Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4141

Título: Capacidade combinatória, resistência a tospovírus e begomovírus e produtividade de híbridos de tomateiro de crescimento determinado
Título Alternativo: Combining ability, tospovirus and begomovirus resistance in tomato hybrids of deteminate growth habit
Autor(es): Pádua, Tullio Raphael Pereira de
Orientador: Gomes, Luiz Antônio Augusto
Coorientador(es): Maluf, Wilson Roberto
Membro da banca: Souza, Rovilson José de
Gonçalves, Luciano Donizete
Silva, Ernani Clarete da
Fiorini, Cibelle Vilela Andrade
Área de concentração: Produção Vegetal
Assunto: Solanum lycopersicon
Capacidade combinatória
Resistência a doenças
Variedade resistente
Combining ability
Disease resistance
Resistance variety
Data de Defesa: 26-Fev-2010
Data de publicação: 29-Set-2014
Referência: PÁDUA, T. R. P de. Capacidade combinatória, resistência a tospovírus e begomovírus e produtividade de híbridos de tomateiro de crescimento determinado. 2010. 62 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Este trabalho foi realizado com os objetivos de: avaliar a capacidade combinatória de linhagens de tomateiro de crescimento determinado, resistentes a begomovírus e a tospovírus e a identificação de combinações híbridas superiores; avaliar híbridos experimentais de tomateiro quanto à resistência a begomovírus e caracterizar, por meio de seleção assistida por marcadores moleculares, híbridos de tomateiro de crescimento determinado resistentes a tospovírus portadores do alelo de resistência Sw-5 e avaliar o potencial para produção total, produção precoce, massa média dos frutos, formato de frutos, firmeza inicial e meia vida da firmeza dos frutos, por meio de um ensaio agronômico. Os materiais testados consistiram de 14 híbridos experimentais provenientes do cruzamento de 7 genitores femininos (grupo I) e 2 genitores masculinos (grupo II). As linhagens genitoras TOM-680, TOM-682 e TOM-585 são superiores para produção total, produção precoce e massa média de frutos caracterizando-se em bons materiais para o desenvolvimento de híbridos superiores. O híbrido (TOM-682 X TOM-698) é superior aos demais, apresentando estimativas positivas para produção total, produção precoce e massa média dos frutos. Os efeitos aditivos são mais importantes para as características de produção total, massa média de frutos, firmeza inicial e meia vida de firmeza. Os 14 híbridos experimentais mais 4 híbridos comerciais e 1 linhagem materna foram avaliados quanto à resistência a begomovírus, por meio de inoculação via enxertia e caracterizados, quanto à presença do alelo Sw-5, por marcador molecular SCAR-Sw-421. Os resultados obtidos demonstraram que os híbridos experimentais com constituição genotípica Ty-1/Ty-1+ apresentaram sintomas intermediários para geminivírus, quando comparados ao material homozigoto resistente (Ty-1/Ty-1) e aos genótipos suscetíveis (Ty-1+/Ty-1+), sendo considerados parcialmente resistentes ao begomovírus. Os resultados obtidos por meio da seleção assistida por marcadores moleculares indicam a presença do alelo Sw-5 conferindo resistência a todos os híbridos experimentais, exceto para TEX-282.
This paper has a interest to infer about the abilities combining of determinate growth habit tomato lines resistant to both begomovirus and tospovirus, and the identification of hybrid combinations among them, to assess resistance to begomovirus of the tomato hybrids experimental, and to characterize, via molecular marker, tomato hybrids with resistance to Tospovirus and the respective resistance allele Sw-5. Fourteen experimental hybrids were obtaining by crossing seven parental lines (group I) that were used as seed parents, with two parental lines (group II) used as pollen sources, in a partial diallel cross. Lines parental TOM-680, TOM-682 and TOM-585 stood out in group I for their higher general combining ability values (gi) for total yield, mean fruit mass and early yield being considered quality materials for the development of superior hybrid. The experimental hybrid (TOM-682 X TOM-698) was superior to the others, presenting positive estimates for total yield, early yield and mean fruit mass. The genetics addictive effects are more important for the characteristics of total yield, mean fruit mass, fruit firmness at the breaker stage and for firmness half-life. The 14 experimental hybrids were tested for begomovirus symptoms after graft inoculation with infected plants, more 4 commercial hybrid and 1 maternal lineage were appraised with relationship to the resistance the begomovírus, besides 1 parental line and 4 commercial hybrid. checks. Symptoms were assessed in a scale of notes and characterized with relationship to the presence of the allele Sw-5 via molecular marker SCAR-Sw-421. The results demonstrated that all the experimental hybrids (Ty-1/Ty-1+) showed begomovirus symptoms rated between 2 and 3, intermediate between those of the homozygous resistant lines (Ty-1/Ty-1) and those of the susceptible hybrid checks (Ty-1+/Ty-1+). The results obtained through the selection assisted by molecular markers indicate the presence of the allele Sw-5 checking resistance to all experimental hybrid except for TEX-282.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4141
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Capacidade combinatória em tomateiro e potencial comercial de híbridos resistentes a pragas.pdf371,37 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback