Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4193

Título: Diversidade genética de populações e criopreservação de sêmen de pirapitinga-do-sul Brycon opalinus
Título Alternativo: Genetic diversity of population and sperm cryopreservation of pirapitinga-do-sul Brycon opalinus
Autor(es): Orfão, Laura Helena
Orientador: Viveiros, Ana Tereza de Mendonça
Coorientador(es): Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Hilsdorf, Alexandre Wagner Silva
Membro da banca: Barreto Filho, João Bosco
Leal, Marcelo Castro
Área de concentração: Produção Animal
Assunto: Peixe - Genética
Criopreservação
Banco genético
Variabilidade genética
DNA mitocondrial
Mitochondrial DNA
Data de Defesa: 6-Ago-2010
Data de publicação: 30-Set-2014
Referência: ORFÃO, L. H. Diversidade genética de populações e criopreservação de sêmen de piratininga-do-sul Brycon opalinus. 2010. 131 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: A espécie de peixe pirapitinga-do-sul Brycon opalinus é endêmica dos rios Paraíba do Sul e Doce. Em consequência de fatores que interferem no seu comportamento, como destruição das matas ciliares, assoreamento, poluição e barramento dos rios, o número de indivíduos dessa espécie tem declinado. Em conjunto, as técnicas que aperfeiçoam a reprodução artificial, como a preservação de sêmen e as técnicas moleculares são medidas que devem ser consideradas quando se pretende conservar uma espécie de peixe. Neste estudo (artigo 1), foram coletados amostras de nadadeira de peixes oriundo de quatro tributários do rio Paraíba do Sul: rio Itagaçaba, rio Preto, ribeirão Santíssimo e rio Paraibuna. O sequenciamento da região do D-loop do DNA mitocondrial dessas amostras foi utilizado para descrever a variabilidade genética intra e inter populacional de amostras de pirapitinga-do-sul provenientes desses tributários. O valor de Fst (0,2179) foi significativo e mostrou a existência de diferenciação genética entre as populações de pirapitinga-do-sul dos quatro tributários. Assim, um programa de repovoamento dessa espécie deve levar em consideração essa estrutura genética, além da manutenção dos tributários onde essa espécie ainda se encontra presente. Para a preservação do sêmen, (artigo 2) foi avaliado o efeito da composição de diluidores, osmolalidade e crioprotetores na motilidade espermática antes do congelamento. Quando a osmolalidade do diluidor foi baixa (245 ou 285 mOsm/kg), a motilidade foi induzida precocemente. Em altas osmolalidades (325 ou 365 mOsm/kg), a indução da motilidade foi totalmente suprimida. Os resultados mostraram que uma solução de NaCl ou de glicose com a osmolaridade de 325 ou 365 mOsm/kg, combinados aos crioprotetores dimetil sulfóxido ou metilglicol é capaz de manter qualidade do sêmen antes do congelamento e, após ativação, e produz motilidade espermática acima de 77% com duração suficiente para fertilizar ovócitos. A partir desses resultados, métodos para a criopreservação do sêmen de pirapitinga-do-sul foram testados (artigo 3). Os resultados mostraram que o sêmen criopreservado em meio contendo glicose 365 mOsm/kg e metilglicol, após um tempo de equilíbrio de 30 min, em palhetas de 0,5 ou 4,0 mL e descongelado em banho maria a 60 °C produziu 73-81% de motilidade espermática com 47 segundos de duração, 68-70% de espermatozóides vivos e 33-43% de eclosão. O método de criopreservação desenvolvido neste estudo foi eficiente. A formação de um banco de sêmen com fins de repovoamento é possível e para isso deve-se considerar a caracterização genética das populações de pirapitinga-do-sul.
The species of fish pirapitinga-do-sul Brycon opalinus is endemic to the rivers Doce and Paraíba do Sul. As a result of factors that interfere on behavior, such as destruction of riparian forests, pollution of rivers and dam construction, the number of individuals is declining. Molecular techniques in conjunction with protocols that optimize the artificial reproduction as sperm preservation are actions that should be considered when attempting to restore a species of fish from extinction. In this study (article 1), samples were collected from fish of four tributaries of Paraiba do sul basin: Itagaçaba river, Preto river, Santíssimo river and Paraibuna river. The sequence analysis of D-loop region of mitochondrial DNA of these samples was used to describe the genetic variability inner and interpopulations of pirapitinga-do-sul of these tributaries. The value Fst (0.21798) was significant and suggests the existence of genetic differentiation among populations of pirapitinga-do-sul. Thus, a program of reintroduction of this species should take into consideration the genetic structure, as well as maintenance of the tributaries where this species is still present. For sperm preservation (article 2), the effects of extender composition, osmolality and cryoprotectant agent on sperm motility before freezing were investigated. When extender osmolality was low (245 or 285 mOsm/kg), sperm motility was induced prematurely. At higher osmolalities (325 and 365 mOsm/kg), the initiation of sperm motility was completely suppressed. Sperm diluted in glucose or NaCl at 325 or 365 mOsm/kg combined with either DMSO or MG maintain sperm quality before freezing and yields motility upon activation above 77% and that will last long enough to fertilize oocytes. Based in these results, freezing methods for pirapitinga-do-sul sperm were tested (article 3). The results showed that sperm cryopreserved in medium composed of glucose at 365 mOsm/kg and methyl glycol, after 30-min equilibration time, in 0.5- or 4.0-mL straws and thawed at 60 °C water bath yielded 73-81% motility rate with 47 seconds of duration, 68-70% live spermatozoa and 33-43% hatching. The method developed in this study for cryopreservation sperm was efficient. Sperm banking for reintroduction of fish species is possible and for that the genetic characterization of populations of pirapitinga-do-sul should be considered.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4193
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Diversidade genética de populações e criopreservação de sêmen de pirapitinga-do-sul Brycon opalinus.pdf1,04 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback