Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4055
Título: Variações do componente arbóreo de fragmentos de floresta aluvial do Médio Sapucaí, Minas Gerais, e padrões fitogeográficos de florestas inundáveis
Título(s) alternativo(s): Tree component variation of alluvial forest fragments in south Minas Gerais, and phytogeographic patterns of wetland forests
Autor : Silva, Ana Carolina da
Primeiro orientador: Van den Berg, Eduardo
Primeiro membro da banca: Oliveira Filho, Ary Teixeira de
Carvalho, Douglas Antônio de
Jarenkow, João André
Toniato, Maria Teresa Zugliani
Área de concentração: Manejo Ambiental
Palavras-chave: Análise multivariada
Comunidade arbórea
Diversidade do componente arbóreo
Ecologia da paisagem
Estrutura do componente arbóreo
Fitogeografia
Fragmentos aluviais
Data da publicação: 26-Set-2014
Referência: SILVA, A. C. da. Variações do componente arbóreo de fragmentos de floresta aluvial do Médio Sapucaí, Minas Gerais, e padrões fitogeográficos de florestas inundáveis. 2007. 118 p. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo o estudo do componente arbóreo de fragmentos aluviais no município de São Sebastião da Bela Vista, Sul de Minas Gerais. Foram investigadas a diversidade e a estrutura da vegetação e suas relações com variáveis ambientais; as mudanças na estrutura da paisagem ao longo do tempo; a influência da estrutura da paisagem sobre os padrões de diversidade e as relações florísticas dos fragmentos estudados com outras 35 áreas inundáveis das regiões Sudeste e Sul do Brasil. Os dados do componente arbóreo foram coletados em 54 parcelas de 200 m2, alocadas em uma mata ciliar com influência aluvial (24 parcelas) e em cinco fragmentos de floresta aluvial (seis parcelas por fragmento). As informações coletadas foram diâmetro à altura do peito (DAP), altura e identidade botânica de todas as árvores com DAP > 5 cm. As variáveis ambientais coletadas em cada parcela foram características químicas e físicas do solo, nível freático no solo, fechamento do dossel e impactos ambientais. Os parâmetros da paisagem foram obtidos de uma foto aérea de 1965 e uma imagem de satélite de 2005. Para cada fragmento foi calculado o índice de Shannon (H´) e a equabilidade de Pielou (J´). Para o estudo fitogeográfico, foi utilizada uma lista com 602 espécies arbóreas de 23 áreas de floresta aluviais e 12 de florestas paludosas. Foi observado que área estudada sofreu um intenso processo de fragmentação durante o período de 1965 a 2005, entretanto, não foi detectada nenhuma relação entre os parâmetros da paisagem com os padrões de diversidade. A variação ambiental associada aos diferentes regimes de inundação e a distância geográfica entre as áreas foram determinantes na definição das relações fitogeográficas de áreas inundáveis do Sudeste e Sul do Brasil. Na área de estudo, foram amostrados 2.064 indivíduos pertencentes a 51 espécies, 40 gêneros e 23 famílias botânicas. A espécie com maior índice de valor de importância foi Sebastiania commersoniana (Baill.) L.B. Sm. & Downs (VI = 28,36%). Variações estruturais e florísticas estiveram relacionadas ao fechamento do dossel e às variáveis dos solos: profundidade do nível freático, porcentagem de areia, silte e argila, teores de Mg, matéria orgânica e H + Al. Nos fragmentos aluviais, quanto maior o nível freático no solo, maior foi o número de indivíduos e menor a diversidade.
The objective of the present study was the investigation of the alluvial forest tree component in South of Minas Gerais, Brazil. The study focused on the tree structure and diversity and their relations with environmental variables, the changes of landscape structure, the influence of landscape structure on diversity patterns and the floristic relation of the studied forest fragment with another 35 wetland forests in Southeast and South Brazil. The data were collected in 54, 200 m2, plots allocated in a riverine forest with alluvial influence (24 plots) and in five alluvial fragments (six plots in each one). The information recorded in each plot were the diameter at breast heigh (dbh), height and botanical identity of all dbh > 5 cm tree, soil chemical and physical properties, soil freatic level, canopy closure and environmental impacts. The landscape parameters were obtained from a 1965 aerial photography and a 2005 satellite image. The Shannon index (H´) and Pielou equability (J´) were calculated for each fragment. A 602 tree species check-list, stemmed from 23 alluvial forests and 12 swamp forests, was used in the phytogeographic study. Even though a massive fragmentation process that occured during 1965-2005, no relation between landscape parameters and fragments diversity patterns was detected. The environmental variation, associated with different flooding regimes and geographic distance, was an important factor defining the phytogeographic associations of the wetland forests in Southeast and South Brazil. In the studied area were recorded 2.064 trees belonging to 51 species, 40 genera and 23 botanical families. The most important species was Sebastiania commersoniana (Baill.) L.B. Sm. & Downs (VI = 28,36%). Tree component structural and floristc variations were related to soil freatic level, soil sand, silt and clay percentage and Mg, organic matter and H + Al content and canopy closure. In the alluvial fragments, the higher was the soil freatic level, the higher was the number of trees and the lower was the diversity.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4055
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.