Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3937
Título: Divergência genética e caracterização da anatomia foliar de acessos no banco de germoplasma de café de Minas Gerais
Autor : Machado, Janaine Lopes
Primeiro orientador: Guimarães, Rubens José
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Baliza, Danielle Pereira
Primeiro membro da banca: Silva, Vânia Aparecida
Castro, Evaristo Mauro de
Mendes, Antônio Nazareno Guimarães
Área de concentração: Produção Vegetal
Palavras-chave: Coffea arabica L.
Caracteres anatômicos
Dissimilaridade
Anatomical traits
Dissimilarity
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: MACHADO, J. L. Divergência genética e caracterização da anatomia foliar de acessos no banco de germoplasma de café de Minas Gerais. 2014. 102 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Coffee cultivation has great importance for Brazilian agribusiness. Breeding programs use traits of agronomic interest to make more adapted cultivars available to farmers. This study aimed at evaluating the genetic divergence between the coffee germplasm bank in Minas Gerais, Brazil, and discriminate these accesses in regard to foliar anatomical traits. We evaluated 17 genotypes belonging to the germplasm bank and 11 cultivars developed by Epamig. The study was conducted at the Experimental Farms in Três Pontas and Patrocínio. To evaluate the changes occurred during the dry and rainy periods, we used the 17 genotypes of the germplasm bank, and in order to verify possible location variations, we evaluated the 11 cultivars developed by Epamig in Patrocínio e Três Pontas. During the dry season these cultivars and the studies genotypes (a total of 28 accesses) were used in a genetic divergence study. We considered foliar anatomical traits as a source of variation. The accesses showed genetic variability and genetic divergence between them. We also verified changes in foliar tissues of the Epamig cultivars in both regions and in the accesses studied in different environments.
O cultivo do café tem grande importância para o agronegócio brasileiro. Programas de melhoramento genético utilizam características de interesse agronômico para colocar à disposição dos cafeicultores cultivares mais adaptadas. Objetivou-se avaliar a divergência genética entre acessos do banco de germoplasma de café de Minas Gerais e discriminar esses acessos quanto às características anatômicas foliares. Dezessete genótipos, pertencentes ao banco de germolasma e 11 cultivares desenvolvidas pela Epamig foram avaliadas. O trabalho foi desenvolvido nas Fazendas Experimentais de Três Pontas e Patrocínio. Para avaliação de modificações ocorridas durante os períodos seco e chuvoso foram utilizados os 17 genótipos do banco de germoplasma e para verificar possíveis variações de local avaliaram-se as 11 cultivares desenvolvidas pela Epamig, em Patrocínio e Três Pontas. Durante o período seco, essas cultivares e os genótipos estudados (totalizando 28 acessos) foram utilizados para um estudo de divergência genética. Foram consideradas como fonte de variação características anatômicas da folha. Os acessos apresentaram variabilidade genética e foi verificada divergência genética entre eles. Foram verificadas modificações nos tecidos foliares das cultivares da Epamig, nas duas regiões e nos acessos estudados nos diferentes ambientes.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3937
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.