Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3996

Título: Metodologia para adequação das escolas agrotécnicas à legislação ambiental
Título Alternativo: Methodology for the adequation to the environmental legislation for the federal agrotechnical schools
Autor(es): Araújo, Paulo Octávio de Lima e Costa
Orientador: Macedo, Renato Luiz Grisi
Membro da banca: Pereira, José Aldo Alves
Borges, Eduardo Sales Machado
Rezende, José Luiz Pereira de
Venturin, Nelson
Área de concentração: Ciências Florestais
Assunto: Ensino agrícola
Mata Atlantica
Impacto ambiental
Qualidade de água
Atlantic Forest
Environmental impacts
Agricultural teaching
Quality of the water
Data de Defesa: 2-Mar-2009
Data de publicação: 25-Set-2014
Referência: ARAUJO, P. O. de L. e C. Metodologia para adequação das escolas agrotécnicas à legislação ambiental. 2009. 162 p. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: O não cumprimento da legislação ambiental por parte das Escolas Agrotécnicas Federais, nos processos de produção de ensino e aprendizagem, tornam a escola em uma multiplicadora da idéia de que a produção pode ser desvinculada da conservação e preservação do meio ambiente.O presente estudo teve como objetivo propor metodologia para ajustamento de conduta á legislação ambiental para as Escolas Agrotécnicas Federais (EAFs). Foi elaborada uma pesquisa exploratória visando avaliar a atual situação das EAFs quanto à adequação ambiental á legislação vigente, através questionário, enviado as 36 escolas Agrotécnica que compõem a rede federal de educação tecnológica. Os dados obtidos foram tratados através de estatística não probabilística utilizando medidas de posição, também foram submetidos a Teste de Independência. Observou-se que nenhuma escola cumpre na integra a legislação e gestão ambiental relativa a todas as atividades de educação/produção. A maioria não dispõe de licenciamentos ambientais para suas atividades na escola fazenda, não possuem outorga para uso de água, e grande número afirmou não ter reserva legal demarcada. Os resultados demonstraram uma despreocupação com o cumprimento da legislação ambiental. Com a finalidade de verificar a metodologia de educação/produção e sua relação com as condições ambientais, foi realizado um trabalho de análise das condições da vegetação arbórea e de avaliação da águas superficiais em uma das escolas mais antigas da rede federal de ensino tecnológico agrícola a EAF Barbacena. Na análise da vegetação, foi estudada a composição florística e estrutural de um fragmento de 90 ha de área, utilizando a amostragem sistemática, através de 38 parcelas de 20m x 20m, distribuída em 6 transectos, onde todos os indivíduos vivos com CAP acima de 15,7 cm foram contabilizados, sendo e relacionadas também as espécies com as condições de solo, água e posição no fragmento. Nesta análise não foi observado qualquer impacto ambiental mais intenso como estradas, trilhas e depósito de rejeitos, podendo constatar assim que as atividades inerentes a uma fazenda-escola não implicam necessariamente na perturbação do fragmento e que as clareiras encontradas no fragmento são de origem natural, e as diferenças nos estádios sucessionais devem ser interpretadas como resultado da heterogeneidade de microclimas da área. Na avaliação da qualidade das águas superficiais, foi feito um levantamento dentro da área da fazenda-escola identificando-se a posição das nascentes, rede de drenagem, uso do solo e possíveis pontos de poluição. Foram efetuadas duas amostragens simples sub-superficiais; uma no período seco e outra no período das chuvas, onde foram analisados parâmetros físicos e químicos. Apesar da escola preservar uma área significativa de matas, as atividades inerentes a fazenda-escola resultou na perda de 55,91% das áreas de preservação permanente referentes à área ciliar. Os resultados indicam presença elevada de carga orgânica fecal oriunda de estábulos e pocilga, mas a principal fonte de contaminação é de efluentes domésticos da área urbana que circunda a EAF Barbacena. Para o ajustamento de conduta à legislação ambiental para as Escolas Agrotécnicas Federais, foi proposta uma metodologia que: resgate o Sistema Escola Fazenda, com seu princípio "aprender a fazer e fazer para aprender", utilizar práticas gerenciais de forma sistemática e padronizada e promover a capacitação em legislação ambiental de todo o corpo docente e funcionários. Sugere-se ainda desenvolver um trabalho que seja o resultado de uma profunda reflexão da práxis educacional de todos os atores envolvidos principalmente Direção e corpo gestor.
The non-compliance with the environmental legislation by the Federal Agrotechnical Schools in the processes of teaching-learning production, transforms the school into a multiplier of the idea that the production can be detached from the conservation and preservation of the environment. The present study aimed to propose a methodology for the evironmental adequation to the legislation to the Federal Agrotechnical Schools (FASs). Exploratory research was elaborated aiming to evaluate the present situation of the FASs regarding the environmental adequation to the current legislation, through a questionnaire, sent to the 36 agrotechnical schools which are part of the federal technological education network. The obtained data were treated through non-probabilistic stastistics using position measures and also were subjected to Independence Test. It was observed that none of the schools fully comply with environmental legislation and administration related to all the education/production activities in the farm-school, most of them do not have environmental licensing for their activities in the farm-school, they do not have grant for water use, and a great number stated that they do not have a demarcated legal reserve. The results demonstrated a lack of concern with the compliance with the environmental legislation. Aiming to evaluate the performance of the school and its relation to the environmental conditions, an analysis work of the conditions of the arboreal vegetation and evaluation of the superficial waters was performed in one of the oldest schools in the federal network of technological agricultural teaching, the FAS of Barbacena-MG. In the analysis of the vegetation, the floristic and structural composition of a 90 ha fragment, using systematic sampling through 38 parcels of 20m x 20m, distributed in 6 transects, where all the living individuals with CAP above 15,7 cm were considered and related to the species with the conditions of the soil, water and fragment position. No more intense environmental impact was observed, such as, roads, paths, tailing deposits, allowing the verification that that the activities inherent to a school-farm do not necessarily imply the fragment disturbance and that the clearances found in the fragment are from natural origin, and the differences in the successional stages should be interpreted as a result of the heterogeneity of the microclimates of the area. In the evaluation of the quality of the superficial waters, a survey was performed in the area of the school-farm, where springs and drainage networks were located, and the use of soil and possible pollution points were described. Two simple sub-superficial samplings were collected, one in the dry period and the other in the rain period when the physicochemical parameters were analysed and the flow was measured in 20 points. Despite the fact that the school preserves a significant area of the forests, the activities inherent to the farm-school resulted in the loss of 55.91% of the permanent preservation areas referred to the riparian area, the results indicate a high level of fecal organic load originated from the stables and pigsties, but the main source of contamination is from domestic effluents in the urban area which surrounds the Barbacena FAS. For the adjustment of the conduct regarding the environmental legislation for the Federal Agrotechnical Schools, a methodology was proposed which rescues the Farm-school System, with its principle"learn to do and do to learn", which uses management practices in a systematic and standardized form, capacitates the professors and employees in environmental legislation, and develops a work resulting from a deep reflexion of the educational praxis of all the actors involved, especially the direction and management.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/3996
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Metodologia para adequação das escolas agrotécnicas à legislação ambiental.pdf745,71 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback