be related to the anatomical traits, since this genotype presented a thicker cuticle and higher stomata density. Progenies 3, 5 and 16, which did not present good water status maintenance in the seedling phase, presented less stomata sensitivity and lower water use efficiency. This behavior must be related to the less thick cuticle of progeny 3 and the lower stomata density of progenies 5 and 16.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3906
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Caracterização morfofisiológica de genótipos de Coffea arabica sob déficit hídrico.pdf793,61 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback