Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3948
Título: Viabilidade de Produção da Videira 'Syrah' em Ciclos de Verão e Inverno no Sul de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Production viability of the vine ´Syrah´ in summer and winter cycles in South Minas Gerais
Autor : Favero, Ana Carolina
Primeiro orientador: Regina, Murillo Albuquerque
Primeiro membro da banca: Chalfun, Nilton Nagib Jorge
Mota, Renata Vieira da
Área de concentração: Fitotecnia
Palavras-chave: Poda
Ciclo de produção
Maturação
Compostos fenólicos
Vitis vinifera L.
Pruning
Production cycle
Maturation
Phenolic compounds
Data da publicação: 24-Set-2014
Referência: FAVERO, A. C. Viabilidade de produção da videira 'Syrah' em ciclos de verão e inverno no sul de Minas Gerais. 2007. 112 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: O excesso de chuvas no verão prejudica o amadurecimento das uvas, afetando negativamente a qualidade dos vinhos, notadamente a dos tintos. Nestas condições, torna-se interessante alterar a época de colheita, buscando executá-la quando as condições climáticas são mais favoráveis à maturação. No presente trabalho foram avaliados parâmetros do desempenho agronômico e características físico-químicas de frutos da videira cv. Syrah submetida a dois ciclos de produção, um de primavera-verão, compreendido entre agosto e janeiro e outro de outono-inverno entre os meses de janeiro a julho, nos anos de 2005 e 2006 em vinhedo não irrigado, localizado em Três Corações, MG. As variáveis analisadas foram: duração do ciclo entre poda e colheita, porcentagem de brotação e fertilidade das gemas, produção, incidência de podridões, superfície foliar primária, potencial hídrico foliar de base, taxa fotossintética líquida, temperatura dos cachos durante o período da maturação, massa das bagas (g), diâmetro longitudinal e transversal das bagas (mm), teor de sólidos solúveis totais (°Brix), acidez total titulável (meq. L-1), pH, antocianinas das cascas e polifenóis das cascas e sementes. Os ciclos de verão foram em média 24 dias mais curtos do que os de inverno. O percentual das gemas brotadas foi maior no verão dos dois anos, porém, a fertilidade dos ramos e a produção foi superior no inverno. A superfície foliar primária das plantas não variou entre os ciclos. A incidência de podridões foi leve no verão e ausente no inverno. O potencial hídrico de base indicou que as plantas estavam em boas condições hídricas. As taxas fotossintéticas não mostraram diferenças significativas entre as safras, ficando dentro de valores considerados normais para a cultura. A amplitude térmica média dos cachos foi maior nos ciclos de inverno. Os índices de maturação também apresentaram melhores resultados no ciclo de inverno. A massa das bagas e dos cachos e os diâmetros apresentaram menores valores para os dois invernos. Maiores teores de açúcares, menores índices de acidez total, maiores concentrações de antocianinas e polifenóis totais das cascas e menores concentrações de polifenóis nas sementes também foram observados nas safras de inverno. Conclui-se que, para as condições climáticas da região cafeeira do sul de Minas Gerais, é possível a alteração do ciclo da videira sem a utilização de irrigação, mantendo-se bons índices de produtividade e maturação.
High precipitation in summer harms the grapes maturation, affecting the quality of the red wines. Therefore, it will be of great advantage to harvest the grapefruits when the climatic conditions are more favorable to the maturation, during the dry season. The present work evaluated agronomic parameters in plants and physical-chemical characteristics in fruits of the grapevine ´Syrah´, when the plants were tested to two different cycles of production: one in spring/summer, from August to January; and another in autumn/winter, from January to July, during the years of 2005 and 2006. in vineyard without irrigation, located in the region South of Minas Gerais State. The parameters evaluated were: development and production cycles; sprouting percentage; bud fertility; fruit production; rot incidence; leaf surface; predawn leaf water potential; carbon assimilation rate; temperature of bunch microclimate; berry weight and diameter; total of soluble solids; titrable total acidity; pH; anthocyanins; and skins and seeds phenolic compounds. The cycle was around 24 days shorter in summer than in winter. The percentage of sprouting was higher in summer than in winter during the two years analysed, although the bud fertility and the fruit production were higher in the winter. The primary leaf surface in the plants was similar between both cycles and the rot incidence were light in the summer while in the winter it was absent. The predawn leaf water potential indicated that plant tested in summer as well as in winter were normal in water conditions. The assimilation rates showed no significant difference between the harvest epochs and their levels were considered normal for the grapevine crop. The difference between the bunch microclimate temperatures recorded during the day and the night was bigger in the winter cycle than in the summer cycle. Berry weights and diameter were smaller in the winter cycle for the two years analysed. The maturation indices also presented better resulted in the winter. The highest sugars contents, the smallest titrable acid, the highest concentrations of anthocyanins and skin phenolic compounds and the smallest concentrations of seeds phenolics were observed in the winter cycle, allowing us to conclude that for the weather conditions of South of Minas Gerais region, the harvest of the ´Syrah´ in winter is possible. Besides that, we observed good indices of productivity and fruit maturation.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3948
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Viabilidade de Produção da Videira 'Syrah' em Ciclos de Verão e Inverno no Sul de Minas Gerais.pdf592,03 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.