Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3942

Título: Adequação da metodologia do teste de tetrazólio para avaliação da viabilidade de sementes de café no armazenamento
Título Alternativo: Adaptation of the methodology of the tetrazolium test to assess the viability of coffee seeds during storage
Autor(es): Clemente, Aline da Consolação Sampaio
Orientador: Carvalho, Maria Laene Moreira de
Coorientador(es): Guimarães, Renato Mendes
Membro da banca: Vieira, Antônio Rodrigues
Rosa, Sttela Dellyzete Veiga Franco da
Oliveira, João Almir
Área de concentração: Sementes
Assunto: Café
Sementes
Teste de tetrazólio
Coffe
Seeds
Tetrazolium test
Data de Defesa: 24-Jul-2009
Data de publicação: 24-Set-2014
Referência: CLEMENTE, A. da C. S. Adequação da metodologia do teste de tetrazólio para avaliação da viabilidade de sementes de café no armazenamento. Lavras, MG, 2009. 49 p. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: A germinação de sementes de café ocorre de forma lenta e desuniforme, o que dificulta a obtenção de resultados da avaliação da qualidade de lotes em tempo hábil para formação de mudas. Um dos fatores que atrasa a germinação é a presença do pergaminho que age como uma barreira física à entrada de água e gases. O teste de tetrazólio é uma alternativa para avaliação rápida da viabilidade de sementes e vem sendo adotada para a comercialização dessa espécie. A pesquisa foi realizada em duas fases visando adequar a metodologia de realização do teste de tetrazólio para reduzir o tempo de preparo das sementes e o tempo de condução do teste. Na primeira fase foi comparado o uso de hipoclorito de sódio (200 ml de NaClO à 5%) na remoção do pergaminho com a remoção manual e o tempo de embebição das sementes (36 e 48 horas) para extração do embrião em quatro lotes de cinco cultivares de cafeeiro com qualidade e umidade variáveis. Na segunda fase foi comparada a remoção do pergaminho manualmente com a remoção com hipoclorito de sódio (200 ml de NaClO à 5%) em sementes de cinco cultivares de cafeeiro armazenadas por 6 meses. Além do teste de tetrazólio, foram avaliadas a germinação e determinada a umidade inicial dos lotes de sementes e a cada 30 dias durante o armazenamento. Os resultados de viabilidade pelo teste de tetrazólio foram comparados com os de germinação. Conclui-se que, o uso do hipoclorito de sódio na concentração de 5% por 6 horas de embebição não é eficiente para a retirada do pergaminho e afeta negativamente os resultados do teste de tetrazólio em semente de café com umidade abaixo de 25%. O período de embebição de sementes de café por 48 horas na fase de preparo, para a realização do teste de tetrazólio, facilita a extração dos embriões, não afetando os resultados do teste. O teste de tetrazólio em sementes de café com diferentes níveis de umidade e deterioração deve ser realizado com a retirada manual do pergaminho.
Germination of coffee seeds occurs in a slow and uneven way, making it difficult to obtain results of quality evaluation of lots in time for the propagation. One of the factors that delay germination is the presence of parchment that acts as a physical barrier to water and gases entrance. The tetrazolium test is an alternative for fast evaluation of seeds viability and has been adopted for the commercialization of this specie. The research was conducted in two phases aiming to adequate the methodology of the tetrazolium test, to reduce the pre-conditioning time of seeds and time to conduct the test. In the first phase we compared the use of sodium hypochlorite (200 ml NaCl 5%), in removing the parchment, with manual removal; and seeds imbibition time (36 and 48 hours) for extraction of the embryo in four lots of five coffee cultivars with variable quality and moisture content. In the second phase it was compared the manual removal of the parchment with the removal with sodium hypochlorite (200 ml NaCl 5%) in seeds of five coffee cultivars stored for 6 months. Besides the tetrazolium test, it was evaluated germination and determined the initial moisture of the lots of seed, at every 30 days during the storage period. The results of viability by tetrazolium test were compared with those from germination. We conclude that the use of sodium hypochlorite at a concentration of 5% for 6 hours of imbibition is not effective for removing the parchment and affects negatively the results of the tetrazolium test in coffee seeds with moisture content below 25%. The imbibition period of coffee seeds for 48 hours in the preparation phase, for the realization of the tetrazolium test, facilitates embryos extraction, without affecting the test results. The tetrazolium test in coffee seeds with different moisture and deterioration levels must be performed with the manual removal of the parchment.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3942
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Adequação da metodologia do teste de tetrazólio para avaliação da viabilidade de sementes de café no armazenamento.pdf618,93 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback