Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3919

Título: Aminoácidos sulfurados, lisina e treonina digestíveis para poedeiras comerciais leves em pico de produção
Título Alternativo: Sulfur-containing aminoacids, digestible lysine and threonine for light commercial layers at peak production
Autor(es): Geraldo, Adriano
Orientador: Bertechini, Antônio Gilberto
Membro da banca: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Rodrigues, Paulo Borges
Barreto, Sérgio Luiz de Toledo
Fassani, Édison José
Área de concentração: Nutrição de monogástricos
Assunto: Nutrição e alimentação animal
Poedeiras
Nutrição de monogástrico
Layers
Monogastric nutrition
Data de Defesa: 10-Fev-2006
Data de publicação: 24-Set-2014
Referência: GERALDO, A. Aminoácidos sulfurados, lisina e treonina digestíveis para poedeiras comerciais leves em pico de produção. 2006. 174 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: Foram realizados três ensaios experimentais com o objetivo de avaliar os efeitos dos ní veis nutricionais de aminoácidos sulfurados totais, lisina e treonina digestí veis sobre o desempenho, qualidade interna e externa e rendimento no processamento de ovos de poedeiras brancas no pico de produção. Utilizaram-se 1080 poedeiras da linhagem Hy Line - W36, sendo 360 em cada ensaio, as quais receberam, no perí odo de 25 a 37 semanas de idade, cinco dietas experimentais, formuladas de acordo com o NRC (1994), com ní veis de 0,578; 0,636; 0,694; 0,752 e 0,810% de metionina+cistina (Met+Cis) digestí vel (ensaio 1), 0,683; 0,751; 0,819; 0,887 e 0,955% de lisina (Lis) digestí vel (ensaio 2) e 0,547; ,602; 0,657; 0,712 e 0,767% de treonina (Tre) digestí vel (ensaio 3) sendo as mesmas isocalóricas, isofosfóricas e isocálcicas. Utilizou-se também uma dieta controle formulada de acordo com as recomendações de Rostagno et al. (2005). Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, com 5 repetições e 12 aves por unidade experimental e 4 perí odos de avaliação com 21 dias cada. No ensaio 1 houve efeito quadrático (p<0,01) dos ní veis de Met+Cis digestí veis sobre a produção de ovos (%/ave/dia), conversão alimentar (g/g), massa de ovos (g/ave/dia) e ovos viáveis (%/ave/dia), com melhores resultados em aves consumindo 729; 751; 801 e 730 mg Met+Cis digestí vel/dia, respectivamente. O consumo de ração e ganho de peso das aves apresentou efeito linear (p<0,01) crescente com o aumento nos ní veis dos aminoácidos sulfurados. Não houve efeito (p>0,05) das dietas utilizadas sobre o teor de sólidos totais na gema, albúmen, PB no albúmen e unidade Haugh. Para porcentagem de gema e extrato etéreo, houve efeito linear (p<0,01) crescente dos ní veis, ocorrendo efeito linear (p<0,01) decrescente sobre a porcentagem de casca. Em ovos armazenados por 7 dias, houve efeito linear crescente dos ní veis sobre a porcentagem de gema (p<0,05) e efeito linear decrescente sobre porcentagens de casca (p<0,01), unidade Haugh (p<0,01) e peso especí fico dos ovos (p<0,0). Nos ensaios 2 e 3 não houve efeito dos ní veis dos aminoácidos digestí veis sobre a produção de ovos, consumo de ração, ganho de peso, massa de ovos e ovos viáveis, apresentando o tratamento controle valores superiores aos demais tratamentos. No ensaio 3, não houve efeito dos ní veis de Tre sobre o peso dos ovos e conversão alimentar. Houve interação dos ní veis de Lis e perí odos para peso de ovos e conversão alimentar. Para caracterí sticas de rendimento e qualidade de ovos não houve efeito dos ní veis de Lis e Tre sobre porcentagens de gema, albúmen, PB do albúmen, casca, sólidos totais no albúmen e gema. Para porcentagem de casca, unidade Haugh e PB na gema (ensaios 2 e 3) o tratamento controle apresentou valores inferiores aos demais ní veis utilizados e para extrato etéreo na gema o tratamento controle apresentou valor superior. Em ovos armazenados por 7 dias não houve efeito dos ní veis sobre a porcentagem de gema, albúmen e casca e peso especí fico (ensaios 2 e 3). Houve interação entre ní veis de Lis e perí odos para unidade Haugh de ovos armazenados. Recomenda-se para melhor produção, qualidade interna e externa e rendimento no processamento o consumo de 752 mg de Met+Cis digestí vel ou 864 mg de Met+Cis total/ave/dia, apresentando os resultados obtidos nos ensaios com lisina e treonina digestí veis em rações formuladas de acordo com o NRC (1994) pior desempenho se comparado à ração formulada de acordo com Rostagno et al. (2005) devido ao baixo teor de aminoácidos sulfurados presente nas mesmas.
Three experimental trials were accomplished with the objective of evaluating the effects of the nutritional levels of total sulfur-containing aminoacids, digestible lysine and threonine on performance, internal and external quality and yield in the processing of eggs of white layers at peak production. 1080 layers of the Hy-Line - W36 strain were utilized, 360 in each trial, which were given, in the period of 25 to 37 weeks of age, five experimental diets formulated according to the NRC (1994) with levels of 0.578; 0.636; 0.694; 0.752 and 0.810% of digestible methionine + cystine (Meth + Cys) (trial 1), 0.683; 0.751; 0.819; 0.887 and 0.955% of digestible lysine (Lys) (trial 2) and 0.547; 0.602; 0.657; 0.712 and 0.767% of digestible threonine (Thre) (trial 3), these being isocaloric, isophosphoric and isocalcic. A control diet formulated according to the recommendations by Rostagno et al (2005) was also utilized. The completely randomized design with five replicates and 12 birds per experimental unit and four evaluation periods with 21 days each was also utilized. In trial 1, there was a quadratic effect (p<0.01) of the levels of digestible Meth + Cys on egg production (%/bird/day), feed conversion (g/g), egg mass (g/bird/day) and viable eggs (%/bird/days) with best results in birds consuming 729; 751; 801 and 730 mg of digestible Meth + Cys/day, respectively. The birds´ feed consumption and weight gain presented growing linear effect (p<0.01) with increase in the levels of sulfur-containing aminoacids. There was no effect (p>0.05) of the diets utilized on the total solids content in the yolk, albumen, CP albumen and Haugh unit. For the percentage of yolk and ether extract, there was a growing linear effect (p<0.01) of the levels, a decreasing linear effect (p<0.01) occurring in the percentage of shell. In eggs stored for 7 days, there was a growing linear effect of the levels on the percentage of yolk (p<0.05) and decreasing linear effect on percentages of shell (p<0.01), Haugh unit (p<0.01) and specific weight of the eggs (p<0.0). In trials 2 and 3, there was no effect of the levels of digestible aminoacids upon egg yield, feed consumption, weight gain, egg mass and viable eggs, the control treatment presenting values superior to the other treatments. In trial 3, there was no effect of the levels of threonine on the egg weight and feed conversion. There was an interaction of the levels of Lys and periods for egg weight and feed conversion. For the characteristics of yield and quality of eggs, there were no effects of the levels of Lys and Thre on the percentage of yolk, albumen, albumen CP, shell, total solids in the albumen and yolk. For shell percentage, Haugh unit and yolk CP (trials 2 and 3), the control treatment presented values inferior to the other levels utilized and for ether extract in the yolk, the control treatment presented a superior value. In eggs stored for 7 days, there was no effect of the levels on the percentage of yolk, albumen and shell and specific weight (trials 2 and 3). There was an interaction between the levels of Lys and periods for Haugh unit of stored eggs. The consumption of either 752 mg of digestible Meth + Cys or 864 mg of total Meth + Cys/bird/day is recommended for better production, internal and external quality and yield in the processing, the results obtained in the trials with digestible lysine and threonine in diets formulated according to the NRC (1994) presenting poorer results as compared with the diet formulated according to Rostagno et al (2005) due to the low content of sulfur-containing aminoacids present in them.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3919
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Aminoácidos sulfurados, lisina e treonina digestíveis para poedeiras comerciais leves em pico de produção.pdf558,12 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback