Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39065
metadata.artigo.dc.title: Evapotranspiração de referência: uma abordagem atual de diferentes métodos de estimativa
metadata.artigo.dc.title.alternative: Reference evapotranspiration: current analysis of different estimating methods
metadata.artigo.dc.creator: Carvalho, Luiz Gonsaga de
Rios, Gervásio Fernando Alves
Miranda, Wezer Lismar
Castro Neto, Pedro
metadata.artigo.dc.subject: FAO Penman-Monteith method
Potential evapotranspiration
Evapotranspiration estimating
ETo - estimating methods
Método de Penman- Monteith-FAO
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Goiás
metadata.artigo.dc.date.issued: 2011
metadata.artigo.dc.identifier.citation: CARVALHO, L. G. de et al. Evapotranspiração de referência: uma abordagem atual de diferentes métodos de estimativa. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 41, n. 3, p. 456-465, jul./set. 2011.
metadata.artigo.dc.description.resumo: A evapotranspiração de referência (ETo), originalmente introduzida sob o termo evapotranspiração potencial (ETp), é um importante parâmetro agrometeorológico, principalmente para planejamento e manejo de irrigação, mas, também, é considerada elemento climático de demanda hídrica, daí sua aplicação em estudos meteorológicos, climatológicos e hidrológicos. Existem diversos métodos para a estimativa da ETo, desde aqueles mais simples, com base puramente empírica, até aqueles que apresentam embasamento físico consistente sobre o fenômeno, contudo, há sempre algum empirismo presente. Esta diversidade de métodos ocorre devido à complexidade da transferência de água do sistema solo-planta para a atmosfera, aos diferentes climas presentes no mundo e à dificuldade de obtenção dos elementos meteorológicos necessários para a alimentação destes métodos. O método Penman-Monteith-FAO (PM-FAO) é considerado, internacionalmente, o mais apropriado para a estimativa da ETo, sendo adotado como padrão e que já vem sendo usado há duas décadas. Este método, além de procurar representar, de maneira consistente, o fenômeno biofísico da evapotranspiração, é alimentado por quase todos os elementos meteorológicos observados em estações meteorológicas de superfície. Porém, quando há impossibilidade da aplicação deste método, é necessário averiguar qual o método mais indicado, diante das condições locais. Assim, este estudo teve por propósitos apresentar, discutir e sinalizar o(s) método(s) mais adequado(s), diante da realidade de uso.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The reference evapotranspiration (ETo), originally known as potential evapotranspiration (ETp), is an important agrometeorological parameter, mainly for planning and managing irrigation, besides being considered a climatic element of hydric demand, and that is the reason it is used in meteorological, climatological, and hydrological studies. There are several methods for estimating ETo, from the simpler ones, purely empiric, to those which present a consistent basis of the phenomenon, however, some empiricism is always present. This diversity of methods happens due to the complexity of the water transfering from the soil-plant system to the atmosphere, different climates around the world, and difficulties for obtaining the necessary meteorological data to make those methods work. The Penman-Monteith-FAO (PM-FAO) is internationally known as the most appropriate approach for estimating ETo, being adopted as standard two decades ago. Besides representing, in a consistent way, the evapotranspiration biophysical phenomenon, it makes use of almost all meteorological data observed in surface weather stations. However, when it is not possible to apply this method, it is necessary to investigate which method would be the most suitable for local conditions. Therefore, this study was carried out in order to present, discuss, and point out the most appropriate method(s) for each specific use
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39065
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DEG - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons