Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4051

Título: Definição da estratégia amostral em plantios de Eucaliptus spp pelo uso de geoestatística
Título Alternativo: Use of geostatistics for defining sampling strategy of young plantations of eucalyptus spp
Autor(es): Assis, Adriana Leandra de
Orientador: Scolforo, José Roberto Soares
Membro da banca: Mello, José Márcio de
Oliveira, Antônio Donizette de
Veiga, Ruben Delly
Maestri, Romualdo
Área de concentração: Florestas de Produção
Assunto: Inventário florestal
Geoestatística
Data de Defesa: 25-Fev-2005
Data de publicação: 26-Set-2014
Referência: ASSIS, A. L. de. Definição da estratégia amostral em plantios de Eucaliptus spp pelo uso de geoestatística. 2005. 118 p. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.
Resumo: O presente trabalho teve por objetivo geral avaliar o potencial do método geoestatístico para definição de estratos e localização de parcelas permanentes em um povoamento de Eucalyptus spp. em idade jovem. Como objetivos específicos, procurou-se avaliar a estrutura de continuidade espacial de três características dendrométricas mensuradas anualmente durante três anos; avaliar o uso de técnicas de Geoestatística para a definição de estratos amostrais, considerando três variáveis dendrométricas; comparar a estratificação proporcionada pelo Interpolador Geoestatístico - Krigagem com a estratificação cadastral, no que se refere ao erro de amostragem; avaliar a viabilidade de seleção precoce das parcelas permanentes, a partir dos estratos definidos nos primeiros anos do povoamento, para cada variável dendrométrica considerada; e desenvolver critérios para definir a distribuição das parcelas pelo povoamento. Os dados utilizados neste estudo foram provenientes de inventários convencionais realizados numa área de 164,08ha de efetivo plantio de eucalipto, localizada no município de Aracruz, Espírito Santo, nos anos de 2003, 2004 e 2005. As variáveis dendrométricas avaliadas nas diferentes medições foram a Altura Média das Árvores Dominantes, a Área Basal e o Volume até 4cm de diâmetro com casca, por parcela. Os resultados mostraram que a krigagem foi eficiente para complementar a estratificação cadastral, com menores valores de Erro Padrão da Média e, conseqüentemente, melhor qualidade da estimativa. É, portanto, um método que tem potencial para uso na definição de estratos e localização de parcelas permanentes em plantios jovens de Eucalyptus spp.Todas as características dendrométricas avaliadas, Altura Dominante, Área Basal e Volume, mostraram estrutura de continuidade espacial aos 12, aos 24 e aos 36 meses de idade, sendo que o grau de continuidade espacial variou com a idade da floresta. A seleção de parcelas permanentes a partir dos 12 meses de idade é possível, desde que a krigagem seja baseada na Altura Dominante.
This study evaluated the potential of the geostatiscal method for defining stratus and localization of permament plots in a young stand of Eucalyptus spp. The especific objectives were: to evaluate the structure of the spatial continuety of three dendrometric caractiristics wich were measured during three years; to evaluate the use of geostatistical methods to define sampling stratus concidering three dendrometric variables; to compare the stratus generated by the geostatistical interpolation - kriging with the register generated stratus by analising the sampling error; to evaluate the viability of the early selection of the permanet plots, using the stratus defined in the first years of the population, considering each dendrometric variable; and to develop criteria to determine the distribution of the plots in the population. The data used were collected in convetional forest inventories realized in 2003, 2004 and 2005 in a 164.08 ha Eucalyptus plantation located in Aracruz count, Espírito Santo. The dendrometric variables evaluated were the Mean Height of the Dominant Trees, the Basal Area and the Volume with bark up to 4cm in diameter. The results showed that the kriging was eficient to complement the register stratus, resulting in lower values of the mean standerd error and, consequently, producing estimets with greater quality. Therefore, this method shows its potentialy sucsseful use in defining the stratus and the location of pemanent plots in young plantations of Eucalyptus spp. All dendrometric variables analized, Dominant Height, Basal Area and Volume, presented spatial continuety structure at 12, 24 and 36 month of age. The scale of the spatial continuety varied according to the forest. The selection of the permament plots, at 12 months of age, is possible, as long as the kriging be based on the Dominant Heigth.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4051
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses)
LEMAF - Teses e Dissertações

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Definição da estratégia amostral em plantios de Eucaliptus spp pelo uso de geoestatística.pdf1,34 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback