Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4085

Título: Desempenho, características de carcaça e qualidade da carne de tourinhos Red Norte alimentados com oleaginosas e vitamina E
Título Alternativo: Performance, carcass traits and meat quality of Red Norte bullocks fed oilseeds and vitamin E
Autor(es): Machado Neto, Otávio Rodrigues
Orientador: Ladeira, Márcio Machado
Coorientador(es): Jorge, André Mendes
Membro da banca: Ramos, Eduardo Mendes
Pereira, Renata Apocalypse Nogueira
Chizzotti, Mario Luiz
Cunha, Daniel de Noronha Figueiredo Vieira da
Área de concentração: Nutrição e Produção de Ruminantes
Assunto: Ácido linoléico
Bovino - Confinamento (Animais)
Lipídios
Carne bovina - Qualidade
Raças compostas
Linoleic acid
Lipids
Data de Defesa: 25-Nov-2011
Data de publicação: 29-Set-2014
Referência: MACHADO NETO, O. R. Desempenho, características de carcaça e qualidade da carne de tourinhos Red Norte alimentados com oleaginosas e vitamina E. 2011. 112 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: Objetivou-se com o presente experimento, avaliar o ganho médio diário (GMD), características de carcaça, rentabilidade do confinamento, perfil de ácidos graxos e a qualidade da carne de bovinos alimentados com oleaginosas e vitamina E. Utilizaram-se 40 tourinhos da raça Red Norte, com peso corporal inicial médio de 339±15 kg. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso em arranjo fatorial 2x2. O experimento teve duração de 84 dias e as dietas apresentavam soja grão (GS) ou caroço de algodão (CA) como fonte de lipídeos associadas ou não à suplementação diária de 2.500 UI de vitamina E por animal. A relação concentrado:volumoso foi de 60:40. As dietas foram isonitrogenadas (13% PB) e com o mesmo teor de extrato etéreo (6,5%). Além das características quantitativas da carcaça foram avaliadas a composição centesimal, perfil de ácidos graxos, índice de oxidação lipídica (TBARS) maciez e coloração. Os dados foram analisados por meio do software estatístico SAS 9.1. Não houve interação entre fonte lipídica e suplementação vitamínica para as variáveis estudadas. A inclusão de CA reduziu o rendimento de carcaça (RC) e a espessura de gordura subcutânea (EGS). A utilização de GS implicou em redução da margem bruta. A carne de animais alimentados com GS apresentou pior coloração. A gordura subcutânea dos animais alimentados com a dieta com CA apresentou maior concentração de C16:0 e C18:0 (P<0,01). Observou-se maior atividade das enzimas Δ9 dessaturase no músculo e gordura subcutânea de animais alimentados com GS (P<0,01). A inclusão de CA reduziu a concentração de ácidos graxos insaturados (AGI) e CLA na gordura subcutânea (P<0,05). Entretanto, observou-se concentrações superiores de C18:1 trans-11 (P<0,05). No músculo, verificou-se tendência de aumento da concentração de C16:0 e C18:0. Animais alimentados com CA apresentaram menor concentração de C18:2 e CLA no músculo (P<0,05). Aos 42 dias de maturação, a carne de bovinos alimentados com GS apresentou maior índice de TBARS (P<0,05). Conclui-se que a inclusão de CA resulta em aumento da concentração de ácidos graxos saturados da carne. No entanto, a suplementação com GS, apesar de melhorar o perfil lipídico, reduz a estabilidade lipídica e prejudica a coloração da carne maturada. A inclusão de CA não prejudica o desempenho de bovinos confinados, mas reduz a EGS e o RC, apesar de promover melhoria na rentabilidade. Ademais, a carne de bovinos alimentados com CA apresenta coloração mais atrativa, maior estabilidade lipídica e menor concentração de AGI.
The objective of this research was evaluate the average daily gain (ADG), carcass characteristics, profitability of feedlot, fatty acid profile and meat quality of cattle fed oilseeds and vitamin E. Forty young bulls of the Red Norte breed were used, with average initial body weight 339 ± 15 kg. The experimental design was completely at random in factorial arrangement 2x2. The experiment lasted 84 days and the diets showed grain soybean (GS) or cotton seed (CS) as a source of lipids associated or not with daily supplementation of 2.500 IU of vitamin E per animal. The concentrate: forage ratio was 60:40. Diets were isonitrogenous (13% CP) and with the same amount of ether extract (6.5%). In addition to the quantitative characteristics of the carcass were evaluated chemical composition, fatty acid profile, index of lipid oxidation (TBARS), softness and color. Data were analyzed using SAS 9.1 statistical software. There was no interaction between lipid source and vitamin supplementation for the variables studied. The inclusion of cotton seed (CS) decreased carcass yield (CY) and subcutaneous fat thickness (SFT). The use of grain soybean resulted reduction in gross margin. Meat from animals fed with GS had a worse color. The subcutaneous fat of animals fed with CS diet had a higher concentration of C16: 0 and C18:0 (P<0.01). A higher Δ9 desaturase enzyme activity in muscle and subcutaneous fat of animals fed with GS (P<0.01). The inclusion of CS reduced the concentration of unsaturated fatty acids (UFA) and CLA in subcutaneous fat (P<0.05). However, It was observed higher concentrations of C18:1 trans-11 (P<0.05). In muscle, there was a trend towards increased concentration of C16:0 and C18:0. Animals fed with CS showed lower concentrations of C18:2 and CLA in muscle (P<0.05). At 42 days of ripening, the meat of cattle fed with GS had higher index of TBARS (P<0.05). It is concluded that the inclusion of CS results in increased concentration of saturated fatty acids of meat. However, supplementation with GS, despite improving the lipid profile, reduces lipid stability and affect the color of ripening meat. The inclusion of CS does not affect the performance of feedlot cattle, but reduces the SFT and the CY, although it promotes improvement in profitability. Furthermore, the meat of cattle fed with CS presents attractive coloration, greater lipid stability and lower concentration of UFA.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4085
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Desempenho, características de carcaça e qualidade da carne de tourinhos Red Norte alimentados com oleaginosas e vitamina E.pdf498,65 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback