Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4125

Título: Adubação Nitrogenada na Cultura do Feijoeiro cv. BRS-MG Talismã em Plantio Direto e Convencional
Título Alternativo: Nitrogen fertilization in bean plant cv. BRS-MG Talismã in no tillage and conventional crop system
Autor(es): Alves Júnior, Jainir
Orientador: Andrade, Messias José Bastos de
Membro da banca: Carvalho, Janice Guedes de
Paula, Miralda Bueno de
Botrel, Élberis Pereira
Área de concentração: Fitotecnia
Assunto: Nitrogênio
Macronutriente
Nutrição mineral
Sistema de plantio
Produtividade
Phaseolus vulgaris
Data de Defesa: 2-Abr-2007
Data de publicação: 29-Set-2014
Referência: ALVES JÚNIOR, J. Adubação nitrogenada na cultura do feijoeiro cv. BRS-MG Talismã em plantio direto e convencional. 2007. 61 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: O nitrogênio é o nutriente mais exigido pelo feijoeiro e, considerando-se altas produtividades, são necessárias quantidades expressivas de N, o que torna a adubação nitrogenada indispensável. O objetivo deste trabalho foi avaliar, a campo, a resposta do feijoeiro cv. BRS-MG Talismã, a doses crescentes de nitrogênio por ocasião da semeadura e/ou cobertura. Para estudo da adubação nitrogenada de plantio foram conduzidos sete experimentos em plantio convencional, um em plantio direto, em diferentes safras de 2002 e 2003. O delineamento estatístico foi blocos casualizados com cinco repetições e seis tratamentos (0, 30, 60, 90, 120 e 150 kg.ha-1 de N, fonte uréia) aplicados em dose única por ocasião da semeadura. Para estudo da adubação nitrogenada de cobertura foram instalados quatro experimentos de campo em Madre de Deus de Minas e São Vicente de Minas. Na seca 2004, o delineamento estatístico utilizado foi blocos casualizados, com dez repetições e cinco doses de N em cobertura, aplicados aos 20 DAE (0, 30, 60, 90 e 130 kg ha-1). Nos demais ensaios foi utilizado o mesmo delineamento com seis repetições e 4 doses de N em cobertura (0, 40, 80 e 120 kg ha-1). Para o estudo da interação adubação nitrogenada de plantio x cobertura foram conduzidos dois experimentos (plantio direto e convencional), na safra das águas 2004/05. O delineamento estatístico foi blocos casualizados com três repetições e esquema fatorial 4x4 envolvendo 4 doses de N no plantio (0, 40, 80 e 120 kg.ha-1) e 4 doses de N em cobertura (0, 40, 80 e 120 kg.ha-1) aos 20 DAE. Cada parcela foi constituída por quatro linhas de 5 m de comprimento, com espaçamento de 0,5 m e densidade de 15 sementes.m-1. O primeiro grupo de experimentos permitiu constatar que em ambientes mais favoráveis para o feijoeiro, como no inverno irrigado, o incremento da dose de N no plantio eleva o número de vagens por planta e, consequentemente, o rendimento de grãos do feijoeiro, até um ponto máximo, em torno de 57 kg.ha-1 de N. A partir deste ponto, a contínua redução da população de plantas pelo efeito salino do fertilizante nitrogenado reduz a produtividade, limitando a possibilidade do emprego de doses elevadas de N no plantio. Em condições de excessiva precipitação pluvial, como na safra das águas, ou de outro fator limitante, o efeito das doses crescentes de N no plantio sobre estande final e rendimento de grãos é reduzido. O segundo grupo de experimentos permitiu concluir que no plantio convencional a resposta à aplicação de N em cobertura foi quadrática e a dose correspondente à máxima produtividade variou com o ambiente. O plantio convencional apresentou menor amplitude de rendimento de grãos entre os ambientes e maior estande final, entretanto, no plantio direto o rendimento de grãos foi superior. No plantio direto não houve resposta à aplicação de N em cobertura (seca 2004) ou essa resposta foi linear crescente. No terceiro grupo de experimentos concluiu-se que, em ambos os sistemas de plantio, o incremento do fertilizante nitrogenado de plantio reduziu o estande de plantas. De maneira geral, no plantio direto a resposta à aplicação de N no plantio foi quadrática e a dose correspondente à máxima produtividade variou com as doses de cobertura. No plantio convencional essa resposta foi linear decrescente, devido ao maior efeito do N de plantio sobre o estande. A resposta à aplicação de N em cobertura foi quadrática, em ambos s sistemas de plantio e as maiores respostas do rendimento de grãos foram observadas com o emprego da dose de 40 kg.ha-1 de N no plantio.
The nitrogen is the nutrient more demanded by the bean plant and, being considered discharges productivities, they are necessary expressive amounts of N, what turns the nitrogen manuring is indispensable. The objective of this work was to evaluate, to field, the answer of the bean plant cv. BRS-MG Talismã, to you dose growing of nitrogen for occasion of the planting, covering and planting x covering. For study of the nitrogen manuring planting seven experiments were led in conventional planting, one in no tillage system, in different crops of 2002 and 2003. The experimental design was randomized blocks with five replications and six treatments (0, 30, 60, 90, 120 and 150 kg.ha-1 of N, uréia source) applied in only dose for occasion of the planting. For study of the nitrogen manuring covering four field experiments were installed in Madre de Deus de Minas and São Vicente of Minas. In the drought 2004, the used experimental design was blocks casualizados, with ten replications and five doses of N in covering, applied to 20 DAE (0, 30, 60, 90 and 130 kg have-1). Us other rehearsals the same experimental design was used with six replications and 4 doses of N in covering (0, 40, 80 and 120 kg.ha-1). For the study of the interaction nitrogen manuring of planting x covering two experiments were led (no tillage and conventional system), in the crop of the waters 2004/05. The experimental design was blocks casualizados with three repetitions and factorial outline 4x4 involving 4 doses of N in the planting (0, 40, 80 and 120 kg.ha-1) and 4 doses of N in covering (0, 40, 80 and 120 kg.ha-1) to 20 DAE. Each portion was constituted by four lines of 5 m of length, with spacing of 0,5 m and density of 15 sementes.m-1. In all the rehearsals they were appraised the final stand and the revenue of grains. In four of them it was evaluated, still, the initial stand and, in other two, the primary components of the revenue. It was verified that in more favorable atmospheres for the bean plant, as in the irrigated winter, the increment of the dose of N in the planting elevates the number of beans for plant and, consequently, the revenue of grains of the bean plant, until a maximum point, around 57 kg.ha-1 of N. Starting from this point, the continuous reduction of the population of plants for the saline effect of the nitrogen fertilizer reduces the productivity, limiting the possibility of the employment of high doses of N in the planting. In conditions of excessive pluvial precipitation, as in the crop of the waters, or of another limitant factor , the effect of the growing doses of N in the planting on final stand and revenue of grains is reduced. In the conventional planting the answer to the application of N in covering was quadratic and the dose corresponding to the maxim productivity varied with the atmosphere. The conventional planting presented smaller width of revenue of grains between the atmospheres and larger final stand, however, in the direct planting the revenue of grains was superior. In the drought 2004 the direct planting presented smaller stand of plants without answer to the application of N in covering with larger revenue of grains in relation to the drought 2005, where that answer was lineal growing. In both planting systems there was effect of the fertilizer on the stand of plants, that stayed stable during the cycle of the culture. In a general way, in the direct planting the answer to the application of N in the planting was quadratic and the dose corresponding to the maxim productivity varied with the covering doses. In the conventional planting that answer was lineal with smaller revenue obtained in the largest dose. The answer to the application of N in covering was quadratic, in both planting systems and, in most, the smallest doses obtained the largest revenues of grains.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4125
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Adubação Nitrogenada na Cultura do Feijoeiro cv. BRS-MG Talismã em Plantio Direto e Convencional.pdf250,42 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback