Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3951
Título: Associação entre arquitetura da planta e a produtividade do feijoeiro do mesmo "pool" gênico
Título(s) alternativo(s): Association between plant architecture and grains yield of common bean with the same gene pool
Autor : Silva, Camila Andrade
Primeiro orientador: Abreu, Ângela de Fátima Barbosa
Primeiro membro da banca: Ramalho, Magno Antonio Patto
Andrade, Messias José Bastos de
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Palavras-chave: Feijão
Ganhos com a seleção
Correlação
Porte
Bean
Gain from selection
Correlation
Architecture
Data da publicação: 24-Set-2014
Referência: SOUZA, B. O. de. Variabilidade genética em isolados de Colletotrichum lindemuthianum (Glomerlla cingulata f. sp. phaseoli) por meio de marcadores morfológicos. 2005. 55 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.
Resumo: The objective of this study was to verify if progenies with erect plant architecture display the same yield potential as progenies with no erect architecture, from the same segregating population. Crosses were made between the prostate cultivar BRSMG Majestoso with three erect cultivars (BRS Horizonte, BRS Supremo and BRS Valente), yielding three populations which were conducted in bulk up to the F5 generation. In this generation plants upright and non upright plants from each population were selected and evaluated in the experimental area of Department of Biology, Universidade Federal de Lavras. Evaluations were performed over three generations (F5: 6, F5: 7 and F5: 8), for plant architecture (1 = upright plants and 9 = prostrate plants), and grain yield. In the F5: 8 generation type of grain was also evaluated (1= desired standard commercial and 5= non-standard). In every generation a pooled analysis of variance, was performed considering the two experiments, using parents as the common treatment. The expected gain from selection (GS) for plant architecture was estimate for 10% selection of progenies more upright and correlated response (RC) in grain yield and the expected gain from selection for grain yield, for 10% selection of more productive progenies and correlated response in plant architecture. The GS for plant architecture varied from -18.00 to -37.74% and the RC in grain yield from -0.01 to -5.58%. But the GS for yield ranged from 0.06 to 17.62% and the RC in plant architecture from 5.30 to 15.48%. There was association between plant architecture and grain yield and between plant architecture and grain type, indicating that upright progenies from the same segregating population may have lower yield potential and carioca grain type below the desired pattern. However, it is possible to select progenies presenting the desired phenotypes for all three traits.
O objetivo do presente trabalho foi o de verificar se as progênies de porte ereto apresentam o mesmo potencial produtivo e tipo de grão das progênies de porte não ereto, oriundas de uma mesma população segregante. Foram realizados cruzamentos entre a cultivar BRSMG Majestoso, de porte prostrado, e três cultivares de porte ereto (´BRS Horizonte´, ´BRS Supremo´ e ´BRS Valente´), obtendo-se assim, três populações que foram conduzidas em "bulk" até a geração F5. Nesta geração foi realizada a seleção de plantas eretas e não eretas de cada população e estas avaliadas em experimentos distintos na área experimental do Departamento de Biologia da Universidade Federal de Lavras. Avaliaram-se, durante três gerações (F5:6, F5:7 e F5:8), a arquitetura da planta (notas de 1 a 9, em que 1 indica plantas eretas e 9, plantas prostradas), a produtividade de grãos e, na geração F5:8 também o tipo de grão (notas de 1 a 5, em que 1 se refere ao padrão comercial desejado e 5, fora do padrão). Em todas as gerações realizaram-se as análises de variância agrupada, considerando os dois experimentos, tendo como tratamentos comuns os genitores. Estimaram-se os ganhos esperados com a seleção (GS) para porte, a partir da seleção de 10% das progênies mais eretas e resposta correlacionada (RC) na produtividade de grãos, bem como os ganhos esperados com a seleção para produtividade de grãos, com a seleção de 10% das progênies mais produtivas e resposta correlacionada no porte da planta. Os GS para porte variaram de -18,00% a -37,74% e a RC na produtividade de grãos de -0,01% a -5,58%. Já os GS para produtividade de grãos variaram de 0,06% a 17,62%, com RC na arquitetura das plantas de 5,30% a 15,48%. Ocorreu associação entre arquitetura da planta e produtividade de grãos e entre arquitetura da planta e tipo de grão, indicando que, em média, progênies eretas oriundas de uma mesma população segregante podem apresentar potencial produtivo inferior e grãos tipo carioca aquém do padrão desejado. Contudo, é possível selecionar progênies que associem os fenótipos desejados das três características.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3951
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Associação entre arquitetura da planta e a produtividade do feijoeiro do mesmo pool gênico.pdf710,98 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.