Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4216

Title: Caracterização da fruticultura do município de Lavras, MG e microrregião
Other Titles: Characterization of the fruit growing of the city Lavras, MG and micro-region
???metadata.dc.creator???: Penoni, Edwaldo dos Santos
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pasqual, Moacir
???metadata.dc.contributor.referee1???: Ramos, José Darlan
Alvarenga, Ângelo Alberico
Araujo, Aparecida Gomes
???metadata.dc.description.concentration???: Fitotecnia
Keywords: Rentabilidade
Espécies frutíferas
Sistema de produção
Profitability
Micro-region
Fruit
???metadata.dc.date.submitted???: 2-Dec-2008
Issue Date: 1-Oct-2014
Citation: PENONI, E. dos. S. Caracterização da fruticultura do município de Lavras, MG e microrregião. 2008. 66 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: Situação geográfica, condições climáticas e estrutura fundiária são características que, reunidas, tornam a fruticultura uma atividade importante como alternativa na geração de emprego e melhoria da renda para o pequeno produtor. No município de Lavras, MG, a fruticultura foi introduzida com a criação do Programa para Desenvolvimento da Fruticultura no Município de Lavras, MG - Frutilavras -, em 1994. Após vários estudos, chegou-se à conclusão de que a figueira, a videira e o pessegueiro seriam as frutíferas a serem implantadas numa primeira proposta de projeto para o programa. Foram selecionados 24 produtores rurais para efetuarem os plantios. O programa foi oficialmente lançado em dezembro de 1995. Em 13 de junho de 1997, foi constituída a Associação dos Fruticultores da Região de Lavras - Frutilavras. Em novembro de 2000, iniciou-se a construção da agroindústria e, em 12 de dezembro de 200,1 ela foi inaugurada. A segunda etapa do programa, o Frutilavras II, foi iniciada em 2001, com o plantio de goiabeiras, atemoieiras e maracujazeiros. A metodologia utilizada na pesquisa foi a entrevista pessoal, com a aplicação de questionários contendo perguntas diretas. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva, utilizando-se o Software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). Os objetivos desses trabalhos foram: 1 - analisar a rentabilidade das espécies frutíferas implantadas pelo programa e 2 - verificar quais os fatores do sistema de produção utilizados por produtores associados à Frutilavras, que interferiram na produtividade do maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis flavicarpa), por meio da entrevista pessoal com aplicação de questionários. Hoje, a fruticultura no município de Lavras e microrregião é uma realidade e conclui-se que: 1 - a rentabilidade das espécies implantadas pelo programa foi de R$ 28.788,51 por hectare, gerando, em 2007, um valor de produção da ordem de R$ 1.554.581,00, o que corresponde a 60% dos valores da produção de todas as espécies frutíferas, implantadas ou não pelo programa, mostrando a importância para a economia dos municípios. Além da renda, houve a geração de 117 empregos diretos, comprovando que a fruticultura no município de Lavras e na microrregião é viável e tem grande contribuição social; 2 - a produtividade do maracujazeiro-amarelo é diretamente relacionada ao número, à quantidade e a intervalos de aplicação de nutrientes, bem como à irrigação, à polinização artificial e à assistência técnica aos produtores. Setenta por cento (70%) dos pomares pesquisados apresentam produtividade inferior à média nacional da cultura. Apenas 21,0% dos pomares pesquisados apresentam maior produtividade média (13,50 a 16,20 t/ha) para todos os fatores analisados do sistema de produção recomendados para a cultura do maracujazeiro-amarelo.
Geographic situation, climatic conditions and agrarian structure are characteristics that congregated make of the fruit growing an important activity as alternative of job generation and improvement of the income for the small producer. In the city of Cultivate the fruit growing was introduced with the creation of the Program for Development of the Fruit Growing in the City of Lavras - MG - FRUTILAVRAS in 1994. After some studies it was arrived the conclusion of that the fig tree, the grapevine and the peach tree would be the fruitful ones to be implanted in first a proposal of project for the program. 24 producers had been selected agricultural to effect the plantings. The program officially was launched in December of 1995. In 13 of June of 1997, the Association of the Growers of Fruits of the Region was constituted of Cultivates - FRUTILAVRAS. In November of 2000, it was initiated construction of the agriculture-elaborate and in 12 of December of 2001 it was inaugurated. The second stage of the program, FRUTILAVRAS II was initiated in 2001 with the plantation of guava, atemoya tree and passion fruit. The methodology used in the research was personal interview with application of questionnaires contends direct questions. The data had been analyzed by means of the descriptive statistics, where was used the software Statistical Package for the Social Sciences - SPSS. The objectives of these works had been: 1 - to analyze the yield of the fruitful species implanted by program and 2 - to verify which the factors of the system of production used by producers associates to the FRUTILAVRAS, that had intervened with the productivity of the yellow passion fruit (passiflora edulis flavicarpa), by means of the personal interview with application of questionnaires. Today the fruit growing in the city of You cultivate and micro-region is a reality and concludes that: 1 - the yield of the species implanted for the program was of R$ 28,788, 51 for hectare and had generated in 2007 a value of production of the order of R$ 1.554.581, 00, that it corresponds 60% of the values of the production of all the fruitful species, implanted or not for the program, showing the importance for the economy of the cities. Beyond the income, it has generation of 117 jobs right-handers, proving that the fruit growing in the city of You cultivate and in the micro-region is viable and has a great social contribution; 2 - The productivity of the yellow passion fruit directly is related, to the number, amount and intervals of application of nutrients, as well as the a irrigation, artificial pollination and assistance technique to the producers. Seventy percent (70%) of the searched orchards presents inferior productivity to the national average of the culture. But 21.0% of the searched orchards better present greater average productivity (13,50 the 16,20 t/ha) for all the analyzed factors of the system of production recommended for the culture of the yellow passion fruit.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4216
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Caracterização da fruticultura do município de Lavras, MG e microrregião.pdf247.83 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback