Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3933
Título: Da superfície ao subterrâneo: um estudo sobre as influências do habitat físico na estrutura da comunidade em um hotspot de biodiversidade subterrânea
Autor : Sousa, Pedro Ratton Alves de
Primeiro orientador: Ferreira, Rodrigo Lopes
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Silva, Marconi Souza
Pompeu, Paulo dos Santos
Primeiro membro da banca: Castro, Andrey Leonardo Fagundes de
Guerra, Tadeu José de Abreu
Área de concentração: Ecologia e Conservação de Paisagens Fragmentadas e Agroecossistemas
Palavras-chave: Paisagens cársticas
Hostpots
Ecologia de riachos
Espécies endêmicas
Conservação
Karst landscape
Hostpots
Stream ecology
Endemic species
Conservation
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SOUSA, P. R. A. de. Da superfície ao subterrâneo: um estudo sobre as influências do habitat físico na estrutura da comunidade em um hotspot de biodiversidade subterrânea. 2014. 56 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: O Brasil é o país com a maior concentração de rochas carbonáticas da América do Sul, estudos estimam que as áreas cársticas brasileiras abranjam aproximadamente 200 mil Km². Apesar de o país apresentar mais de 11 mil cavidades naturais cadastradas, estudos mais aprofundados sobre a fauna subterrânea são extremamente incipientes e fragmentados. Dessa forma, com essa dissertação, objetivou-se amostrar a fauna da Gruta do Éden bem como discutir sua importância em uma região considerada como um Hospot de biodiversidade subterrânea. Além disso, amostramos a ictiofauna e testamos as influências de características do habitat físico na estrutura da comunidade de peixes ao longo de um gradiente longitudinal (superfície-subterrâneo-superfície) em um riacho situado em uma micro bacia cárstica. Finalmente, foi avaliado o efeito de espaços subterrâneos como filtros ambientais. A amostragem foi realizada nas proximidades da cidade de Pains (Minas Gerais) durante as estações de seca e chuva do ano de 2012. Foram registradas 98 espécies de invertebrados, oito espécies de peixe, duas espécies de anfíbio e uma espécie de morcego no interior da Gruta do Éden. Dentre os invertebrados coletados, 13 compreendem espécies adaptadas ao ambiente cavernícola (troglóbios), esse valor corresponde a 15% do total de troglóbios para a região. A fauna de invertebrados se distribui de maneira desigual no interior da caverna. O conduto inferior possui valores de abundância e riqueza mais elevados quando comparado ao conduto superior. A amostragem de peixes e caracterização do habitat físico, ao longo do gradiente longitudinal do riacho (cinco trechos amostrais), ocorreu durante o período de seca (Julho) de 2012. Foram coletadas 28 espécies de peixe distribuídas em três ordens e nove famílias. Characiformes é o grupo mais diversificado (57% da fauna total) no riacho amostrado, com 16 espécies coletadas. Foram observadas variações significativas na estrutura da comunidade de peixes ao longo do gradiente longitudinal. Dentre as características do habitat físico, profundidade (25.75%) e cobertura de dossel (15.42%), foram as que mais influenciaram na estrutura da comunidade. Sugere-se que o número, tamanho e disposição de espaços subterrâneos ao longo de uma microbacia cárstica possuam influências adicionais na estruturação da comunidade de peixes. Portanto, acreditamos que o ambiente cavernícola, nesse contexto, esteja atuando como um filtro ambiental, selecionando espécies aptas a atravessá-lo e/ou colonizá-lo. A Gruta do Éden representa um desafio para conservação, pois se encontra em situação de extrema vulnerabilidade sob a ação de diversos impactos antrópicos que ameaçam a persistência de sua biodiversidade. Medidas emergenciais devem ser tomadas para que esse patrimônio natural possa continuar a existir.
Studies indicate that Karst areas cover about 200.000 km2 of the Brazilian territory and that about 5% of the country’s surface area show suitable conditions for cave formation. Besides the elevated number of registered natural cavities (approximately 11.000), subterranean biodiversity studies in Brazil are still quite fragmented and incomplete. Therefore, the purpose of this paper is to characterize the subterranean fauna of the Éden cave and to discuss the role of a single representative cavity in a broader area considered as a tropical hotspot of subterranean biodiversity. We also sampled the ichthyofauna and examined the effect of physical habitat characteristics on the composition of the fish assemblages on a longitudinal gradient in a karst stream. We finally analyzed if subterranean habitats have additional effects responsible for shaping the fish community composition and if it is acting as a filter selecting fish groups with particular traits. The field trips occurred during the dry and rainy periods of the year 2012, the samplings took place close to Pains city, Minas Gerais state. We observed 98 invertebrate species, eight fish species, two amphibians and one bat species within the cave habitat. Among these, 13 cave adapted invertebrate species were found. Such numbers represent 15% of the total amount of troglobiotic species known for the entire province. The invertebrate fauna showed distinct richness and abundance values according to cave levels. The lower level features a significantly higher number of organisms when compared to the upper level. The composition of the fish fauna and habitat attributes were investigated in five stream reaches along a longitudinal gradient of a stream during the dry period of the year 2012. We collected 28 fish species distributed in three orders and nine families within the five sampling sites. Characiforms represents the most diverse group in the studied area with 16 registered species (57 % of the sampled fauna). Depth (25.75%) and percentage of channel canopy cover (15.42%) were respectively the variables that account for most of the variation observed in the fish fauna composition. We believe that number, size and position of subterranean spaces within a karstic watershed have additional influences in the fish community composition through its selective pressures upon species traits. In this context we believe, that subterranean spaces may act as environmental filters, selecting species that are able to cross or colonize it. The Éden cave represents a hotspot inserted in a hotspot of subterranean biodiversity. The cave is in a very vulnerable condition and represents a challenge for conservation since it is located in an extremely altered watershed subject to major impacts. This Hotspot of Subterranean diversity is highly endangered and needs immediate attention.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada a Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do curso de Pós-graduação em Ecologia Aplicada, área de conhecimento em Ecologia e Conservação de Paisagens Fragmentadas e Agroecossistemas, para a obtenção do título de mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3933
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.