Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3982

Título: Suplementação de ascorbil palmitato em rações para alevinos de Tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus): desempenho e resposta ao estresse
Título Alternativo: Supplementation of ascorbil palmitate in diets for Nile tipalia fingerlings (Oreochromis niloticus): performance and response to stress
Autor(es): Silveira, Ulisses Simon da
Orientador: Logato, Priscila Vieira Rosa
Membro da banca: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Murgas, Luis David Solis
Ribeiro, Paula Adriane Perez
Saczk, Adelir Aparecida
Área de concentração: Nutrição de Monogástricos
Assunto: Tilápia (Peixe) - Alimentação e rações
Peixe - Alimentação e rações
Peixe - Efeito do stress
Tilápia (Peixe) - Vitamina C
Tilápia (Peixe) - Ácido dehidroascórbico
Data de Defesa: 31-Jul-2008
Data de publicação: 24-Set-2014
Referência: SILVEIRA, U. S. da. Suplementação de ascorbil palmitato em rações para alevinos de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus): desempenho e resposta ao estresse. 2008. 57 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: O experimento foi conduzido no Laboratório da Estação de Piscicultura da Universidade Federal de Lavras (UFLA), com o objetivo de avaliar o efeito da suplementação de ascorbil palmitato como forma de vitamina C para alevinos de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus). Foram utilizados 720 alevinos com peso médio inicial de 1,40+0,12 g, distribuídos num delineamento inteiramente casualizado em 24 tanques circulares com capacidade total de 100 L, seis tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos continham seis níveis de ascorbil palmitato: 0; 0,2; 0,4; 0,6; 0,8 e 1,0 g/kg, em rações semipurificadas, isocalóricas com 3178 kcal ED e isoprotéicas com 35% PB, por um período de 36 dias. Ao trigésimo sétimo dia de experimento, os peixes foram mantidos em jejum, por 24 horas, para a simulação do transporte. Os animais foram transportados em sacos plásticos de 100 litros de capacidade total (com 1/3 de água e 2/3 de oxigênio), em rodovia asfaltada, por, aproximadamente, 2 horas. Não foi observada mortalidade durante e depois do transporte Após o transporte, os peixes foram recolocados nas caixas experimentais. Foram coletados 20 alevinos por parcela, sendo cinco em cada período: antes do transporte (C1), logo após o transporte (C2), 8 horas após o transporte (C3) e 18 horas após transporte (C4). Os peixes foram insensibilizados com choque térmico para a determinação do comprimento total (CT), altura de cabeça (AC), peso (P) e taxa de sobrevivência (S). Após liofilização, foram determinados os valores de ascorbil palmitato (AP), ácido ascórbico (AA) e ácido dehidroascórbico (ADA) no corpo inteiro utilizando-se a técnica da cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) e cortisol por kit ELISA. Com a suplementação de ascorbil palmitato foram constatados: efeito significativo nas avaliações de peso, comprimento total e altura de cabeça, com crescimento linear (P<0,01); efeito significativo na redução da mortalidade; aumento linear da taxa de sobrevivência (P<0,01) e efeito significativo sobre a composição corporal de ascorbil palmitato, nos períodos de coleta 1, 2, 3 e 4 (P<0,01), aumentando linearmente. O teor de ácido ascórbico aumentou (P<0,01) linearmente no período de coleta 1, ocorrendo efeito quadrático (P<0,01) no período de coleta 2. A concentração de ADA aumentou linearmente (P<0,01) nos períodos de coleta 2 e 4. A composição corporal total das formas de ácido ascórbico (ascorbil palmitato + ácido ascórbico + ácido dehidroascórbico) reduziu-se significativamente (P<0,02) em uma curva quadrática progressivamente após o transporte. Observou-se redução linear na concentração de cortisol nos períodos de coleta 3 (P<0,01) e 4 (P<0,02). As concentrações de cortisol total, analisadas durante os quatro períodos de coleta, apresentaram redução linear (P<0,01) com a suplementação de ascorbil palmitato.
The experiment was conducted in the Pisciculture Station Laboratory of the Federal University of Lavras (UFLA) with the objective of evaluating the effect of the supplementation of ascorbil palmitate as a form of vitamin C for Nile tilapia fingerlings (Oreochromis niloticus). 720 fingerlings with an early live weight of 1.40+0.12 g, allocated to a completely randomized design in 24 circular tanks with a total capacity of 100 L, six treatments and four replicates, were utilized. The treatments contained six levels of ascorbil palmitate: 0; 0.2; 0.4; 0.6; 0.8 and 1.0 g/kg, in semi-purified , isocaloric diets with 3,178 kcal DE and isoprotein diets with 35% CP for a 36-day period. On the thirty-seventh day of the experiment, the fishes were maintained fasting for 24 hours for the simulation of the transportation. The animals were transported in plastic bags of 100 liters´ total capacity (with 1/3 of water and 2/3 of oxygen), on an asphalt-covered roadway for about 2 hours. No mortality either during or after the transportation was found. After transportation, the fishes were returned into the experimental boxes. 20 (twenty) fingerlings were collected per plot, that is, five at each period before transportation (C1), soon after transportation (C2), 8 hours after transportation (C3) and 18 hours after transportation (C4). The fishes were insensibilized with a heat shock for determination of the total length (CT), head height (AC), weight and survival rate (P). After freeze-drying, the values of ascorbil palmitate (AP), ascorbic acid (AA) and dehydroascorbic acid (ADA) in the whole body were determined by utilizing high performance liquid chromatography (HPLC) and cortisol by ELISA kit. With the supplementation of ascorbil palmitate were found significant effects in the evaluations of weight, total length and head height with linear growth (P<0.01); significant effect in mortality reduction; linear increase of survival rate (P<0.01) and significant effect on the body composition of ascorbil palmitate in the collection periods 1, 2, 3 and 4 (P<0.01), increasing linearly. Ascorbic acid content increased (P<0.01) linearly in collection period 1, quadratic effect (P<0.01) occurring in collection period 2. The concentration of ADA increased linearly (P<0.01) in collection periods 2 and 4. The total body composition of the forms of ascorbic acid (ascorbil palmitate + ascorbic acid + dehydroascorbic acid) reduced significantly (P<0.02) in a quadratic curve progressively after transportation. A linear reduction in the cortisol concentration in collection periods 3 (P<0.01) and 4 (P<0.02) was observed. The concentrations of total cortisol, analized during the four colection periods, showed a linear reduction (P<0.01) with acorbil palmitate supplementation.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3982
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Suplementação de ascorbil palmitato em rações para alevinos de Tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus) desempenho e resposta ao estresse.pdf319,59 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback