Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4015

Título: Características físico-químicas de frutos e variabilidade genética de Passiflora nitida Kunth. por meio de RAPD
Título Alternativo: Physical-chemical characteristics of fruits and genetic variability of Passiflora nitida Kunth. using rapd markers
Autor(es): Junqueira, Keize Pereira
Orientador: Ramos, José Darlan
Membro da banca: Pasqual, Moacir
Alvarenga, Ângelo Abérico
Área de concentração: Fitotecnia
Assunto: Maracujá-suspiro
Variabilidade genética
Características físico-químicas
Marcadores moleculares
Sigh passion fruit
Passiflora nitida Kunth
Physical-chemical characteristics
Molecular markers
Data de Defesa: 11-Set-2006
Data de publicação: 25-Set-2014
Referência: JUNQUEIRA, K. P. Características físico-químicas de frutos e variabilidade genética de Passiflora nitida Kunth. por meio de RAPD. 2006. 114 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: O maracujá-suspiro (Passiflora nitida Kunth.) é uma espécie amplamente distribuída no território nacional, apresentando notáveis variações fenotípicas entre os acessos. Além disso, apresenta boas perspectivas para a utilização per si e no melhoramento do maracujazeiro comercial, tendo em vista sua resistência a diversas doenças destas culturas. Objetivou-se estudar as características físico-químicas de frutos, analisar a variabilidade genética de acessos de P. nitida por meio de RAPD e confirmar, por meio de marcadores moleculares, uma hibridação interespecífica envolvendo esta espécie. No experimento 1, analisaram-se as características físico-químicas de frutos de P. nitida e das espécies cultivadas P. alata Curtis e P. edulis Sims f. flavicarpa Deg. Os dados foram comparados pelo teste de Tukey. No experimento 2, analisou-se a variabilidade genética de 17 acessos de P. nitida por meio de RAPD e, no experimento 3, realizaram-se estudos preliminares sobre a origem genética de uma P. nitida acesso "Manaus 2", analisada juntamente com cinco espécies de maracujazeiro de ocorrência amazônica. No experimento 4, realizou-se a hibridação interespecífica entre P. laurifolia L. (genitor feminino) e P. nitida (genitor masculino), obtendo-se uma planta supostamente híbrida. Para os experimentos 2, 3 e 4, o DNA genômico de cada acesso foi extraído e primers decâmeros foram utilizados para a obtenção de marcadores moleculares RAPD. Para os experimentos 2 e 3, os marcadores foram convertidos em uma matriz de dados binários, a partir da qual foram estimadas as distâncias genéticas entre os acessos e realizadas análises de agrupamento. Para o experimento 4, a confirmação da hibridação baseou-se na ocorrência de bandas informativas. Comparando-se as características de P. nitida, P. alata e P. edulis f. flavicarpa, no experimento 1, verificaram-se algumas peculiaridades de P. nitida, como a maior espessura de casca e valores intermediários de pH e acidez total titulável. Quanto ao experimento 2, menores distâncias genéticas foram verificadas entre os acessos de mesma origem geográfica. O acesso "Manaus 2" apresentou o maior distanciamento genético em relação aos demais e, segundo análise realizada no experimento 3, este material pode ser um híbrido interespecífico natural ou uma nova espécie. No entanto, não deve ser descartada a possibilidade desse acesso ser P. nitida. No experimento 4, confirmou-se o cruzamento entre P. laurifolia e P. nitida, sendo possível a utilização das mesmas em programas de melhoramento visando à melhoria de suas características morfo-agronômicas, além de possibilitar inferências acerca da evolução genética destas espécies.
Sigh passion fruit (Passiflora nitida Kunth.) is an widely distributed species in the Brazilian territory, presenting remarkables phenotypic variations between the accesses. Moreover, it presents good perspectives for the its own use and at the improvement of commercial passion fruit vine, in view of its resistance to several diseases of these cultures. In this way, it was objectified to study the physical-chemical characteristics of fruits; to analyze the genetic variability of accesses of P. nitida trough RAPD; and to confirm interspecific hybridization involving this species, trough molecular markers. In experiment 1, the physical-chemical characteristics of P. nitida fruits and cultivated species of P. alata Curtis and P. edulis Sims f. flavicarpa Deg. were analyzed. The data have been compared by the Tukey´s test. In experiment 2, the genetic variability of 17 accesses of P. nitida was analyzed trough RAPD and, in experiment 3, preliminary studies on the genetic origin of P. nitida access "Manaus 2" have been fullfilled, and it was analyzed along with five species of passion fruit vine of Amazonian occurrence. In experiment 4, it was fullfilled the interspecific hybridization between P. laurifolia L. (feminine genitor) and P. nitida (masculine genitor), getting a supposedly hybrid plant. For experiments 2, 3 and 4, the genomic DNA of each origin was extracted and amplified using decamer primers to obtain RAPD molecular markers. For experiments 2 and 3, these markers were transformed in binary matrix data to estimate genetic distances among accessions and to perform cluster and graphical dispersion analysis. For experiment 4, the confirmation of hybridization was based on the occurrence of informative bands. Comparing the characteristics of P. nitida, P. alata and P. edulis f. flavicarpa, in experiment 1, some peculiarities of P. nitida have been verified, such as the bigger thickness of rind and intermediate values of pH and titratable total acidity. Regarding experiment 2, minors genetic distances have been verified between the accesses of the same geographic origin. The access "Manaus 2" presented the biggest genetic distance towards the others and, according to analysis carried through in experiment 3, this material can be a natural interspecific hybrid or a new species. However, the possibility of this access to be P. nitida must not be discarded. In experiment 4, the crossing between P. laurifolia and P. nitida was confirmed, allowing their use in programs of improvement aiming at the improvement of their morpho-agronomic characteristics, besides making possible inferences concerning the genetic evolution of these species.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4015
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Características físico-químicas de frutos e variabilidade genética de Passiflora nitida Kunth. por meio de RAPD.pdf1,04 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback