Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/393

Título: Bacteriologia do sêmen suíno - aspectos relacionados: revisão de literatura
Título Alternativo: Boar semen bacteriology – aspects relating: a review
Autor(es): Oberlender, Guilherme
Zangeronimo, Márcio Gilberto
Silva, Adriana Cristina da
Menezes, Tila de Alcantara
Pontelo, Thais Preisser Pontelo
Murgas, Luis David Solis
Pereira, Luciano José
Assunto: Bacteriospermia
Contaminação bacteriana
Ejaculado
Espermatozoides
Inseminação artificial
Reprodução
Data de publicação: 2013
Referência: OBERLENDER, G. et al. Bacteriologia do sêmen suíno - aspectos relacionados: revisão de literatura. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, Garça, v. 11, n. 20, jan. 2013. Disponível em: <http://www.revista.inf.br/veterinaria20/revisao/RL201207.pdf >. Acesso em: 10 abr. 2013.
Resumo: A crescente utilização da inseminação artificial (IA) em suínos fez com que questões relacionadas à sanidade e a biossegurança reprodutiva das granjas se tornassem importantes e essenciais para um bom sucesso da produção, pois a presença de doenças no rebanho diminui a lucratividade do negócio. Relacionado a esse fato, a análise da qualidade e quantidade seminal produzida por um reprodutor são de grande relevância, sendo um passo crítico para o sucesso dos programas de IA. Um dos aspectos importantes na avaliação da qualidade do sêmen suíno se refere à contaminação bacteriana. Isso, pois, existe a possibilidade de veiculação de agentes patogênicos por meio do ejaculado e que, com o uso da IA, essa transmissão ocorre em um número maior de fêmeas e pode levar a prejuízos na cadeia produtiva como um todo, mas principalmente na reprodução dos animais. Assim, essa revisão objetivou abordar aspectos relacionados à qualidade bacteriológica do sêmen suíno utilizado na IA.
Abstract: The increasing use of artificial insemination (AI) in pigs has caused questions related to pig farms reproductive health and biosecurity became important and essential for good success of the production, since the presence of disease in the herd decreases the profitability of the business. Related to this fact, the quality and quantity analysis of the semen produced by a boar are of great importance, being a critical step to the success of AI programs. One important aspect in assessing the boar semen quality refers to bacterial contamination. This happens because exists the transmission of pathogens possibility through the ejaculate and which, with the use of AI, this transmission occurs in a greater number of females and may lead to losses in the productive chain as a whole, but mainly in the animals reproduction. Thus, this review aimed to discuss some important aspects related to bacteriological quality of boar semen used in AI.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/393
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Bacteriologia do sêmen suíno - Aspectos relacionados - Revisão de literatura.pdf361,46 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback