Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4207
Título: Avaliação do ionóforo monensina sódica no consumo, digestibilidade, ganho de peso e pH ruminal em ovinos
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the ionophore sodium monensin in intake, digestibility, weight gain and ruminal pH in sheep
Autor : Araújo, Jocélio dos Santos
Primeiro orientador: Pérez, Juan Ramón Olalquiaga
Primeiro membro da banca: Andrade, Ivo Francisco de
Muniz, Joel Augusto
Silva, Robson Helen da
Silva Filho, José Cleto da
Área de concentração: Nutrição de Ruminantes
Palavras-chave: Confinamento (Animais)
Ovino - Suplementos dietéticos
Ovino - Pastagens
Data da publicação: 30-Set-2014
Referência: ARAÚJO, J. dos S. Avaliação do ionóforo monensina sódica no consumo, digestibilidade, ganho de peso e pH ruminal em ovinos. 2005. 126 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.
Resumo: Um dos métodos para reduzir custos na alimentação é o uso de aditivos alimentares. Seus efeitos preliminares incluem melhora na eficiência alimentar e/ou ganho de peso. Alguns aditivos têm os benefícios secundários, que incluem reduzir a incidência de acidose, coccidiose e timpanismo. Ionóforos, incluindo a monensina sódica, são um tipo de antibiótico que inibe o crescimento de microorganismos específicos do rúmen. Esta inibição seletiva altera a fermentação do rúmen, melhorando a eficiência do metabolismo energético, mudando os tipos de ácidos graxos voláteis produzidos no rúmen, diminuindo a energia perdida durante a fermentação dos alimentos e aumentando o desempenho dos ruminantes. Sendo assim, foram realizados quatro experimentos com o objetivo de avaliar os efeitos de teores de ionóforos (0; 25; 50 e 75 mg de monensina/animal/dia) no consumo de alimentos, digestibilidade aparente dos nutrientes, ganho de peso de cordeiros suplementados a pasto e em confinamento e pH do líquido ruminal. No primeiro experimento foram utilizadas 16 ovelhas num delineamento inteiramente ao acaso para determinar o consumo e o coeficiente de digestibilidade dos nutrientes. Houve efeito significativo para consumo de alimentos, de matéria seca, proteína bruta, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido; não apresentaram efeitos significativos os coeficientes de digestibilidade dos nutrientes. A monensina sódica diminuiu o consumo voluntário de alimentos sem alterar a digestibilidade dos nutrientes, sendo os menores consumos obtidos nos teores de 50 e 75 mg de monensina/animal/dia. No segundo experimento utilizaram-se 16 ovinos num delineamento inteiramente ao acaso para avaliar o uso de monensina sódica no desempenho de cordeiros confinados e a viabilidade econômica. As variáveis consumo de ração, de matéria seca e ganho de peso médio não mostraram efeito significativo. Efeito significativo devido os tratamentos foram verificados na conversão alimentar e eficiência alimentar. Os cordeiros tratados com 50 mg de monensina/animal/dia apresentaram melhor desempenho produtivo. No terceiro ensaio experimental objetivou-se avaliar a adição do ionóforo monensina sódica no consumo e ganho de peso de cordeiros suplementados a pasto, utilizando-se 16 ovinos em delineamento inteiramente ao acaso. O ganho de peso médio e o consumo do suplemento concentrado não foram influenciados pelos tratamentos. A monensina sódica não alterou o desempenho produtivo dos cordeiros criados a pasto. Na quarta pesquisa foram utilizadas quatro ovelhas canuladas no rúmen, num delineamento em Quadrado Latino 4 x 4, para avaliar o consumo de alimentos e o pH do líquido ruminal de ovinos alimentados com dietas contendo monensina. Não houve efeito significativo no consumo de ração, de matéria seca e no pH ruminal, porém os valores do pH do fluido ruminal permaneceram elevados, sendo considerados normais, o que implica num meio favorável para o crescimento dos microrganismos ruminais.
One of the methods to reduce costs in feeding is the use of feeding additives. Their preliminary effects include improvement in feeding efficiency and/or weight gain. Some additives have the secondary benefits which include to reduce the incidence of acidosis, coccidiosis and tympanism. Ionophores including sodium monensin is a sort of antibiotics that inhibits the growth of rumen-specific microorganisms. This selective alters rumen fermentation, improving the efficiency of energetic metabolism, shifting the kinds of volatile fatty acids produced in the rumen and decreasing the energy lost during feed fermentation, enhancing the ruminant animals´ performance. In such case, four experiments were accomplished with the purposes of evaluating the effects of the contents of ionophores (0; 25; 50 and 75 mg de monensin/animal/day) on feed consumption, apparent digestibility of nutrients, weight gain of lambs supplemented from pasture and in feedlot and the pH of the ruminal liquid. In the first experiment, 16 ewes were utilized in a completely randomized design to determine both intake and digestibility coefficient of nutrients. There was a significant effect for intake of feeds, dry matter, crude protein, neutral detergent fiber and acid detergent fiber, the digestibility coefficients of nutrients presented no significant effects. Sodium monensin decreased the voluntary intake of feeds without shifting nutrients digestibility, the lowest intakes being obtained in the contents of 50 to 75 mg of monensin/animal/day. In the second experiment, 16 sheep were utilized in a completely randomized design to evaluate the use of sodium monensin on the performance of confined lambs and the economic viability. The variables intake of diet, dry matter, average weight gain showed no significant effect. Significant effect due to the treatments were found in feed conversion and feed efficiency. The lambs fed 50 mg of monensin/animal/day presented best productive performance. In the third experimental trial, it was aimed to evaluate the addition of the ionophore sodium monensin on intake and weight gain of lambs supplemented from pasture, by utilizing 16 sheep in a completely randomized design. The average weight gain and intake of the concentrate supplement were not influenced by the treatments. Sodium monensin did not alter the pasture-raised lambs´ performance. In the fourth research, four rumen-cannulated ewes were utilized in a Latin square design 4 x 4 to evaluate feed intake and pH of the ruminal liquid of sheep fed diets containing monensin. No significant effect on the intake of diet, dry matter and on ruminal pH but pH values in the ruminal fluid remained elevated, their being regarded as normal, which implicates into a favorable medium for the growth of ruminal microorganisms.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4207
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.