Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3917

Título: Identidade e relações florísticas da caatinga arbórea do norte de Minas Gerais e sudeste da Bahia
Título Alternativo: Identity and relationships floristic of arboreal caatinga of north of Minas Gerais and southeast of Bahia
Autor(es): Santos, Rubens Manoel dos
Orientador: Oliveira Filho, Ary Teixeira de
Membro da banca: Nunes, Yule Roberta Ferreira
Castro, Gislene Carvalho de
Carvalho, Douglas Antônio de
Van den Berg, Eduardo
Área de concentração: Ciências Florestais
Assunto: Caatinga arbórea
Mata seca
Caatinga
Fitogeografia
Arboreal caatinga
Dry forest
Caatinga
Phytogeographical
Data de Defesa: 16-Fev-2009
Data de publicação: 24-Set-2014
Referência: SANTOS, R. M. dos. Identidade e relações florísticas da caatinga arbórea do norte de Minas Gerais e sudeste da Bahia. 2009. 118 p. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: O objetivo do presente trabalho foi analisar a composição da flora arbórea de 179 áreas de florestas tropicais sazonalmente secas (FTSS) com o propósito de: (a) avaliar as relações fitogeográficas da caatinga arbórea do norte de Minas Gerais e sudoeste da Bahia com as caatingas e florestas do Domínio da Caatinga e florestas estacionais deciduais (matas secas) dos Domínios do Cerrado e Atlântico e (b) relacionar as variações da composição da flora com variáveis espaciais (proximidade geográfica) e ambientais (clima e substrato). Para isso, foram realizadas as seguintes análises: a análise de correspondência retificada (DCA) e a análise de correspondência canônica (CCA). Para caracterizar a flora das Caatingas Arbóreas em contraste com as outras unidades florísticas foi utilizada uma análise de espécies indicadoras, ISA. Também foi realizada uma análise de agrupamento da composição de espécies arbóreas das seis unidades florísticas de FTSS na qual a medida de dissimilaridade foi o índice de Jaccard e o agrupamento foi produzido por médias ponderadas. As análises indicam que a distribuição da flora das FTSS é primariamente influenciada pelo clima e secundariamente pelas variações do solo. Além disso, apontam para a existência de quatro unidades florísticas dentro do domínio da caatinga (Caatinga do Cristalino, Caatinga de Areia, Caatinga Rupícola e Caatinga Arbórea). Da mesma forma, os resutados demonstram nítida separação entre a Caatinga Arbórea, relacionada com a flora do domínio da caatinga, e a Mata Seca com maior influência do domínio atlântico.
The objective of present work was to analyze the composition of arboreal flora of 179 field of forests tropical dry seasonal (FTDS) with the purpose of: (a) to evaluate the relationships phytogeographical of the arboreal caatinga of the north of Minas Gerais and southeast of Bahia with the caatinga and forests of the Domain of the Caatinga and dry forests of the Domains of the Savannah and Atlantic and (b) to relate the variations of composition of flora with space variables and environment (climate and substratum). For that, the following analysis was accomplished: the analysis of rectified correspondence (DCA) and the analysis of canonical correspondence (CCA). To characterize the flora of the Arboreal Caatinga in contrast with the other units floristic an analysis of indicative species, ISA it was used. An analysis of grouping of the composition of arboreal species of the four units floristic of FTSS was also accomplished in which the dissimilarity measure was the index of Jaccard and the grouping was produced by considered averages. The analysis indicates that the distribution of the flora of FTDS is influenced primarily by the climate and secondarily for the variations of soil. Besides, they appear inside for the existence of four units floristic of the domain of caatinga (Caatinga of Crystalline, Caatinga of Sand, Caatinga Rupicola and Arboreal Caatinga). In the same way, the results demonstrate clear separation among the Arboreal Caatinga, related with the flora of domain of the caatinga, and the Dry Forest with larger influence of Atlantic domain.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3917
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Identidade e relações florísticas da caatinga arbórea do norte de Minas Gerais e sudeste da Bahia.pdf664,64 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback