Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3961
Título: Biotecnologia aplicada ao curauá (Ananas comosus var. erectifolius): caracterização morfológica, micropropagação e embriogênese somática em segmento foliar
Título(s) alternativo(s): Biotechnology applied to curauá (ananas comosus var. erectifolius): morphological characterization,micropropagation and somatic embryogenesis in leaf segment
Autor : Moreira, Carolina Mariane
Primeiro orientador: Pinto, José Eduardo Brasil Pereira
Primeiro membro da banca: Bertolucci, Suzan Kelly Vilela
Pereira, Flávia Dionisio
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Palavras-chave: Embriogênese somática
Micropropagação
Diversidade genética
Genetic diversity
Micropropagation
Somatic embryogenesis
Data da publicação: 24-Set-2014
Referência: MOREIRA, C. M. Biotecnologia aplicada ao curauá (Ananas comosus var. erectifolius): caracterização morfológica, micropropagação e embriogênese somática em segmento foliar. 2011. 112 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: O curauá é uma bromeliaceae de origem Amazônica cuja principal utilização no agronegócio é a produção de fibras naturais que são empregadas em diversos setores como automobilísticos, manufaturados, papelaria, indústria têxtil, construção civil, e demais usos agrocomerciais. A realização deste trabalho teve como objetivo a caracterização morfológica do Banco de Germoplasma da Embrapa Amazônia Oriental de acessos de 6 e 12 meses, micropropagação e a embriogênese somática de segmento foliar de curauá. A caracterização resultou em diferenças significativas em ambos os grupos. Comparando, simultaneamente, as médias das variáveis respostas comprimento e relação comprimento/largura, observou-se que para as plantas do grupo 1 as maiores médias foram dos acessos FMR 2600 e SRR 2500. Já para o grupo 2 incluem os acessos PEMATEC R, PAB 900, EMBRAPA R, PPR 400 e ANR 1200. No dendrograma de similaridade entre os 15 acessos de curauá, pode-se observar que há um grupo maior composto por 13 acessos constituído por 3 subgrupos e um grupo menor composto pelos acessos 1 e 2. Já no dendrograma de similaridade para o grupo 2, observou-se a formação de dois grandes grupos e dentro deles a formação de vários subgrupos. Na micropropagação, a indução de brotação in vitro em sistema estacionário e sob agitação do meio líquido em diferentes concentrações de BAP (0,0; 1,0; 2,0; 3,0 mg.L-1) e TDZ (0,0; 1,0; 2,0; 3,0 mg.L-1) indicou que um aumento na concentração de BAP foi eficiente no aumento do número de brotações e da biomassa fresca, já para o tamanho das brotações a ausência deste regulador proporcionou os melhores resultados. Com relação ao sistema de cultivo, o estacionário levou a um incremento da biomassa seca e dos teores de clorofila. Constatou-se que o aumento da concentração de TDZ também favoreceu o acréscimo da área e do diâmetro do aglomerado de brotações, e do número de plantas. Entretanto, em elevadas concentrações, o desenvolvimento in vitro foi inibido. Assim, recomenda-se, para propagação clonal em curauá, o cultivo em meio MS acrescido de 3,0 mg.L-1 de TDZ sob sistema estacinário para obtenção de um maior número de brotações com menores custos. Para regeneração de brotos estiolados, a obtenção de uma grande quantidade de brotos e um maior diâmetro do aglomerado de brotações, o melhor resultado foi obtido na concentração de 0,5mg.L-1 de TDZ. Para indução de calos embriogênicos e regeneração de plantas em curauá, recomenda-se o uso de meio MS/4 acrescido de 20µM de 2,4-D com 5µM de TDZ, mantendo os explantes em condições de escuro por 30 dias, seguido da transferência dos calos para meio MS na ausência de reguladores de crescimento e na presença de luz.
Curauá bromeliaceae is an Amazon whose main source used in agribusiness is the production of natural fibers that are used in various industries like automobiles, manufactured goods, stationery, textiles, construction, agribusinesses and other uses. The main purpose of this work is the morphological characterization of "Banco de Germoplasma da Embrapa Amazônia Oriental" of access from 6 and 12 months, micropropagation and the somatic embryogenesis of foliar segment in curauá. The characterization resulted in significant differences in both groups. The simultaneous comparation, the various means response of length and relation length/width, were observed that for group 1 plants the highest means were from accession FMR 2600 e SRR 2500. For the group 2 the accesses PEMATEC R, PAB 900, EMBRAPA R, PPR 400 e ANR 1200 were the highest. In the similarity dendrograma among 15 curauá access, can observed that there is one bigger group maid of 13 access of 3 subgroups and one smaller group of access 1 and 2. Similarity dendrograma for group 2, observed the formation of two bigger groups and among them the formation of many subgroups. In the micropropagation, in vitro shoot induction in the statical system and under shaking the liquid medium in differents BAP (0.0; 1.0; 2.0; 3.0 mg.L-1) e TDZ (0.0; 1.0; 2.0; 3.0 mg.L-1) concentration indicating that an increase in BAP concentration was efficient enhance the shoot number and fresh biomass, for the shoot length the regulator absence gave better results. In relation to the culture system, the statical on led to an increase of dry biomass and the chlorophycal levels. It was observed that the enhance of TDZ concentration also gave an increase in the area and diameter of shoot cluster, and plant numbers, however in higher concentration the in vitro development was inhibit. Thus, it is recommended for clonal propagation in curauá cultivation in MS medium supplemented with 3.0 mg.L-1 TDZ under estatical system to obtain a higher number of shoots with lower costs. For elongation shoots regeneration, the great shoots quantity obtained and a higher cluster shoots diameter, the better result was obtained in 0.5 mg.L-1 TDZ concentration. For embryogenic calluses induction and curauá plants regeneration it is recommended MS/4 medium plus 20 µM 2,4-D with 5 µM TDZ, keeping the explants in dark for 30 days, followed by transferring the calluses to MS medium without growth regulators and under light.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3961
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Biotecnologia aplicada ao curauá (Ananas comosus var. erectifolius).pdf931,78 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.