Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39450
metadata.artigo.dc.title: Comportamento dos consumidores de vinhos: uma relação entre valores pessoais e identidade
metadata.artigo.dc.title.alternative: Behavior of wine consumers: A relationship between personal values and identity
metadata.artigo.dc.creator: Castro, Álvaro Leonel de Oliveira
Vilas Boas, Luiz Henrique de Barros
Rezende, Daniel Carvalho de
Antonialli, Luiz Marcelo
metadata.artigo.dc.subject: Valores pessoais
Identidade
Consumo de vinhos
Personal values
Identity
Wine consumption
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
metadata.artigo.dc.date.issued: 2019
metadata.artigo.dc.identifier.citation: CASTRO, A. L. de O. et al. Comportamento dos consumidores de vinhos: uma relação entre valores pessoais e identidade. Desafio Online, Campo Grande, v. 7, n. 1, p. 68-88, jan./abr. 2019.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O comportamento de consumo das pessoas que bebem vinho regularmente, pode dizer sobre como elas vivenciam e se caracterizam frente a sociedade. A academia tem investigado estes comportamentos sob a ótica dos valores pessoais ou da formação de identidade do indivíduo. Porém, constatou-se a ausência de pesquisas que trabalhassem estas duas perspectivas em conjunto. Logo, o objetivo deste artigo foi verificar a relação entre os valores pessoais e os traços de formação de identidade dos consumidores de vinhos, considerando os constructos de valores pessoais de Schwartz (1992, 2012) e os princípios de formação de identidade de Reed II et al (2012). A abordagem metodológica foi quantitativa, utilizando-se das técnicas de análise multivariada de clusters, discriminante e ANOVA. Os resultados da amostra apontam que é possível estabelecer diferentes relações entre os constructos presentes na teoria de valores pessoais e os princípios de formação de identidade em comportamento de consumo.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The consumer behavior of people who drink wine regularly, can tell about how they experience and characterize themselves in front of society. The academy has investigated these behaviors from the perspective of personal values and the formation of the individual identity. However, it is an absence of research that worked on both perspectives together. The objective of this article was to verify the relationship between personal values and the identity formation traits of wine consumers, considering the personal value constructs of Schwartz (1992, 2012) and the identity formation principles of Reed II et al (2012). The methodological approach was quantitative, using the techniques of multivariate analysis of clusters, discriminant and ANOVA. The results of the sample indicate that it is possible to establish different relations between the constructs present in the theory of personal values and the principles of identity formation in consumer behavior.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/39450
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons